apol curriculo e sociedade e didatica
18 pág.

apol curriculo e sociedade e didatica


DisciplinaCurrículo e Sociedade326 materiais1.885 seguidores
Pré-visualização4 páginas
de seus sinais.
Para nós, educadores brasileiros, duas questões fundamentais se apresentam. Uma, a de que ainda temos uma dívida social do século passado a saldar, qual seja, acolher todas as crianças e jovens e oferecer um ensino que garanta sua permanência e aprendizagem continua [...] outra, tornar a escola contemporânea ao novo momento civilizatório que se descortina.\u201d 
CASTRO, Amélia D. C.; CARVALHO, Anna M. P. Ensinar a ensinar: didática para a escola fundamental e média. São Paulo: Pioneira Thompson Learning, 2005. p. 36.
Com base no texto acima e nos conteúdos abordados no livro-base, analise as sentenças a seguir, assinalando V para as afirmativas Verdadeiras e F para as afirmativas Falsas:
( ) As mudanças necessárias à educação atual perpassam o campo curricular, que deve estar atento à realidade sócio-histórica dos indivíduos e adequando-se às suas necessidades reais.
( ) O ensino curricular disciplinar é o mais adequado ao momento atual, pois o conhecimento reduz o complexo ao simples, para que o aluno possa melhor compreender problemas e encontrar suas soluções.
( ) A inclusão de todas as pessoas no processo educacional, uma demanda atual, já está em plena concretização; é importante notar que para tal inclusão não devem mudar estratégias de ensino a fim de viabilizar aprendizagens, pois está ação se caracteriza como preconceituosa.
( ) Para que a educação seja menos excludente faz-se necessário que ela repense seus paradigmas e compreenda a multiplicidade de formas de aprender, os diferentes espaços para a construção do conhecimento e a especificidade de cada indivíduo.
 
Agora, marque a sequência correta:
	A	
V, F, F, V
Você acertou!
As afirmativas I e IV estão corretas. As mudanças necessárias à educação atual perpassam o campo curricular, que deve estar atento à realidade sócio-histórica dos indivíduos e adequando-se as suas necessidades (LIVRO BASE, p.113, p. 109); é necessário que a educação repense seus paradigmas e compreenda a multiplicidade de formas de aprender, os diferentes espaços para a construção do conhecimento e a especificidade de cada indivíduo, para que ela seja menos excludente. A afirmativa II está incorreta, pois o ensino curricular organizado por disciplinas isola e separa os conhecimentos, em vez de reconhecê-los em sua inter-relação e o conhecimento não reduz o complexo ao simples, para aumentar a capacidade de reconhecer o caráter multidimensional dos problemas e das soluções.A afirmativa III está incorreta pois se deve favorecer a inclusão de todas as pessoas de forma responsável e viabilizando aprendizagens (LIVRO BASE p. 113- 115).
	B	
F, V, V, F
	C	
F, F, V, V
	D	
V, F, V, F
	E	V, V, V, F
Questão 8/10
Leia o trecho a seguir:
"Currículo é uma construção social do conhecimento, pressupondo a sistematização dos meios para que esta construção se efetive; a transmissão dos conhecimentos historicamente produzidos e as formas de assimilá-los, portanto, produção, transmissão e assimilação são processos que compõem uma metodologia de construção coletiva do conhecimento escolar, ou seja, o currículo propriamente dito."
VEIGA, Ilma Passos Alencastro. Projeto Político-Pedagógico da Escola: uma construção possível. Campinas: Papirus, 1995. p.26-27.
Analise as sentenças sobre currículo e suas definições, assinalando V para as afirmativas verdadeiras e F para as afirmativas falsas.
( ) Os conhecimentos historicamente produzidos pelo homem são transmitidos pela escola de forma ordenada a fim de possibilitar ao aluno a compreensão significativa destes.
( ) O currículo é imparcial, sendo uma ponte entre a escola e a sociedade, principalmente quando elaborado pela administração escolar e aplicado pelos professores.
( ) A sistematização e organização curricular se dão sob a reflexão do que, como e para que ensinar determinado conteúdo.
( ) Questões econômicas, políticas, culturais e históricas envolvem a elaboração curricular, por isso ele não pode ser considerado como apenas um conjunto de conteúdos e formas de ensinar.
 
