Curso Básico de Astrologia vol. III   Marion D. March & Joan McEvers
267 pág.

Curso Básico de Astrologia vol. III Marion D. March & Joan McEvers


DisciplinaAstrologia646 materiais2.212 seguidores
Pré-visualização50 páginas
na cidade libertada." 
Com Touro na cúspide da décima segunda Casa, Vênus em Capricórnio e 
Gêmeos no Ascendente, a chave que abriu o subconsciente de Patton era o 
senso comum e a lógica, e não a emoção. Tinha um lado teimoso que o fazia 
resistir à mudança; mas como o regente, Vênus, estava em trígono com Marte 
em Virgem, a lógica e a tática o sensibilizavam, e na maioria das vezes 
conseguia provar logicamente seu raciocínio. Sua maior força residia 
 
 
 
na 
p
e
a personalidade inquieta, impetuosa, 
p
capacidade de ser prático e previdente, de confiar em sua visão e em seus 
sonhos proféticos \u2014 em resumo, de confiar em sua teimosia. 
Netuno em Touro mostra uma abordagem estética da ciência e da arte, o que 
era muito evidente no seu modo de ser. Era sensível à beleza, à música e à 
oesia; também podemos dizer que tinha um senso inato de negócios, 
principalmente no que diz respeito à condução da guerra. Não há notícia de que 
fosse descuidado em relação a dinheiro, o que poderia ter acontecido com a 
oposição entre o Sol e Netuno. Sempre esteve em boa situação financeira, de 
modo que isso não tem muita importância em nosso delineamento. O 
posicionamento de Netuno na décima segunda Casa tornou-o muito sensível ao 
seu subconsciente e à sua psique; sempre que deu a isso uma aplicação prática, 
sua visão intuitiva o ajudou a enfrentar a realidade. Apesar do tipo de vida que 
scolheu, foi muito solitário e em algumas ocasiões sofreu de profundo 
isolamento. 
Netuno estava retrógrado em seu mapa, indicando que a ação dirigida para o 
interior poderia gerar uma enorme percepção, e que ele pôde usar seu talento 
com facilidade ainda relativamente jovem. Esse posicionamento também 
aumentou a tendência ao martírio, que seus atos e observações impensados 
ajudavam. 
Plutão em Gêmeos indica um
articularmente perceptível no caso de Patton, porque Plutão rege seu Sol em 
Escorpião. Procurou novas maneiras de se expressar e de expandir seu 
intelecto; como Plutão estava retrógrado na décima segunda Casa, os canais de 
que dispunha passavam por seu subconsciente e por seus sonhos proféticos. Ele 
"sabia" que tinha vivenciado todos esses acontecimentos anteriormente. Os 
aspectos desafiadores a essa colocação de Plutão proporcionaram a George 
Patton o seu amor pela guerra, o seu ódio pela mediocridade e a sua crença de 
que só poderia viver sua vida a contento numa profissão especializada como a 
de soldado. 
Lição 14 
 
