Contabilidade Geral   José Jayme Moraes Junior (2013)
749 pág.

Contabilidade Geral José Jayme Moraes Junior (2013)


DisciplinaConcursos125.886 materiais245.934 seguidores
Pré-visualização50 páginas
Circulante \u201cImobilizado\u201d Devedor
Imóveis de Renda Ativo Não Circulante \u201cInvestimentos\u201d Devedor
Impostos Despesa Devedor
Impostos a Recolher Passivo Circulante Credor
Impostos Provisionados Passivo Circulante Credor
Impostos sobre Vendas Despesa Devedor
Instalações Ativo Não Circulante \u201cImobilizado\u201d Devedor
Insubsistências Ativas
Insubsistências do Passivo
Receita Credor
Insubsistências Passivas
Insubsistências do Passivo
Despesa Devedor
Investimentos em Ações (disponíveis para venda ou
negociação)
Ativo Circulante Devedor
Investimentos em Ações (sem intenção de venda) Ativo Não Circulante \u201cInvestimentos\u201d Devedor
Investimentos em Coligadas
Investimentos em Controladas
Participações Permanentes em Coligadas
Participações Permanentes em Controladas
Ativo Não Circulante \u201cInvestimentos\u201d Devedor
IPI a Recolher Passivo Circulante Credor
IPI a Recuperar Ativo Circulante Devedor
ISS a Recolher Passivo Circulante Credor
Juros a Pagar Passivo Circulante Credor
Juros a Receber Ativo Circulante Devedor
Juros Ativos
Receitas de Juros
Receita Credor
Juros Ativos a Vencer
Juros Ativos a Transcorrer
Juros Ativos a Apropriar
Juros Antecipados
Ativo Circulante \u2013 Retificadora ou Passivo Circulante Credor
Juros Passivos
Despesas de Juros
Despesa Devedor
Juros Passivos a Vencer
Juros Passivos a Transcorrer
Juros Passivos a Apropriar
Ativo Circulante (Esaf) ou Passivo Circulante \u2013 Retificadora Devedor
Lucros Acumulados Patrimônio Líquido Credor
Lucros Eventuais Receita Credor
Máquinas Ativo Não Circulante \u201cImobilizado\u201d Devedor
Marcas Ativo Não Circulante \u201cIntangível\u201d Devedor
Material de Consumo
Estoque de Material de Consumo
Ativo Circulante Devedor
Matérias-Primas
Estoque de Matérias-Primas
Ativo Circulante Devedor
Móveis e Utensílios Ativo Não Circulante \u201cImobilizado\u201d Devedor
Notas Promissórias Emitidas
Notas Promissórias a Pagar
Passivo Circulante Credor
Notas Promissórias Emitidas de Longo Prazo
Notas Promissórias a Pagar de Longo Prazo
Passivo Não Circulante Credor
Notas Promissórias Recebidas
Notas Promissórias a Receber
Notas Promissórias Emitidas por Terceiros
Ativo Circulante Devedor
Notas Promissórias Recebidas de Longo Prazo
Notas Promissórias a Receber de Longo Prazo
Notas Promissórias Emitidas por Terceiros de Longo Prazo
Ativo Não Circulante \u201cRealizável a Longo Prazo\u201d Devedor
Numerários em Trânsito Ativo Circulante Devedor
Obrigações Trabalhistas Passivo Circulante Credor
Ordenados
Salários
Despesa Devedor
Ordenados a Pagar
Salários a Pagar
Passivo Circulante Credor
Outras Despesas Despesa Devedor
Outras Despesas Operacionais Despesa Devedor
Outras Receitas Receita Credor
Outras Receitas Operacionais Receita Credor
Participações Estatutárias
Participações de Debêntures
Participações de Empregados
Participações de Administradores
Participações de Diretores
Participações de Partes Beneficiárias
Despesa Devedor
Participações Estatutárias a Pagar
Participações de Debêntures a Pagar
Participações de Empregados a Pagar
Participações de Administradores a Pagar
Participações de Diretores a Pagar
Participações de Partes Beneficiárias a Pagar
Despesa Devedor
Patentes Ativo Não Circulante \u201cIntangível\u201d Devedor
Perda de Equivalência Patrimonial Despesa Devedor
PIS a Recolher Passivo Circulante Credor
PIS sobre Faturamento
PIS sobre Vendas
PIS
Despesa Devedor
Prejuízos Acumulados Patrimônio Líquido \u2013 Retificadora Devedor
Produtos Acabados Ativo Circulante Devedor
Estoque de Produtos Acabados
Produtos em Elaboração
Estoque de Produtos em Elaboração
Ativo Circulante Devedor
Provisão para Ajuste a Valor de Mercado Ativo Circulante \u2013 Retificadora Credor
Provisão para Contingências Passivo Não Circulante Credor
