Apostila de Química Geral (2013 )
71 pág.

Apostila de Química Geral (2013 )


DisciplinaCiências4.630 materiais308.775 seguidores
Pré-visualização19 páginas
dos itens \u2461 e \u2464. Os resultados apresentam alguma diferença? 
 
 
\uf0b7 No caso de uma resposta positiva, explique qual a razão da diferença observada. 
 
 
 
\u2466 Escreva a equação final do processo 
 
 
 
 INSTITUTO DE ENGENHARIA e TECNOLOGIA - IET 
 
Química Geral 
CENTRO UNIVERSITÁRIO DE BELO 
HORIZONTE 
 
\u2467 Quais são as possíveis causas de erro no experimento realizado? 
 
 
 
 
 
 
 
\u2468 Proponha uma metodologia diferente para a avaliação da decomposição do bicarbonato de sódio. 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
\u2469Elabore um relatório detalhado sobre o experimento seguindo os padrões especificados na apostila de Química 
Geral. 
 
Atenção: Relatórios fora do padrão não serão corrigidos!!!! 
Exercícios de Fixação: 
1. O que é mol ? 
 
 
2. Como determinar a partir de uma quantidade de massa o número de mols? 
 
 
 
3. Como é feito o calculo da mossa molecular de um composto? 
 
 
 
4. Faça o balanceamento da equação abaixo. 
HCl + Ca(OH)2 \u2192 CaCl2 + H2O 
 
5. Qual quantidade de matéria (mol) contida em 66,2 g de Pb(NO3)2 
 
 
 
 
 
6. Determine quantos mols de KI são necessários para reagir com 66,2 g de Pb(NO3)2. 
 
 
 
7. Escreva a equação balanceada que descreve a reação entre o KI e o Pb(NO3)2, levando a formação de PbI2 e 
KNO3 
 
 INSTITUTO DE ENGENHARIA e TECNOLOGIA - IET 
 
Química Geral 
CENTRO UNIVERSITÁRIO DE BELO 
HORIZONTE 
Experimento 08: 
PREPARO DE SOLUÇÕES 
 
 Muitas substâncias são mais facilmente manipuláveis quando estão dissolvidas. Por isso, as soluções 
líquidas são comuns nos laboratórios e merecem, neste curso, atenção especial. 
 As soluções são misturas homogêneas formadas por dois ou mais constituintes. Geralmente, o 
constituinte que confere forma física à solução ou que está em maior proporção é denominado solvente e os demais 
solutos. 
 Quimicamente uma solução é representada pela fórmula do soluto, o solvente (entre parênteses) e, 
finalmente, acrescenta-se o valor da sua concentração. 
 NaOH (aq) 10% = solução aquosa de hidróxido de sódio 
 I2 (alcóolico) 2,0 g/L = solução alcoólica de iodo 
 NaHCO3 (aq) 0,100 mol/L = solução aquosa de bicarbonato de sódio 
 
 A quantidade relativa do soluto em uma solução é expressa pela concentração. Nessa prática, usaremos 
apenas a concentração em grama por litro e a concentração percentual: 
\uf0b7 g/L: A concentração em gramas por litro refere-se à massa do soluto (em gramas) existente em 1 L de 
solução. 
\uf0b7 % v/v: A concentração percentual em volume por volume refere-se ao volume do soluto líquido existente 
em 100 mL da solução. 
 Dissolução é o processo de incorporar o soluto no solvente, formando um sistema homogêneo. A técnica 
de dissolução mais simples é a agitação do soluto no solvente. A preparação das soluções envolve, geralmente, as 
seguintes etapas: 
 
a) Medir a massa ou o volume calculado do soluto; 
b) Dissolver o soluto, através da agitação, em uma pequena quantidade do solvente, contida num béquer; 
c) Transferir, quantitativamente, a solução para o aparelho de medida de volume; 
d) Completar o volume com o solvente; 
e) Homogeneizar a solução, por agitação; 
Observações: 
\uf0b7 As soluções de concentrações rigorosas devem ser preparadas usando balão volumétrico; 
\uf0b7 As soluções de concentrações aproximadas podem ser preparadas usando proveta. 
\uf0b7 Se a solução apresentar impureza sólida, esta deve ser eliminada através de filtração. 
 
