Livro Completo   Quimica Ambiental
124 pág.

Livro Completo Quimica Ambiental


DisciplinaQuímica Ambiental1.311 materiais15.580 seguidores
Pré-visualização48 páginas
DA EDUCAÇÃO PARA SOCIEDADES SUSTENTÁVEIS E 
RESPONSABILIDADE GLOBAL.” 
 
1. A educação é um direito de todos: somos todos aprendizes e educadores. 
2. A Educação Ambiental deve ter como base o pensamento crítico e inovador, em qualquer tempo ou 
lugar, em seus modos formal, não-formal e informal, promovendo a transformação e a construção da 
sociedade. 
3. A Educação Ambiental é individual e coletiva. Tem o propósito de formar cidadãos com consciência 
local e planetária que respeitem a autodeterminação dos povos e a soberania das nações. 
4. A Educação Ambiental não e neutra, mas ideológica. É um ato político, baseado em valores para a 
transformação social. 
5. A Educação Ambiental deve envolver uma perspectiva holística, enfocando a relação entre o ser 
humano, a natureza e o universo de forma interdisciplinar. 
6. A Educação Ambiental deve estimular a solidariedade, a igualdade e o respeito aos direitos 
humanos, valendo-se de estratégias democráticas e de interação entre as culturas. 
7. A Educação Ambiental deve estimular e potencializar o poder das diversas populações, promover 
oportunidades para as mudanças democráticas de base que estimulem os setores populares da 
sociedade. Isto implica que as comunidades devem retomar a condução de seus próprios destinos. 
QUÍMICA AMBIENTAL 
 
janeiro/2005 S. MEDEIROS 
 
90 
8. A Educação Ambiental deve ser planejada para capacitar as pessoas a trabalharem conflitos de 
maneira justa e humana. 
9. A Educação Ambiental deve integrar conhecimentos, aptidões, valores, atitudes e ações. Deve 
converter cada oportunidade em experiências educativas de sociedade sustentáveis. 
10. A Educação Ambiental deve recuperar, reconhecer, respeitar, refletir e utilizar a história indígena e 
culturas locais, assim como promover a diversidade cultural, lingüística e ecológica. Isto implica uma 
revisão da história dos povos nativos para modificar os enfoques etnocêntricos, além de estimular a 
educação bilíngüe. 
 
A educação ambiental deve ajudar a desenvolver uma consciência ética sobre todas as formas de 
vida com as quais compartilhamos este planeta, respeitar seu ciclos vitais e impor limites à exploração 
dessas formas de vida pelos seres humanos. 
 
“QUAL A IMPORTÂNCIA DA EDUCAÇÃO AMBIENTAL ?” 
 
 Sabemos que a maioria dos problemas ambientais tem suas raízes em fatores sociais, 
econômicos, políticos, culturais e éticos. 
 Os modelos de desenvolvimento econômico adotados pelos países ricos são causadores de 
degradação ambiental. Tais modelos, nos países pobres, além da degradação ambiental, causam 
desigualdades sociais e miséria. 
 É interessante e importante conhecer as relações entre os seres vivos, os seus mecanismos, 
processos e sistemas (Ecologia), entretanto, eles devem ser entendidos dentro de um contexto que 
considere também os demais aspectos da questão ambiental, ou seja, os aspectos sociais, 
econômicos, políticos, éticos e culturais. 
 Através da Educação Ambiental, podemos perceber que existem formas mais inteligentes de se 
lidar com o ambiente, integrando-se com ele através do desenvolvimento sustentável. Apreciar mais 
cuidadosamente a fascinante diversidade do mundo vivo, que a natureza preparou durante milhões de 
anos, e a fascinante experiência de sermos parte dela. 
 
“A IMPORTÂNCIA DOS VALORES” 
 
 Atualmente, um em cada quatro habitantes da Terra passa fome. 
 Não há política social ou ambiental que resgate esta dívida. 
O desconhecimento ou desconsideração dos rudimentos de ética legou ao mundo uma legião de 
estropiados, cujo futuro obscurece qualquer tentativa de projeção. 
 Para o resgate da dignidade humana temos que resgatar os seus valores e considerá-los em todos 
os nossos planos em qualquer área de atividade. 
 Valores como o respeito pela vida e pela natureza, solidariedade, altruísmo, democracia, 
responsabilidade, honestidade, amizade, tolerância, autodisciplina, lealdade, modéstia e outros, precisam 
ser redescobertos. 
QUÍMICA AMBIENTAL 
 
janeiro/2005 S. MEDEIROS 
 
91 
“PROJETO CRIANÇA FORMA CIDADÕES DO FUTURO” 
 