ERNEST HEMINGWAY: 
Um Americano Original 
Ele foi um dos grandes escritores do século XX. Nasceu em 21 de julho de 
1899 e durante sessenta e dois anos experimentou ao máximo as alegrias e 
tristezas da vida. Entretanto, o orgulhoso garotinho que aos dois anos gritava 
"não tenho medo de nada" aprendeu que havia um bocado a temer e a suportar. 
Um dia ele mudou o lema de sua vida: de "Il faut d'abord durer" (antes de tudo 
é preciso agüentar) para "Il faut après tout mourir" (depois de tudo é preciso 
morrer) e no dia 2 de julho de 1961 encostou uma espingarda na cabeça e se 
matou. Seu nome era Ernest Hemingway. 
Esse "americano original", como muitas vezes era chamado, realizou a 
maior parte de sua grande obra no exterior, como um dos "expatriados" de Paris 
(com Gertrude' Stein, Scott Fitzgerald, Ezra Pound e outros), resistindo às 
forças de Franco na Espanha, ou vivendo em sua finca (casa) em Cuba. Esse 
homem exuberante, que buscava o perigo e a aventura da mesma forma que 
outros passam uma noite bem-dormida, era basicamente um sujeito tímido, 
sensível e até mesmo gentil. Era um mestre com as palavras e a língua, mas um 
desajeitado escritor de cartas que brigava com a ortografia e lutou a vida inteira 
para vencer um pequeno defeito de fala (pronunciava os eles e erres como se 
fossem us). Esse homem, que definiu o orgulho como um "pecado mortal", 
gabava-se de sua masculinidade, de sua perícia atlética, de sua capacidade de 
beber, de sua competência como caçador e pescador. Esse feroz individualista, 
cuja presença jamais passava despercebida, temia qualquer pessoa que 
assumisse uma postura possessiva em relação a ele. Teve quatro mulheres e, 
embora quisesse que todos o chamassem de "Papa", não foi um pai muito 
dedicado a seus três filhos. Sempre quis ter urna filha, e tratava todas as 
mulheres bonitas por "filha". 
Já se escreveu muito sobre Ernest Hemingway, de modo que vai-ser fácil 
comprovar o que encontrarmos no horóscopo. Nossas referências biográficas 
são: Ernest Hemingway \u2014 A Life Story e Ernest Hemingway: Selected Letters 
1917-1961, de Carlos Baker; Papa Hemingway, de A. E. Hotchner; How it 
Was, de Mary Welsh Hemingway, e mais algum conhecimento pessoal 
 de amigos comuns. 
gráfico da vida de Hemingway provavelmente seria assim: 
99, às 8:00 hs, em Oak Park, Illinois, nas 
undo de seis filhos. O pai era médico, a 
eira para se casar. Saiu de casa antes 
o de repórter no Kansas City Star e com 19 
anos, apesar de ter sido rejeitado pelo exército americano por causa de um 
defeito de visão, apresentou-se como voluntário e serviu como motorista de 
ambulância no front italiano, onde foi gravemente ferido. Em 1920, casou-se 
co
 a base de Por quem os sinos 
do
ade 
de melhorar de posição, versus subjetivismo e instinto. Tem sete planetas a 
leste e três a oeste do meridiano, indicando a capacidade e o desejo de tomar 
conta de sua vida a exercitar seu livre-arbítrio. 
O padrão locomotiva (todos os planetas colocados dentro de dois terços, 
deixando um segmento vazio de 120° no horóscopo) em geral descreve uma 
pessoa que põe em ação muita energia a fim de conseguir o que quer. Plutão 
(o motor) motiva Hemingway a agir e desempenha um papel 
adquirido através
O resumo bio
nascido em 21 de julho de 18
imediações de Chicago, sendo o seg
 da carrmãe era uma cantora que desistiu
de 18 anos, arrumou um empreg
m Hadley Richardson, com quem teve um filho, John, apelidado Bumby. 
Viviam em Paris, onde ele escreveu O sol também se levanta. Divorciaram-se 
em 1927 e ele se casou com uma redatora do Paris Vogue, Pauline Pfeiffer, a 
mãe de seus dois outros filhos, Patrick e Gregory, apelidados de Monsy e 
Gigi. Compraram uma casa em Key West, na Flórida, onde ele escreveu 
Adeus às armas, Ter e não ter e vários contos. 
Foi para a Espanha como correspondente especial na Guerra Civil e as 
experiências que viveu então constituíram
bram. Pauline divorciou-se dele, que pôde então casar-se com a escritora 
Martha Gellhom, substituída em 1946 pela escritora Mary Welsh. Serviu na H 
Guerra Mundial como correspondente e ganhou uma medalha de bronze em 
1948. Viveu em sua finca em Cuba até que Castro o obrigou a sair de lá; 
fixou-se então em Ketchum, Idaho. Seu livro O velho e o mar lhe granjeou o 
prêmio Pulitzer em 1953, e em 1954 recebeu o prêmio Nobel de literatura. 
Entre um livro e outro viajou extensamente, pescou atuns e merlins, caçou 
caça grossa, freqüentou touradas e sofreu vários ferimentos e acidentes, 
inclusive duas quedas de avião quase fatais. 
Que aparência tem o resumo astrológico? (Veja o mapa na página 156.) 
Como ressaltamos no Volume I e descrevemos na lição 20, "Etapas de 
Delineamento" no Volume II de Aprenda Astrologia, começamos com uma 
visão geral. 
Hemingway tem uma divisão harmônica de planetas acima e abaixo do 
horizonte, mostrando um bom equilíbrio entre a extroversão e a necessid
 
muito importante em seu mapa, porque também é o planeta mais elevado e 
faz parte de uma poderosa cruz T mutável. Esse ímpeto plutoniano era 
constante (Plutão só tem aspectos desafiadores) e aparentemente forçava 
Hemingway a provar a si mesmo que era o padrão ou o chefe, quer estives-se 
lutando com um merlim no seu amado barco Pilar, atirando em leões num 
safári na África ou treinando leões para um circo. Conforme conta A. E. 
Hotchner: