Guia de Aves da Planicie Alagável do Alto Rio Paraná
299 pág.

Guia de Aves da Planicie Alagável do Alto Rio Paraná


DisciplinaEcologia4.580 materiais43.101 seguidores
Pré-visualização39 páginas
Ivinhema
Hábitat: bordas de florestas e
zonas arbustivas
Alimentação: vários insetos,
incluindo besouros, moscas,
formigas e outros artrópodes
apanhados na vegetação,
próximo ao solo;
ocasionalmente, alguma matéria
vegetal
*Thamnophilus caerulescens
Choca-da-mata
(Variable Antshrike)
Tamanho: 14-16 cm,
15-24 g
Subsistema: Paraná e
Ivinhema
Hábitat: interior e
bordas de florestas
Alimentação:
principalmente
insetos, incluindo
borboletas e mariposas, larvas, percevejos, besouros, grilos e
outros artrópodes, como aranhas; eventualmente também
sementes e pequenos frutos
Aves da planície alagável do alto rio Paraná
THAMNOPHILIDAE162
Herpsilochmus longirostris
Chorozinho-de-bico-
comprido
(Large-billed Antwren)
Tamanho: 12-14 cm,
10-14 g
Subsistema: Paraná e
Baía
Hábitat: interior e
bordas de florestas
ciliares
Alimentação: insetos e
outros artrópodes,
incluindo adultos e larvas de borboletas e grilos capturados
entre a folhagem
*Dysithamnus mentalis
Choquinha-lisa
(Plain Antvireo)
Tamanho: 10-12 cm,
12-14 g
Subsistema: Paraná
Hábitat: interior e
bordas de florestas
Alimentação: grande
variedade de insetos,
incluindo adultos e
larvas de besouros e
borboletas, cupins,
formigas e outros artrópodes capturados abaixo da copa das
árvores e nos arbustos; costuma forragear associado a bandos
mistos de aves
Espécies registradas
THAMNOPHILIDAE 163
Formicivora rufa
Papa-formiga-
vermelho
(Rusty-backed
Antwren)
Tamanho: 12-13 cm,
9-14 g
Subsistema: Baía e
Ivinhema
Hábitat: zonas
arbustivas e várzeas
secas
Alimentação: vários
insetos como besouros, grilos e outros artrópodes capturados
entre os arbustos
Herpsilochmus rufimarginatus
Chorozinho-de-asa-
vermelha
(Rufous-winged
Antwren)
Tamanho: 10-12,5 cm,
10-12,5 g
Subsistema: Paraná
Hábitat: interior e
bordas de florestas
Alimentação: vários
insetos, incluindo
larvas de borboletas, grilos, besouros e outros artópodes, como
aranhas; eventualmente também pequenos frutos
Aves da planície alagável do alto rio Paraná
THAMNOPHILIDAE164
*Pyriglena leucoptera
Papa-taoca-do-sul
(White-shouldered
Fire-eye)
Tamanho: 16-18 cm,
25-34 g
Subsistema: Paraná
Hábitat: interior e
bordas de florestas
Alimentação: vários
insetos, como grilos,
besouros, formigas e
outros artrópodes,
como aranhas; também pequenos lagartos
Espécies registradas
CONOPOPHAGIDAE 165
CONOPOPHAGIDAE
Chupa-dente, cuspidores. Encontrados principalmente na
América do Sul. Pequeno porte; predominantemente
florestais, habitam o estrato inferior da mata. Pescoço e
cauda curtos, perna e dedos longos. Ninho em forma de
tigela, na vegetação a pouca altura; põem dois ovos.
Insetívoras. Uma espécie registrada.
*Conopophaga lineata
Chupa-dente
(Rufous Gnateater)
Tamanho: 11,5-14 cm,
16-27 g
Subsistema: Paraná e
Ivinhema
Hábitat: interior e
bordas de florestas
Alimentação:
principalmente
pequenos insetos e
outros artrópodes
capturados na folhagem próxima ao solo e serrapilheira e,
ocasionalmente, pequenos vertebrados e frutos
Aves da planície alagável do alto rio Paraná
DENDROCOLAPTIDAE166
DENDROCOLAPTIDAE
Arapaçus. Aves que escalam troncos de árvores onde
capturam suas presas (lembram pica-paus, mas não batem o
bico no tronco para capturar as presas). Fazem ninhos em
ocos de árvores; põem de 2 a 4 ovos brancos. Vozes fortes;
machos e fêmeas semelhantes; coloração homogênea
(predomina o marrom), bico usado par capturar insetos sobre
a casca e frestas dos troncos e galhos de árvores, bem como
em epífitas (como bromélias). Cinco espécies registradas.