 Há cerca de 3 anos, foi elaborado um projeto CRIANÇA ECOLOGIA E CIDADANIA. O 
próprio nome diz, o alvo é formar as crianças para que elas na fase adulta saibam respeitar os deveres 
sociais na mesma proporção que lutam pelos seus deveres e direitos. 
 O seu objetivo maior é que as crianças tenham consciência crítica, para que quando estiverem 
atuando profissionalmente possam denunciar. 
Para que as crianças possam entender a necessidade da preservação da natureza destacam-se a 
importância das várias espécies de plantas para a cura de certas doenças, as características relativas às 
diversas espécies de sementes e como são transportadas, e as diferentes estratégias que as plantas utilizam 
para sua reprodução. Cada folha, pedra, cogumelo, pedaço de madeira, inseto ou outro material recolhido 
é o inicio de uma conversa sobre biodiversidade, por exemplo. Outra atividade que a equipe costuma 
realizar para entendimento dos fenômenos naturais é simular o ciclo da água através da dinâmica da 
gotinha, em que todos imaginam ser uma gotinha d’água que acaba sendo absorvida pelas raízes das 
plantas. 
 As campanhas de mobilização social consistem em um conjunto de esforços e ações de amplo 
alcance social e educacional, que difundem informações técnicas, para envolver toda a sociedade na 
busca da solução dos problemas ambientais. 
 
“O QUE SE PODE FAZER” 
 
 Espera-se que as autoridades educacionais e as autoridades da área ambiental orientem o seu 
pessoal para inclusão da questão dos valores em suas atividades, desde os cursos de capacitação, 
reformulação de conteúdos disciplinares; elaboração de políticas até a preparação de recursos 
instrucionais para ações educativas formais e não-formais. 
 A tarefa de redescoberta dos valores e de busca de novos valores que tornem a sociedade humana 
mais justa é de todos. 
 Somente com um envolvimento que englobe a mídia, os profissionais liberais, os governos, os 
sistemas escolares, as igrejas, as associações de classe e outros grupos da atividade humana poderemos 
alcançar resultados expressivos. 
 Devemos acreditar nas potencialidades humanas – muitas delas ainda não expressas 
devidamente, como força-motriz para direcionar mais a nossa escalada para um futuro no qual possamos 
gozar a plenitude da experiência de viver. 
 
“OS AUTORES DA CONSCIENTIZAÇÃO E DA AÇÃO AMBIENTAL” 
 
 Há dez ou quinze anos, um jovem cheio de curiosidade intelectual que pretendesse informar-se 
sobre a saúde ambiental do planeta ou sobre o estado de degradação dos principais ecossistemas 
brasileiros teria sérias dificuldades para obter esses dados na mídia, nas publicações de nossas melhores 
editoras ou na escola. Se vencesse as barreiras colocadas à aquisição de conhecimento e procurasse, com 
QUÍMICA AMBIENTAL 
 
janeiro/2005 S. MEDEIROS 
 
92 
sua recém adquirida consciência ambiental, transformar a realidade, teria inevitavelmente grandes 
dificuldades para engajar-se numa das poucas organizações dedicadas à luta pela preservação do meio 
ambiente. 
 Hoje, em graus diversos de envolvimentos, mídia, ONG’s, escola, editoras, partidos, setores da 
administração pública, têm procurado conscientizar a população para os problemas advindos da 
degradação ambiental. Especialmente nos grandes e médios centros urbanos, quem quiser informar-se 
terá à sua disposição uma gama muito diversificada de publicações; da mesma forma, quem pretender 
atuar na defesa
Thalisson
Thalisson fez um comentário
Alguém tem o gabarito dessa onça?
0 aprovações
Thalisson
Thalisson fez um comentário
Cade a página 86, Quero é o gabarito,
0 aprovações
Jean Carlos
Jean Carlos fez um comentário
Como faço download?
1 aprovações
Mickaelly
Mickaelly fez um comentário
eu preciso desse download. como faço.
1 aprovações
Debora
Debora fez um comentário
Queria fazer download
2 aprovações
Carregar mais