Guia de Sapos da Reserva Adolpho Ducke Manaus
184 pág.

Guia de Sapos da Reserva Adolpho Ducke Manaus


DisciplinaEcologia4.571 materiais43.041 seguidores
Pré-visualização41 páginas
M. & HÖDL, W. (2003):
Treeholes as calling, breeding, and
developmental sites for the
Amazonian canopy frog, Phrynohyas
resinifictrix (Hylidae). Copeia, 2003 (2):
263-272.
SCHIESARI, L., GRILLITSCH, B. & VOGEL, C.
(1996): Comparative morphology of
phyto-telmonous and pond-dwelling
larvae of four neotropical treefrog
species (Anura, Hylidae,
Osteocephalus oophagus, Osteoce-
phalus taurinus, Phrynohyas resi-
nifictrix, Phrynohyas venulosa). Alytes,
13: 109-139 + Erratum 14: 127-128.
ZIMMERMAN, B.L. & BOGART, J. P. (1988):
Ecology and calls of four species of
Amazonian forest frogs. Journal of
Herpetology, 22 (1): 97-108.
ZIMMERMAN, B.L. & HÖDL, W. (1983):
Distinction of Phr ynohyas
resinifictrix (Goeldi, 1907) from
Phrynohyas venulosa (Laurenti,
1768) based on acoustical and
behavioural para-meters (Amphibia;
Anura; Hylidae). Zoologischer
Anzeiger, 211 (5/6): 341-352.
Guia de Sapos da Reserva Adolpho Ducke Bibliografia
174
Autores Authors
Albertina P. Lima e William E. Mag-
nusson são biólogos, pesquisadores
da Coordenação de Pesquisas
em Ecologia e professores do
Curso de Pós-graduação em
Ecologia do INPA. Trabalham
com os anuros da Reserva Du-
cke e de outras localidades na
Amazônia há mais de 25 anos.
Marcelo Menin e Domingos de
Jesus Rodrigues são biólogos e
professores da Universidade
Federal do Amazonas e
da Universidade Federal
de Mato Grosso, res-
pectivamente, e estudam
ecologia populacional e
de comunidades de anu-
ros na Reserva Ducke.
Luciana Kreutz Erdtmann é bióloga e,
durante a elaboração desse guia, foi
bolsista do Programa PCI/INPA/CNPq.
Estuda anuros desde 2000. Atual-
mente é doutoranda do Curso de
Pós-graduação em Ecologia do INPA.
Claudia Keller é pesquisadora da
Coordenação de Pes-
quisas em Ecologia do
INPA desde 2000, quan-
do começou a trabalhar
com anuros amazônicos.
Walter Hödl é professor e pesquisador
da Universidade de Viena, Áustria, e
trabalha com anuros em vários paises
da América do Sul, Europa e África há
mais de 25 anos.
Albertina P. Lima and
William E. Magnusson are
biologists in the Ecology
Department of INPA. They
have studied the frogs of
Reserva Ducke and other
areas in Amazonia during
the last 25 years.
Marcelo Menin and
Domingos de Jesus Rodrigues are
biologists and professor at
Universidade Federal do Amazonas
and Universidade Federal de
Mato Grosso, respectively,
where they study the popula-
tion and community ecology
of frogs of Reserva Ducke.
Luciana Kreutz Erdtmann
is a biologist and during the
production of this guide, she held
a scholarship from the PCI/
INPA/CNPq Program. She has
studied frogs since 2000, and
now is doctoral candidaty in
the Postgraduate course in
Ecology at INPA.
Claudia Keller is a biologist in the
Ecology Department of INPA since
2000, when she started to work
on Amazonian frogs.
Walter Hödl is a professor and
researcher at Vienna
University, Austria, who has
studied frogs in many
countries in South America,
Europe and Africa for more
than 25 years.
175
Bibliography Guide to the Frogs of Reserva Adolpho Ducke
Agradecimentos Acknowledgments
A produção e publicação deste li-
vro foi possível graças ao apoio fi-
nanceiro e/ou logístico das seguin-
tes instituições: Fundação BBVA
(Espanha), Programa de Pesquisas
em Biodiversidade (PPBio), Conse-
lho Nacional de Desenvolvimento
Científico Tecnológico (CNPq \u2013 Au-
xílios a Pesquisa no 550651/01-2 e
471453/03-0 para A. P. Lima, e no
472799/03-7 para W. Magnusson),
Fundação Científica da Áustria
(FWF - Projeto 15345 para W. Hödl)
e Instituto Nacional de Pesquisas
da Amazônia (PPI no 1-3650 e
1-1105). M. Menin e D. J. Rodri-
gues receberam bolsa de douto-
rado do CNPq e L. K. Erdtmann
recebeu uma bolsa PCI/INPA/CNPq.
