ROTINAS DE ADMINISTRAÇÃO DE PESSOAL aula 2
3 pág.

ROTINAS DE ADMINISTRAÇÃO DE PESSOAL aula 2


DisciplinaRotinas de Administração de Pessoal (folha)557 materiais3.289 seguidores
Pré-visualização1 página
ROTINAS DE ADMINISTRAÇÃO DE PESSOAL
AULA II
CONCEITO DE FOLHA DE PAGAMENTO. CONCEITOS DE BASE E INCIDÊNCIA, E O CÁLCULO DE BASES. TABELAS DO INSS, SALÁRIO FAMÍLIA, FGTS E DO IRRF
Aspectos legais
O uso da Folha de Pagamento é obrigatório para o empregador, conforme preceitua a Lei 8.212/91, art. 32, inciso I, da CLT. Nela são registrados mensalmente:
Todos os proventos: verbas pagas relativas à remuneração e outros valores a creditar ao empregado;
Os descontos: verbas de natureza legal, que serão deduzidas do pagamento, e outros valores a descontar dos empregados.
A Folha deve ficar à disposição da fiscalização, das auditorias interna e externa e estar sempre pronta para oferecer as informações necessárias ao funcionamento da empresa. Lembramos que as empresas têm até o 5º dia útil do mês subsequente ao de referência para efetuar o pagamento de seus empregados, se o pagamento for mensal, e até o 5º dia subsequente, se o pagamento for semanal ou quinzenal.
Exemplos de proventos:
Salário;
Comissões;
Prêmios;
Adicionais;
Horas extras, etc.
Exemplos de descontos:
De natureza legal (INSS, IRRF, etc);
Estornos de pagamento;
Outros valores.
INSS \u2013 Instituto Nacional do Seguro Social:
Responsável por pagar todos os benefícios previdenciários, como aposentadorias, pensões, licenças por doença e por acidente de trabalho, auxílios diversos etc.
CAIXA \u2013 Caixa Econômica Federal:
Responsável por administrar todas as contas de FGTS do país, recebendo os depósitos das empresas, mantendo as contas dos empregados e efetuando o pagamento dos saques, entre outras atribuições.
RFB \u2013 Receita Federal Do Brasil:
Responsável por arrecadar os valores descontados de Imposto de Renda Retido na Fonte (IRRF) e as contribuições previdenciárias dos empregados e das empresas (INSS), e processar todas as declarações anuais de Imposto de Renda.
Verba
Podemos conceituar como verba todo valor pago ou descontado no contracheque/holerite de pagamento de um empregado. No entanto, encontramos outros termos que atendem ao mesmo conceito, tais como parcela, item etc.
Incidência
É um indicador de que uma determinada verba paga ou descontada de um empregado está incluída na lista de pagamentos ou descontos válidos de um determinado regulamento.
Assim, o INSS tem um Regulamento determinando que verbas pagas ou descontadas irão participar do cálculo do desconto, e as verbas Comissões, Salário e DSR/RSR constam no regulamento do INSS como verbas que devem participar do cálculo do desconto de previdência do empregado.  
Observações Importantes:
Proventos que formam base de incidências para descontos do INSS e IRRF e para depósitos para o FGTS:
Salário 
Comissões
Horas Extras
Adicionais (noturno, insalubridade e periculosidade)
Prêmios
Gratificações
DSR/RSR
Adicionais por tempo de serviço (anuênio, triênio e quinquênio)
O salário família não forma base de incidência nem para descontos do INSS e IRRF e para depósito do FGTS. A Participação nos Lucros não forma base de incidência para desconto do INSS e depósito do FGTS.
TABELA INSS
	Tabela para Empregado, Empregado Doméstico e Trabalhador Avulso
	Salário de Contribuição (R$)
	Alíquota (%)
	Até R$ 1.556,94
	8
	De R$ 1.556,95 a R$ 2.594,92
	9
	De R$ 2.594,93 até R$ 5.189,82
	11