Marque a sequência correta:
	A	V, F, V, F
	B	
V, F, V, V
Você acertou!
Os conhecimentos produzidos pelo homem podem ser apropriados pelos membros da sociedade de forma informal ou formal. Formalmente temos a escola que transmite os conhecimentos historicamente produzidos de forma ordenada; esta sistematização e ordenação se dão a partir da problematização de o que, como e para que se ensinar determinado conteúdo, devendo-se sempre considerar que "o currículo traz na sua essência questões econômicas, políticas, culturais e históricas que ultrapassam a ideia de uma simples seleção de conteúdos disciplinares". Devemos assim considerar que o currículo é uma ponte, sob a acepção econômica, entre a sociedade e a escola e por tal deve sempre ser analisado e avaliado pela comunidade escolar (LIVRO-BASE, p. 22-23).
	C	V, V, V, F
	D	F, F, V, V
	E	
F, V, V, F
Questão 9/10
Conforme Álvaro Vieira Pinto (1989, p.29), \u201ca educação é o processo pelo qual a sociedade forma seus membros à sua imagem e em função de seus interesses\u201d. 
SCHAFRANSKI, Márcia Derbli. A educação e as transformações da sociedade. Disponível em: < http://www.revistas2.uepg.br/index.php/humanas/article/viewFile/550/549 >. Acesso em: 09/02/2015. 
Analise as alternativas a seguir com relação as concepções de homem, educação e escola, das abordagens do processo didático:
I. A abordagem da escola tradicional, que se serve do processo didático de transmissão-assimilação, entende o homem como uma essência imutável, considerando-o uma \u201ctábula rasa\u201d.
II. A educação é vista pela abordagem do \u201caprender a aprender\u201d como uma condição para o desenvolvimento natural do homem, sendo a escola caracterizada como laboratório de vivência para o individuo.
III. A escola tecnicista, que se ancora no \u201caprender a fazer\u201d, vê o homem como sujeito histórico que se afirma na ação-reflexão-ação.
IV. Para aqueles que adotam a abordagem da sistematização coletiva do conhecimento, e educação é encarada como um processo histórico que visa a transformação da realidade.
 
São corretas as afirmativas:
	A	Afirmativas I, II e III, apenas.
	B	Afirmativas III e IV, apenas.
	C	Afirmativas II e IV, apenas.
	D	Afirmativa II, apenas.
	E	Afirmativas I, II e IV, apenas.
Você acertou!
As afirmativas I e II estão corretas. A afirmativa I está correta pois a abordagem da escola tradicional, que se serve do processo didático de transmissão-assimilação, entende o homem como uma essência imutável, considerando-o uma \u201ctábula rasa\u201d. A afirmativa II está correta pois a educação é vista pela abordagem do \u201caprender a aprender\u201d como uma condição para o desenvolvimento natural do homem, sendo a escola caracterizada como laboratório de vivência para o individuo. A afirmativa IV está correta pois, para a abordagem da sistematização coletiva do conhecimento, e educação é encarada como um processo histórico que visa a transformação da realidade. A afirmativa III está incorreta pois na visão da escola tecnicista, que se ancora no \u201caprender a fazer\u201d, o homem é visto como consequência das influencias e das forças existentes no meio, como produto do processo evolutivo e não como sujeito histórico que se afirma na ação-reflexão-ação. (LIVRO-BASE, p.35-49; Vídeo Aula 2 - slide 8 aos 14\u2019)
Questão 10/10
Leia o texto a seguir:
\u201cEmbora as reformas educacionais feitas nas primeiras décadas do século XX, no Brasil, sejam associadas somente a John Dewey e ao movimento de educação progressivista, Kliebard (1971, p. 11) lembra que nos Estados Unidos, aquele foi um período de grande efervescência na área educacional, em busca de uma resposta à decadência da teoria da disciplina mental. Os reformadores educacionais do período divergiam consideravelmente, e as ideias educacionais de um Franklin Bobbit eram frontalmente opostas às de um John Dewey.\u201d
 SANTOS, Adriana Regina de Jesus; CASALI, Alípio Marcio Dias. Currículo e educação: origens, tendências e perspectivas na sociedade contemporânea. In: Revista Olhar de Professor,