Agradecemos a Selvino Neckel-
Oliveira pela foto de Chiasmocleis
shudikarensis, a Benjamim B. da Luz
por ter escalado até a copa para
coletar Trachycephalus resinifictrix e
fotografar seu sítio de oviposição e
a Olivier Jauboin pela filmagem da
espécie, a Vicky Flechas pela
filmagem de Ceratophrys cornuta e
a Karl S. Mokross pelos incontáveis
dias em campo filmando os sapos
da RFAD.
Elaboration of this field guide was
supported by BBVA Foundation
(Spain), Programa de Pesquisas
em Biodiversidade (PPBio),
Conselho Nacional de
Desenvolvimento Científico
Tecnológico (CNPq \u2013 projects
# 550651/01-2 and 471453/03-0
for A. P. Lima, and # 472799/03-7
for W. Magnusson), Austrian
Science Foundation (FWF \u2013 Project
# 15345 for W. Hödl), and
Instituto Nacional de Pesquisas
da Amazônia (PPI # 1-3650
and 1-1105). M. Menin and
D. J. Rodrigues received doctoral
scholarships from CNPq, and
L. K. Erdtmann received a
PCI/INPA/CNPq scholarship.
We thank Selvino Neckel-Oliveira
for the photo of Chiasmocleis
shudikarensis, Benjamim B. da Luz
for climbing into the canopy to
collect Trachycephalus resinifictrix
and photograph its egg-laying
site, and Olivier Jauboin for the
video of this species, Vicky Flechas
for the video of Ceratophrys
cornuta, and Karl S. Mokross for
uncountable days in field filming
the frogs of RFAD.
Guia de Sapos da Reserva Adolpho Ducke Bibliografia
176
Fundação
BBVA
BBVA
Foundation
A Fundação BBVA expressa o com-
promisso do Grupo BBVA com a
melhoria do meio no qual atua. Essa
função de responsabilidade social é
exercida por meio de distintos pro-
gramas, particularmente por meio
da Fundação BBVA, promovendo a
pesquisa científica nas áreas de Meio
Ambiente, Biomedicina e Ciências
Sociais, entre outras, em colabora-
ção com grupos de excelência do
setor público de Educação e Ciên-
cia em diversos países, especialmen-
te na América Latina.
Uma prioridade da Fundação BBVA
é contribuir para a produção de co-
nhecimento científico e a conscien-
tização da sociedade para a con-
servação do meio ambiente no iní-
cio do século XXI. Para alcançar esse
objetivo, a Fundação apoia a pes-
quisa, a capacitação de recursos
humanos e ações práticas de con-
servação da biodiversidade. Desta-
cam-se os editais anuais para pro-
jetos sobre Biologia da Conserva-
ção, os prêmios para Conservação
da Biodiversidade, a colaboração
em um curso de Mestrado em Áre-
as Naturais Protegidas, dirigido a
estudantes e profissionais latino-
americanos (bolsas Fundação BBVA
\u2013 Fundação Carolina), assim como
a organização de ciclos de confe-
rências e publicações sobre a con-
servação da biodiversidade. 
The BBVA Foundation reflects the
obligation of the BBVA Group to
improve the environment. Its social
responsibility is exercised through
several programs, and the BBVA
Foundation in particular, promoting
scientific research in Environmental,
Biomedical, and Social Sciences,
among others, in collaboration
with public academic and scientific
institutions of several countries,
specially in Latin America.
A top priority of the BBVA
Foundation is to promote scientific
knowledge and public awareness
about environmental conservation
in the XXIth century. In order to
reach this objective, the
Foundation supports research,
training, and practical enterprises
on biodiversity conservation. This is
achieved through annual calls for
research projects on Conservation
Biology, Biodiversity Conservation
awards, collaboration in a masters
course on natural protected areas
offered to Latin-american students
and professionals (BBVA
Foundation
\u2013 Carolina Foundation
scholarships), as well as the
organization of conference cycles
and publications on biodiversity
conservation. 
177
Bibliography Guide to the Frogs of Reserva Adolpho Ducke
Programa de
Pesquisa em
Biodiversidade
\u2013 PPBio
Program for
Biodiversity
Research
\u2013 PPBio
O programa de Pesquisa em Biodi-
versidade \u2013 PPBio (ppbio.inpa.gov.br)
é um programa do Ministério de
Ciência e Tecnologia \u2013 MCT
(www.mct.gov.br) que foi iniciado