Guia de Aves da Planicie Alagável do Alto Rio Paraná
299 pág.

Guia de Aves da Planicie Alagável do Alto Rio Paraná


DisciplinaEcologia4.594 materiais43.204 seguidores
Pré-visualização39 páginas
em võo
Aves da planície alagável do alto rio Paraná
APODIDAE136
**Tachornis squamata
Tesourinha,
andorinhão-do-buriti
(Fork-tailed Palm-
Swift)
Tamanho: 13 cm, 12 g
Subsistema: Baía
Hábitat: florestas com
palmeiras
(frequentemente
buritizais), florestas
ripárias e zonas
arbustivas.
Alimentação: insetos capturados no ar
Espécies registradas
TROCHILIDAE 137
TROCHILIDAE
Beija-flores. Possuem colorido iridescente; têm grande
capacidade de deslocamento em qualquer direção. São
importantes polinizadores de muitas espécies de plantas.
Ninhos em árvores ou arbustos; põem 2 ovos brancos.
Sexos com cores bem diferentes em algumas espécies.
Predominatemente nectarívoros. Oito espécies registradas.
Phaethornis pretrei
Rabo-branco-
acanelado
(Planalto Hermit)
Tamanho: 12-15 cm,
4-5,5 g
Subsistema: Paraná,
Baía e Ivinhema
Hábitat: zonas
arbustivas e bordas de
florestas,
principalmente as
ciliares
Alimentação: principalmente néctar, mas também artrópodes
pequenos capturados no ar, na vegetação ou em teias de aranhas
Aves da planície alagável do alto rio Paraná
TROCHILIDAE138
**Florisuga fusca
Beija-flor-preto
(Black Jacobin)
amanho: 9-13 cm,
 7-9 g
Subsistema: Paraná e
Ivinhema
Hábitat: bordas de
floresta, zonas
arbustivas e áreas
abertas
Alimentação:
principalmente néctar,
mas também artrópodes pequenos capturados no ar, na
vegetação ou em teias de aranhas
**Eupetomena macroura
Beija-flor-tesoura
(Swallow-tailed
Hummingbird)
Tamanho: 15-18 cm,
6-9 g
Subsistema: Paraná e
Ivinhema
Hábitat: bordas de
floresta, várzeas, áreas
abertas e zonas
arbustivas
Alimentação:
principalmente néctar, mas também artrópodes pequenos
capturados no ar, na vegetação ou em teias de aranhas
Espécies registradas
TROCHILIDAE 139
Chlorostilbon lucidus
Besourinho-de-bico-
vermelho
(Glittering-bellied
Emerald)
Tamanho: 7-10,5 cm,
3,5-4,5 g
Subsistema: Paraná e
Ivinhema
Hábitat: várzeas, áreas
abertas, zonas
arbustivas e bordas de
florestas
Alimentação: néctar de diversas flores, além de artrópodes
pequenos
Anthracothorax nigricollis
Beija-flor-de-veste-
preta
(Black-throated
Mango)
Tamanho: 9-12 cm,
6-9 g
Subsistema: Paraná e
Ivinhema
Hábitat: zonas
arbustivas e bordas de
florestas
Alimentação: néctar
principalmente de árvores altas e trepadeiras, mas também
outras flores ; também captura insetos voadores pequenos,
muitas vezes acima da copa das árvores
Aves da planície alagável do alto rio Paraná
TROCHILIDAE140
Hylocharis chrysura
Beija-flor-dourado
(Gilded
Hummingbird)
Tamanho: 8-10,5 cm,
4-4,6 g
Subsistema: Paraná,
Baía e Ivinhema
Hábitat: bordas de
florestas, várzeas,
áreas abertas e zonas
arbustivas
Alimentação:
principalmente néctar, mas também artrópodes pequenos
capturados no ar, na vegetação ou em teias de aranhas
Thalurania glaucopis
Beija-flor-de-fronte-
violeta
(Violet-capped
Woodnymph)
Tamanho: 8-12 cm,
4-5 g
Subsistema: Paraná
Hábitat: zonas
arbustivas, interior e
bordas de florestas
Alimentação:
principalmente néctar,
mas também artrópodes pequenos capturados no ar, na
vegetação ou em teias de aranhas
Espécies registradas
TROCHILIDAE 141
Polytmus guainumbi
Beija-flor-de-bico-
curvo
(White-tailed
Goldenthroat)
Tamanho: 8-11 cm,
4,5-5 g
Subsistema: Ivinhema
Hábitat: várzeas,
zonas arbustivas e
áreas abertas perto da
água
Alimentação:
principalmente néctar, mas também artrópodes pequenos
Aves da planície alagável do alto rio Paraná
TROGONIDAE142
TROGONIDAE
Surucuás. Possuem plumagem colorida e exuberante,
cauda longa e graduada. Geralmente solitários ou aos
casais. Ninhos em ocos de árvores, cupinzeiros ou
vespeiros abandonados; põem de 2 a 4 ovos brancos,
amarelos ou azulados. Sexos com alguma diferença na
coloração. Onívoros. Duas espécies registradas.
