Curso Básico de Astrologia vol. II   Marion D. March & Joan McEvers
275 pág.

Curso Básico de Astrologia vol. II Marion D. March & Joan McEvers


DisciplinaAstrologia654 materiais2.239 seguidores
Pré-visualização50 páginas
de 
Casas contíguas. No mapa de Farrah Fawcett, a segunda e a terceira Casas estão 
unidas, assim como a oitava e a nona. Os signos envolvidos são Leão e Aquário. 
No mapa de Hermann Fiasse, a sexta e a sétima, e a décima segunda e a primeira 
Casas estão tinidas, com Gêmeos e Sagitário, respectivamente, nas cúspides. 
As atividades de duas Casas que têm o mesmo signo nas cúspides se unem de 
várias formas. Os acontecimentos regidos pelas duas Casas tendem a fundir-se e 
entrelaçar-se: 
 
Primeira com segunda. Essa pessoa conquista seu modo de vida, determina 
seus próprios valores, ou dá muita importância ao conforto material. A campeã 
de patinação Sonja Henie, o produtor de cinema Alfred Hitchcock têm essa 
junção, assim como o ator Marlon Brando, cujo mapa está na página 101. 
 
Segunda com terceira. Essa pessoa lucra na área de transportes ou 
comunicações; seus valores podem ser influenciados por um dos irmãos, ou 
podem influenciá-lo; também é possível que faça negócios com um deles. 
Exemplos: a cantora Cher Bono e o escritor Leo Tolstoy, assim como a atriz 
Farrah Fawcett e o humorista Ogden Nash, cujos mapas estão nas páginas 251 e 
83. 
 
Terceira com quarta. Um dos irmãos pode assumir o lugar de um dos pais; a 
infância pode ter sido tumultuada, com muitas mudanças de escola, ou um dos 
irmãos pode vir a morar com o indivíduo. Aparentemente a expressão e a 
comunicação são mais fáceis em casa. Alguns exemplos são 
o procurador-geral Robert Kennedy, o pintor Vincent Van Gogh e o ator 
Orson Welles, cujos mapas podem ser encontrados nas páginas 77 e 91. 
 
Quarta com quinta. Os filhos desse indivíduo sempre voltam para se 
aninhar em sua casa. Ele é muito criativo no ambiente do lar, e pode até ser 
um artesão trabalhando em casa. O escritor Henry Miller e o compositor 
Georg Friedrich Handel servem como exemplos, assim como o maestro 
Arturo Toscanini e a cantora Barbra Streisand, cujos mapas estão nas páginas 
74 e 89. 
 
Quinta com sexta. Essa pessoa trabalha numa área criativa, e através do 
trabalho presta serviços a pessoas jovens (como professor, por exemplo); 
também pode trabalhar com esportes ou ser treinador de algum time. Seu 
trabalho se transforma no seu primeiro amor. O escritor Joseph Wambaugh e 
o escultor Auguste Rodin têm esse posicionamento, assim como o jogador de 
baseball Vida Blue e a escritora cega Helen Keller, cujos mapas estão nas 
páginas 80 e 69. 
 
Sexta com sétima. Essa pessoa trabalha com o cônjuge ou sócio, ou com 
o público em geral (freqüentemente na área de serviços). Seu trabalho pode 
estar relacionado com a lei. O ex-beatle Ringo Starr e o estadista Benjamin 
Disraeli têm esse posicionamento, assim como o esquiador Jean-Claude Killy 
e o futebolista Joe Namath, cujos mapas estão nas páginas 136 e 134. 
 
Sétima com oitava. Essa pessoa pode ir longe na política, com o apoio 
(oitava) do público (sétima); pode formar uma sociedade de negócios ou 
receber uma herança através do parceiro. O líder trabalhista Walter Reuther e 
o satanista Aleister Crowley servem de exemplo, assim como o produtor 
Samuel Goldwyn, cujo mapa está na página 76. 
 
Oitava com nona. A publicação e a escrita podem estar ligadas a novelas 
de mistério e sexo. O indivíduo pode ser um magnata ou especialista em 
finanças; pode ter grande afinidade com as questões psíquicas, místicas ou 
ocultas, ou ensinar nessas áreas. A evangelizadora Marjoe Gortner e os 
cientistas Enrico Fermi e Albert Einstein são alguns exemplos, assim como o 
estadista Jawaharlal Nehru, cujo mapa está na página 100. 
 