Sittasomus griseicapillus
Arapaçu-verde
(Olivaceous Woodcreeper)
Tamanho: 13-19,5 cm, 9-19 g
Subsistema: Paraná e Ivinhema
Hábitat: interior e bordas de
florestas
Alimentação: principalmente
artrópodes, como formigas,
cupins, besouros, larvas,
pseudoescorpiões e aranhas
capturados no tronco das
árvores
Espécies registradas
DENDROCOLAPTIDAE 167
Xiphocolaptes albicollis
Arapaçu-de-garganta-branca
(White-throated Woodcreeper)
Tamanho: 27-33 cm, 110-130 g
Subsistema: Paraná e Ivinhema
Hábitat: interior e bordas de
florestas
Alimentação: principalmente
artrópodes, além de ovos de
outras aves e ocasionalmente
pequenos vertebrados
Dendrocolaptes platyrostris
Arapaçu-grande
(Planalto Woodcreeper)
Tamanho: 25-29 cm, 55-69 g
Subsistema: Paraná e Ivinhema
Hábitat: interior e bordas de
florestas
Alimentação: principalmente
artrópodes, como aranhas,
formigas, besouros e suas
larvas, grilos, moscas, mas
também pequenos vertebrados e
ocasionalmente matéria vegetal
Aves da planície alagável do alto rio Paraná
DENDROCOLAPTIDAE168
Lepidocolaptes angustirostris
Arapaçu-de-cerrado
(Narrow-billed
Woodcreeper)
Tamanho: 18-22 cm,
23-39,5 g
Subsistema: Paraná,
Baía e Ivinhema
Hábitat: bordas de
florestas, várzeas,
zonas arbustivas e
áreas abertas com a
presença de árvores
Alimentação: grande variedade de artrópodes e outros
invertebrados, mas também pequenos vertebrados
Campylorhamphus trochilirostris
Arapaçu-beija-flor
(Red-billed Scythebill)
Tamanho: 21-29 cm, 30-55 g
Subsistema: Paraná e Ivinhema
Hábitat: bordas de florestas,
zonas arbustivas e áreas abertas
com a presença de árvores
Alimentação: principalmente
artrópodes, como aranhas e
insetos capturados com seu bico
longo em forma de pinça
Espécies registradas
FURNARIIDAE 169
FURNARIIDAE
João-de-barro, barranqueiros. Ocupam diversos ambientes.
Fazem ninhos muito elaborados e com diversos formatos;
põem de 2 a 5 ovos brancos. Vozes fortes em várias
espécies; machos e fêmeas de algumas espécies cantam
em dueto. Sexos semelhantes; coloração homogênea, com
predominância de marrom. Insetívoros. Oito espécies
registradas.
Furnarius rufus
João-de-barro
(Rufous Hornero)
Tamanho: 16-23 cm, 31-65 g
Subsistema: Paraná, Baía e
Ivinhema
Hábitat: bordas de florestas,
zonas arbustivas e áreas abertas
com árvores
Alimentação: artrópodes como
besouros, borboletas, formigas,
larvas e aranhas, bem como
outros invertebrados como
caracóis, lesmas capturados
enquanto caminha no chão e,
mais raramente, em troncos e
galhos
Aves da planície alagável do alto rio Paraná
FURNARIIDAE170
*Synallaxis ruficapilla
Pichororé
(Rufous-capped
Spinetail)
Tamanho: 13-17 cm,
12-16 g
Subsistema: Ivinhema
Hábitat: bordas de
florestas e zonas
arbustivas
Alimentação:
presumivelmente
insetos e outros
artrópodes
Synallaxis frontalis
Petrim
(Sooty-fronted
Spinetail)
Tamanho: 14-16 cm,
11-17 g
Subsistema: Paraná,
Baía e Ivinhema
Hábitat: entre a
vegetação mais densa
nas zonas arbustivas e
bordas de florestas
Alimentação:
artrópodes e outros invertebrados
Espécies registradas
FURNARIIDAE 171
Cranioleuca vulpina
Arredio-do-rio
(Rusty-backed Spinetail)
Tamanho: 15-16 cm, 16 g
Subsistema: Paraná, Baía e
Ivinhema
Hábitat: bordas de florestas
ciliares e zonas arbustivas às
margens dos corpos d\u2019água
Alimentação: artrópodes, como
besouros, borboletas e suas
larvas, capturados entre as
folhas
Certhiaxis cinnamomeus
Curutié
(Yellow-chinned
Spinetail)
Tamanho: 13-17 cm,
13-17 g
Subsistema: Paraná,
Baía e Ivinhema
Hábitat: ambientes
aquáticos com
vegetação e várzeas
alagadas
Alimentação:
besouros, borboletas, larvas, libélulas, cupins, aranhas e
pequenos caranguejos capturados junto à vegetação aquática
Aves da planície alagável do alto rio Paraná
FURNARIIDAE172
Phacellodomus ruber
Graveteiro, Garrinchão
(Greater Thornbird)
Tamanho: 18-21 cm,
35-51 g
Subsistema: Paraná,
Baía e Ivinhema
Hábitat: bordas de
florestas e zonas
arbustivas, sempre às
margens dos corpos
d\u2019água
Alimentação:
artrópodes, como formigas e besouros capturados na vegetação
densa desde o solo até próximo a copa
Automolus leucophthalmus
Barranqueiro-de-olho-