Trogon surrucura
Surucuá-variado
(Surucua Trogon)
Tamanho: 24-26 cm, 73 g
Subsistema: Paraná, Baía e
Ivinhema
Hábitat: interior e bordas de
florestas
Alimentação: larvas, grilos,
aranhas, cigarras, cupins,
formigas voadoras e frutos
apanhados a partir de poleiros
Espécies registradas
TROGONIDAE 143
Trogon rufus
Surucuá-de-barriga-
amarela
(Black-throated
Trogon)
Tamanho: 23-25 cm,
48-57 g
Subsistema: Paraná
Hábitat: interior e
borda de florestas
Alimentação:
principalmente
insetos, como
besouros, grilos e lagartas, além de frutos
Aves da planície alagável do alto rio Paraná
ALCEDINIDAE144
ALCEDINIDAE
Martins-pescadores. Habitam ambientes aquáticos.
Apresentam morfologia homogênea, mas tamanho bem
variado. Possuem bico robusto e relativamente grande,
além de asas adaptadas ao mergulho, que é a forma como
obtém a maior parte do alimento. Nidificam em barrancos;
põem de 2 a 4 ovos brancos. Grau de dimorfismo sexual
varia entre as espécies. Piscívoros. Três espécies
registradas.
Ceryle torquatus
Martim-pescador-
grande
(Ringed Kingfisher)
Tamanho: 36-45 cm,
254-330 g
Subsistema: Paraná,
Baía e Ivinhema
Hábitat: ambientes
aquáticos com árvores
circundantes que
servem como poleiro
Alimentação:
principalmente peixes com até cerca de 20 cm de comprimento,
mas também anfíbios, répteis e insetos capturados em
mergulhos rasos a partir de poleiros ou peneirando sobre a água
Espécies registradas
ALCEDINIDAE 145
Chloroceryle amazona
Martim-pescador-
verde
(Amazon Kingfisher)
Tamanho: 26-35 cm,
98-140 g
Subsistema: Paraná,
Baía e Ivinhema
Hábitat: ambientes
aquáticos com árvores
circundantes que
servem como poleiro
Alimentação: peixes e
crustáceos capturados em mergulhos rasos a partir de poleiros
ou peneirando sobre a água
Chloroceryle americana
Martim-pescador-
pequeno
(Green Kingfisher)
Tamanho: 17-22 cm,
29-55 g
Subsistema: Paraná,
Baía e Ivinhema
Hábitat: ambientes
aquáticos com
vegetação circundante
densa
Alimentação: peixes
pequenos, crustáceos, moluscos, libélulas e formigas capturados
em mergulhos rasos a partir de poleiros ou entre a vegetação
Aves da planície alagável do alto rio Paraná
MOMOTIDAE146
MOMOTIDAE
Juruvas e udus. Possuem bico forte e curvo com serrilhado
na borda, cauda longa e plumagem muito colorida,
predominando o verde. Nidificam em buracos nos
barrancos ou diretamente no solo; põem ovos brancos
brilhantes. Sexos semelhantes. Onívoros. Duas espécies
registradas.
Baryphthengus ruficapillus
Juruva-verde
(Rufous-capped
Motmot)
Tamanho: 38-45cm,
140-151g
Subsistema: Paraná
Hábitat: interior e
bordas de florestas
Alimentação:
insetos (larvas e
adultos) e outros
artrópodes grandes,
moluscos terrestres, répteis, aves, mamíferos pequenos e
frutos
Espécies registradas
MOMOTIDAE 147
Momotus momota
Udu-de-coroa-azul
(Blue-crowned
Motmot)
Tamanho: 38-44 cm,
120-160 g
Subsistema: Ivinhema
Hábitat: interior e
bordas de florestas,
várzeas e zonas
arbustivas com árvores
esparsas
Alimentação: centopéias, moluscos terrestres, minhocas, insetos,
répteis, aves, mamíferos pequenos e frutos, geralmente
capturados a partir de um poleiro
Aves da planície alagável do alto rio Paraná
GALBULIDAE148
GALBULIDAE
Bicos-de-agulha. Parecem grandes beija-flores, possuindo
bico fino e muito longo, cauda graduada relativamente
longa e coloração predominantemente verde brilhante.
Ninhos em buracos em barrancos argilosos e arenosos;
põem de 2 a 4 ovos brancos. Sexos semelhantes.
Insetívoros. Uma espécie registrada.
Galbula ruficauda
Ariramba-de-cauda-ruiva, bico-
de-agulha
(Rufous-tailed Jacamar)
Tamanho: 19-25 cm, 18-28 g
Subsistema: Paraná e Ivinhema
Hábitat: zonas arbustivas,
interior e bordas de florestas
próximos aos corpos d\u2019água
Alimentação: insetos
capturados em vôo, a partir de
um poleiro de baixa a média
altura
Espécies registradas
BUCCONIDAE 149
BUCCONIDAE
João-bobo,