Provisão para Décimo-Terceiro Passivo Circulante Credor
Provisão para Devedores Duvidosos
Provisão para Créditos de Liquidação Duvidosa
Ativo Circulante \u2013 Retificadora Credor
Provisão para Férias
Férias a Pagar
Passivo Circulante Credor
Provisão para Imposto de Renda (IR) Passivo Circulante Credor
Provisão para Perdas Prováveis na Realização de
Investimentos
Ativo Circulante \u2013 Retificadora
Ativo Não Circulante \u201cRealizável a Longo Prazo\u201d \u2013
Retificadora
Ativo Não Circulante \u201cInvestimentos\u201d \u2013 Retificadora
Credor
Receita de Aluguéis Antecipados Passivo Não Circulante \u201cReceitas Diferidas\u201d Credor
Receita de Vendas Receita Credor
Receitas a Receber Ativo Circulante Devedor
Receitas a Receber de Longo Prazo Ativo Não Circulante \u201cRealizável a Longo Prazo\u201d Devedor
Receitas a Vencer Passivo Circulante Credor
Receitas Antecipadas Passivo Circulante/Passivo Não Circulante Credor
Receitas Financeiras Receita Credor
Reserva de Incentivos Fiscais Patrimônio Líquido (Reserva de Lucro) Credor
Reserva de Investimentos
Reserva de Retenção de Lucros
Reserva Orçamentária
Reserva de Lucros para Expansão
Patrimônio Líquido (Reserva de Lucro) Credor
Reserva Especial de Dividendo Obrigatório não Distribuído Patrimônio Líquido (Reserva de Lucro) Credor
Reserva Específica de Prêmios na Emissão de Debêntures Patrimônio Líquido (Reserva de Lucro) Credor
Reservas de Capital Patrimônio Líquido Credor
Reservas de Contingências Patrimônio Líquido (Reserva de Lucro) Credor
Reservas de Lucros Patrimônio Líquido Credor
Reservas de Lucros a Realizar Patrimônio Líquido (Reserva de Lucro) Credor
Reservas Estatutárias Patrimônio Líquido Credor
Reserva Legal Patrimônio Líquido (Reserva de Lucro) Credor
Salários a Pagar
Salários Não Pagos
Passivo Circulante Credor
Seguros a Vencer
Seguros Antecipados
Seguros Pagos Antecipadamente
Ativo Circulante Devedor
Seguros a Vencer de Longo Prazo
Seguros Antecipados de Longo Prazo
Seguros Pagos Antecipadamente de Longo Prazo
Ativo Não Circulante \u201cRealizável a Longo Prazo\u201d Devedor
Serviços de Terceiros Despesa Devedor
Subvenções Recebidas Receita Credor
Incentivos Fiscais
Superveniências Ativas
Superveniências do Ativo
Receita Credor
Superveniências Passivas
Superveniências do Passivo Despesa Devedor
Títulos a Receber Ativo Circulante Devedor
Títulos a Receber de Longo Prazo Ativo Não Circulante Devedor
Valores Mobiliários Ativo Circulante Devedor
Variações Cambiais Ativas Receita Credor
Variações Cambiais Passivas Despesa Devedor
Variações Monetárias Ativas Receita Credor
Variações Monetárias Passivas Despesa Devedor
Veículos Ativo Não Circulante \u201cImobilizado\u201d Devedor
Vendas Brutas Receita Credor
Vendas Canceladas
Devolução de Vendas
Despesa Devedor
Capítulo 4
Provisões, Depreciação, Amortização e Exaustão,
Práticas Contábeis, Mudanças de Estimativas e
Correção de Erros
4.1. Provisões
4.1.1. Provisões em Geral
Uma provisão é uma obrigação presente e é provável que ocorra uma saída de recursos
para liquidá-la que irá incorporar benefícios econômicos.
Para constituir a provisão, também é necessário que seja possível fazer uma estimativa
confiável de seu valor. Contudo, não há certeza quanto aos prazos ou os valores que serão
desembolsados. São estimativas.
Resumindo, uma provisão deve ser reconhecida quando atender, cumulativamente, as
seguintes condições:
\u2013 a entidade tem uma obrigação presente (legal ou não formalizada) como conse\u200b quência
de um evento passado;
Obrigação Presente: indica que é mais provável ocorrer do que não ocorrer a obrigação.
Evento Passado: é aquele que cria obrigações, por exigência legal ou por criar alguma
relação válida perante terceiros.
\u2013 é provável a saída de recursos para liquidar a obrigação; e
\u2013 pode ser feita estimativa confiável no montante da obrigação.
Estimativa confiável: uma estimativa confiável considera os riscos (variabilidade de situa \u200b -
ções prováveis de ocorrer) e incertezas.
Uma observação importante diz