 As soluções são classificadas como moleculares ou iônicas, de acordo com a dissociação do soluto. 
Nas soluções moleculares o soluto não sofre dissociação e a solução é constituída de moléculas do soluto e do 
solvente. 
Ex. I2 (aq) (moléculas de água e iodo), C6H12O6 (aq) (moléculas de água e glicose). 
Nas soluções iônicas, o soluto está dissociado em íons: 
1) Os sais, no estado sólido, são constituídos por íons e em solução encontram-se dissociados. 
Exemplo: NaCl (aq): íons sódio (Na
+) e íons cloreto (Cl \u2013(aq) ) 
2) Os ácidos são constituídos por moléculas que sofrem ionização e dissociação quando estão em solução. 
Exemplo: HNO3 (aq): íons hidrônio (H
 +
(aq) e íons nitrato (NO3
\uf02d
 (aq)). 
3) Os hidróxidos são iônicos e em solução estão dissociados. 
Exemplo: NaOH (aq) : íons hidroxila (OH
 \uf02d
(aq) e íons sódio (Na
+
 (aq)). 
 Conhecer a composição de soluções iônicas e soluções moleculares tem importância do ponto de vista 
teórico e prático. 
 Nesta aula você preparará as soluções de sulfato de cobre II e de amônia, fará diluição do álcool e uma 
filtração simples. 
 
 
 
 
 INSTITUTO DE ENGENHARIA e TECNOLOGIA - IET 
 
Química Geral 
CENTRO UNIVERSITÁRIO DE BELO 
HORIZONTE 
Filtração: 
 
Dobra e corte do papel de filtro 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Papel de filtro no funil 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Exercícios de fixação: 
 
1) O que é uma "solução"? 
 
 
 
2) O que é "concentração"? 
 
 
3) O que é: concentração g/L, % m/v e % m/m? 
 
 
 
4) O que é "dissolução"? 
 
 
5) Em termos de constituição, qual é a diferença entre soluções iônicas e moleculares? 
 
 
 
6) Quando a proveta pode ser utilizada, como aparelho de medida, na preparação de uma solução? 
 
 
 
7) Como se pode eliminar uma impureza sólida de uma solução? 
 
 
 INSTITUTO DE ENGENHARIA e TECNOLOGIA - IET 
 
Química Geral 
CENTRO UNIVERSITÁRIO DE BELO 
HORIZONTE 
Objetivos: 
 
Conhecer a constituição de soluções iônicas e soluções moleculares; Efetuar cálculos de concentração; Preparar 
soluções; Executar filtração simples. 
 
Procedimento Experimental: 
 
1- Preparação de 30 mL de etanol 70 % v/v 
 
O álcool comum (álcool etílico, etanol, CH3CH2OH) é um líquido incolor, inflamável, de ponto de fusão \u2013 114ºC, ponto 
de ebulição 78,5 ºC, higroscópico, solúvel em água e em vários solventes orgânicos. A concentração das soluções 
alcoólicas é expressa, também, em graus GL (Gay Lussac), que corresponde à concentração % v/v. A mistura a 70 % 
v/v é usada em assepsia. 
a) Verifique no rótulo a concentração do álcool que será utilizado para fazer a mistura 70 % v/v. 
 
 
b) Calcule o volume de álcool necessário para fazer a mistura 70% v/v, a partir do álcool fornecido. Utilize a 
fórmula da diluição para fazer o cálculo.: C.V = C\u2019.V\u2019 
 
 
 
 
c) Meça em uma proveta de 50 mL o volume de álcool e adicione água até completar o volume pretendido. 
d) Misture com um bastão de vidro e transfira a mistura para um frasco rotulado. Agite o frasco. 
Escreva a equação de dissolução do etanol líquido em água. 
 
 
e) Considerando que o etanol não sofre dissociação em água, classifique esta \u201csolução\u201d como iônica ou 
molecular. 
 
2- Preparação de 100 mL de solução 50 g/L de sulfato de cobre II, a partir do sulfato de cobre anidro impuro. 
 
O sulfato de cobre II é comercializado como sal pentahidratado (CuS04.5H20), de cor azul. O anidro (CuSO4) é um 
sólido branco. É usado como germicida e fungicida porque o íon Cu2+ é tóxico para organismos inferiores - daí seu 
uso para controlar algas em piscinas, e pulverizar árvores e frutas. 
a) Anote o nome, a fórmula e a pureza do reagente indicado pelo professor e que será utilizado para preparar a 
solução. 
 
 
 
 
b) Cálculo da massa do soluto puro necessária à preparação da solução. 
 
 
 
 
 
 
c) Considerando a impureza do soluto, calcule a massa de sulfato de cobre anidro e impuro (CuSO4). 
 
 
 
 
 
Esta será a massa