Av 1 gabarito 60 questões PSICOLOGIA.docx
10 pág.

Av 1 gabarito 60 questões PSICOLOGIA.docx


DisciplinaEstatística e Psicologia232 materiais1.684 seguidores
Pré-visualização4 páginas
QUESTIONÁRIO PARA DIREITO
1 - Considerando-se os conhecimentos sobre as teorias da personalidade, definição, formação e estrutura da personalidade, é correto afirmar:
(V) A personalidade representa uma autoconstrução da individualidade mediante processos biológicos e psicológicos que, em interação dialética com o meio, transforma o indivíduo de maneira criadora e autocriadora, mediante a ação e a consciência.
(?) Uma das características fundamentais da natureza humana é a individualidade e, por natureza, os processos internos essenciais para a formação da personalidade são os fatores fisiológicos e hereditários.
 (V) A personalidade faz referência às particularidades pessoais duradouras, não patológicas e relevantes para o comportamento de um indivíduo em sociedade.
JUSTIFIQUE A(S) RESPOSTA(S) FALSA(S).
2 - Freud, em seus estudos, sustentava que a personalidade é estruturada em torno de três sistemas principais que interagem no sentido de administrar o comportamento humano: o id, o ego e o superego. De acordo com a teoria psicanalítica, cada estrutura desempenha uma função específica.
A partir dessas informações, pode-se afirmar:
( F ) Cabe ao superego mediar as demandas do id, as realidades do mundo e as exigências do ego, obedecendo, além disso, ao princípio da realidade.
J: cabe ao ego o papel de mediador.
( F ) Ao ego cabe julgar se as ações são corretas ou não, sendo ele a representação dos valores, das regras da sociedade, a parte racional, e se desenvolve em resposta às punições e às recompensas parentais.
J: cabe ao superego a representação dos valores, das regras ...
( V) O id contém os impulsos biológicos, sendo a estrutura da personalidade original, e funciona de acordo com o princípio de prazer.
JUSTIFIQUE A(S) RESPOSTA(S) FALSA(S).
3 - A psicologia da Gestalt foi formulada no final do século XIX, na Alemanha e Áustria. Os psicólogos gestálticos salientam a importância de perceber objetos e formas como um todo integrado. Seus principais representantes são Max Wertheimer, Wolfgang Köhler, Kurt Koffka e Kurt Lewinn. Com base nas informações e nos conhecimentos acerca da Gestalt, é possível concluir:
VERDADEIRO OU FALSO
(V) Gestalt é um termo alemão de difícil tradução. O termo mais próximo em português seria forma ou configuração.
(V) A Percepção é o ponto de partida e também um dos temas centrais dessa teoria. 
(V) Insight é o termo que designa uma compreensão imediata, enquanto uma espécie de entendimento interno. 
4 - Uma jovem espera seu marido vir do trabalho para casa. O marido pode chegar mais cedo ou mais tarde, dependendo da demanda de tarefas a serem executadas no dia. O comportamento de olhar na janela é reforçado quando ela avista o marido. A apresentação do reforçador (a chegada do marido) que, por sua vez, é a ocasião para a emissão do conversar e namorar, não é afetada pelo número de vezes que a jovem olha na janela. O comportamento de olhar pela janela, emitido pela jovem, é mantido, nesse caso, por um esquema de: 
Reforço - termo utilizado pela Teoria Behaviorista. 
Inconsciente - termo utilizado pela Teoria Behaviorista.
Fechamento - termo utilizado pela Teoria Behaviorista.
Superego - termo utilizado pela Teoria Behaviorista.
Pré-consciente - termo utilizado pela Teoria Behaviorista.
5 - Hoje a Psicologia é definida como a ciência
do comportamento e dos processos mentais
do comportamento humano e dos processos mentais
da mente
da motivação, da emoção, da personalidade, do ajustamento e da anormalidade.
do comportamento e ajustamento
6- Objeto da Psicologia que corresponde à síntese singular e individual que cada indivíduo vai constituindo conforme vai se desenvolvendo, e vivenciando as experiências da vida social e cultural; ao mundo das ideias, significados e emoções construídos internamente pelo sujeito a partir de suas relações sociais, de suas vivências e de sua constituição biológica. Trata-se da 
											 (fCC - AL (ALERN) / ALERN / Psicologia / 2013)
exterioridade.
objetividade.
subjetividade.
circularidade.
representatividade.