Nona com décima. É possível que esse indivíduo faça muitas viagens li-
gadas a sua carreira. Educação ou lei podem desempenhar um papel signi-
ficativo em seu trabalho; alternativamente, pode receber ajuda, em termos de 
carreira, de alguém (ou de um dos pais) nascido no exterior. O assassino 
Nathan Leopold e o primeiro-ministro Harold Wilson têm esse 
posicionamento, assim como o político Robert Kennedy e o pintor Vincent 
Van Gogh, cujo mapa está na página 77. 
Décima com décima primeira. Amigos e relacionamentos sociais podem 
ser úteis a esse individuo em termos de emprego ou profissão; é possível que 
execute algum tipo de trabalho para o governo (muitas vezes na área militar ou 
política); em geral participa ativamente de grupos, como líder. O ex-vice-
presidente Spiro Agnew e o ás da aviação Eddie Rickenbacker são exemplos, 
assim como o senador Ted Kennedy e a cantora Barbra Streisand, cujos mapas 
estão nas páginas 84 e 89. 
 
Décima primeira com décima segunda. Esse indivíduo, com freqüência, é 
atraído para obras de caridade, ou para trabalhos na área de assistência e 
promoção social. Precisa dispor de algum tempo para si mesmo, caso contrário 
pode ficar confinado por causa de forças além do seu controle. Sente-se bem 
trabalhando nos bastidores. Os escritores Robert Louis Stevenson e James 
Joyce e o diretor de cinema Vittorio de Sica têm esse posicionamento, assim 
como o ditador Josef Stálin, cujo mapa está na página 105. 
 
 
Décima segunda com primeira. Esse indivíduo possui muita força interior 
à sua disposição; é possível que precise burilar ou definir sua personalidade; 
também é possível que precise resolver problemas de timidez e introversão. 
Através do mau uso, pode tomar-se o seu pior inimigo. Alguns exemplos são o 
assassino Richard Loeb e o marechal-de-campo Hermann Goering, assim como 
a cantora Linda Ronstadt e o maestro Henry Mancini, cujos mapas podem ser 
encontrados nas páginas 111 e 134. 
 
Recapitulação: na página seguinte está o horóscopo do cantor Bob Dylan. 
Interprete seu horóscopo do ponto de vista das interceptações, dos dois pares de 
Casas que têm o mesmo signo nas cúspides, e não se esqueça de incluir sua 
interpretação de Marte e Netuno interceptados. Depois de terminar essa tarefa, 
compare-a com nossas respostas no Apêndice na página 253. 
 
Lição 9 
Recepção Mútua, Dispositor Final, 
Regente do Mapa, Planeta em Alto Foco 
 
 
Recepção Mútua 
 
Recepção mútua é um termo aplicado quando dois planetas estão colocados um 
no signo de dignidade ou regência do outro. Por exemplo, se Vênus está em Áries 
e Marte está em Touro \u2014 Vênus rege Touro e Marte rege Áries \u2014 os dois 
planetas estão em recepção mútua, ou mutuamente envolvidos com a regência do 
outro. Esse relacionamento entre dois planetas é considerado muito benéfico e 
harmonioso. E como se as forças oriundas dos dois planetas se dirigissem para 
uma só linha de ação. Ao interpretar esse posicionamento, alguns astrólogos lêem 
Marte em Áries e Vênus em Touro, argumentando que os dois planetas estão de 
tal forma interligados ou integrados pela recepção mútua que funcionam como se 
estivessem colocados no próprio signo de sua dignidade. Não concordamos 
totalmente com isso. 
Vamos dar alguns exemplos: Jean-Claude Killy tem Vênus em Virgem e 
Mercúrio em Libra, portanto os planetas estão um no signo de dignidade do outro, 
em recepção mútua. Ambos estão na segunda Casa (veja o horóscopo de Killy na 
página 136, Lição 10, "Padrões de Mapas"). Vênus está acidentalmente 
dignificado na segunda Casa, e portanto bastante bem colocado; entretanto, 
Vênus em Virgem não está na mais feliz das colocações por signo, mas em queda. 
Vênus também está retrógrado, funcionando na direção inferior, que não é como 
deveria funcionar. Trocando os dois planetas de lugar e delineando Vênus como 
se estivesse em Libra, você estaria deixando de lado a natureza de Virgem. 
Entretanto, grande parte da autocrítica e da disciplina auto-imposta de Killy, tão 
necessárias para um esquiador de competições, vem desse Vênus em 
Virgem, que exige perfeição, e, como Vênus também está retrógrado, exige 
perfeição de si mesmo. 
Nossa interpretação da recepção mútua é que a harmonia entre os dois 
planetas atua como reforço ou uma ajuda