7 - Se uma criança da escola primária tem experiências muito ruins na aula de educação física, porque o professor é rígido e insensível, ela pode aprender a arranjar desculpas para evitar a aula. [...] Quando a criança vai para o ginásio, o novo professor de ginástica pode ser gentil e cooperador, mas a criança aprendeu a dar tantas desculpas para evitar a aula de educação física que, mesmo diante do novo professor, a criança evita suas aulas. (BALDWIN; BALDWIN, 1986, p. 24).
De acordo com a situação evidenciada, a criança generaliza suas respostas de esquiva das aulas de Educação Física e isso dificulta a discriminação dos estímulos associados ao novo professor. Segundo a Escola BEHAVIORISTA como podemos explicar a ocorrência desse comportamento, o que levou a formação desse comportamento? Explique.
R: Como esse processo de Estímulo \u2013 Resposta foi sendo reforçado ao longo do tempo, a criança ficou condicionada a dar a mesma resposta (dar desculpa para evitar a aula) ao estímulo aula, por isso, mesmo com um novo professor ela não é capaz de dar uma resposta diferente.
8 - Imagine um homem jogando pôquer, confortavelmente acomodado em sua cadeira, preparando\u2011se para lançar sua próxima carta. Ele avalia minuciosamente a situação, faz sua jogada e comemora a vitória. Entretanto, nos dias subsequentes, não ganha uma rodada sequer, mas, mesmo assim, continua jogando. A análise da situação descrita permite afirmar que a insistência em jogar nos dias em que os lances não são seguidos de vitória pode ser explicada por um esquema de reforçamento, explique essa situação segundo a Teoria Behaviorista. 
R: O prazer da vitória faz com que o homem se sinta bem e queria senti-lo novamente. Desta forma que um cachorro realiza uma tarefa para receber um petisco, o homem joga almejando o prêmio. Este processo dentro da teoria Behaviorista é chamado de reforço positivo, ele aumenta a probabilidade de um comportamento pela presença (positividade) de uma recompensa (estímulo).
9 - Considerando-se as informações contidas em \u201cSe você receber um não, parta para outra. Considere como percalços do caminho. Os grandes paqueradores levam muitos \u2018nãos\u2019, mas ganham fama por não desistir no primeiro\u201d, pode-se afirmar que o principal efeito comportamental do esquema de reforçamento que mantém o comportamento de paquerar é a saciação. Verdadeiro ou falso? Explique esse comportamento segundo a Teoria Behaviorista. 
R: Verdadeiro. Também podemos explicar com base no reforço positivo, ele aumenta a probabilidade de um comportamento pela presença (tentativas) de uma recompensa (estímulo \u2013 o \u201cSIM\u201d).
10 - Na concepção gestaltista, antes do insight ocorrer, o organismo não precisa ter a capacidade de ver as relações entre os vários elementos do problema, já que, como Köhler interpretou, basta haver a percepção dos estímulos isolados para que o insight seja possível. Verdadeiro ou falso? Explique sua resposta de acordo com a Teoria Gestaltista. 
R: Falso. Para os psicólogos dessa linha teórica, toda percepção é uma gestalt, um todo que não pode ser compreendido pela separação em partes, logo, os estímulos isolados não são capazes de gerar o insight.
11 - Entendem-se como psicólogos jurídicos:
apenas os psicólogos forenses que tenham trabalhado junto à promotoria, acompanhando casos de crianças e adolescentes de famílias em litígio.
somente aqueles que exercem sua prática profissional nas Varas de Família, assessorando juízes.
somente aqueles que exercem sua prática profissional nas Varas de I nfância e Juventude, assessorando o magistrado.
não só aqueles que procedem avaliações como peritos concursados e internos ao Fórum, mas também os assistentes sociais que tenham participado do trabalho interprofissional da equipe.
não só aqueles que exercem sua prática profissional nos tribunais, mas também os que trabalham com questões diretamente relacionadas ao sistema da Justiça.
12 - Julgue o item