Engenharia   Uma breve introdução
258 pág.

Engenharia Uma breve introdução


DisciplinaCiências4.400 materiais268.080 seguidores
Pré-visualização50 páginas
NNNNNNNNuuuuuuuucccccccclllllllleeeeeeeeaaaaaaaarrrrrrrr 
O engenheiro nuclear das próximas décadas terá oportunidades nas seguintes 
áreas: 
! Interação da radiação com a matéria 
! Instrumentação e Controle 
! Análise de Reatores 
! Fusões controladas 
! Gerenciamento de combustíveis 
! Conversão de Energia 
! Reatores de fissão 
! Aplicações computacionais 
! Meio Ambiente 
! Economia 
 
26 A \u201ccriação\u201d da energia, é uma palavra que não está de acordo com os princípios da termodinâmica. Aparentemente, a energia 
não pode ser criada nem consumida, mas sim transformada. O único evento conhecido (?) que não está de acordo são os buracos 
negros, onde que funcionam como verdadeiros sumidouros de matéria, sem a correspondente criação de energia. 
\ufffd
\ufffd
\ufffd
\ufffd
\ufffd\ufffd
\ufffd\ufffd
\ufffd
\ufffd
A E N G E N H A R I A E L É T R I C A 
Engenharia - Uma Breve Introdução \u2013 Cocian L.F.E. 150150150150 
! Aplicações de Radioisótopos 
! Processos Legais 
! Materiais 
! Manufatura e Vendas 
! Padrões de Aferição 
! Segurança 
! Construção 
! Administração 
! Equipamentos Eletromédicos 
! Indústria farmacêutica 
88888888........1111111155555555........33333333........ PPPPPPPPrrrrrrrreeeeeeeeppppppppaaaaaaaarrrrrrrraaaaaaaaççççççççããããããããoooooooo nnnnnnnnaaaaaaaa EEEEEEEEnnnnnnnnggggggggeeeeeeeennnnnnnnhhhhhhhhaaaaaaaarrrrrrrriiiiiiiiaaaaaaaa NNNNNNNNuuuuuuuucccccccclllllllleeeeeeeeaaaaaaaarrrrrrrr 
Uma vez que a engenharia nuclear 
está baseada numa base sólida de matemática, 
ciências e engenharia, o engenheiro nuclear 
deverá estudar os conteúdos comuns aos 
demais estudantes de engenharia. Estes 
incluem as áreas da matemática, química e 
física. Também devem ser incluídos os 
conteúdos de mecânica dos sólidos, 
termodinâmica, transferência de calor, 
natureza e propriedades dos materiais, 
fenômenos eletromagnéticos, mecânica dos 
fluidos e transferência de massa. Assim que o 
seu estudo progredir, o estudante deverá 
efetuar estudos em matemática avançada, 
ciências da engenharia e em física atômica e 
nuclear, focada na análise, síntese, projeto e 
utilização de sistemas nucleares. 
O currículo da engenharia nuclear usualmente inclui a análise e projeto de 
sistemas que tratam com a interação da radiação na matéria, medições de radiação, 
produção e utilização de radioisótopos, física e engenharia de reatores, reatores e 
materiais de fusão. Muitos desses tópicos são tratados na sala de aula e nos 
laboratórios. Ênfase especial é dada na segurança da manipulação das fontes de 
radiação, e na análise segura de sistemas nucleares. 
88888888........1111111155555555........44444444........ OOOOOOOOssssssss EEEEEEEEnnnnnnnnggggggggeeeeeeeennnnnnnnhhhhhhhheeeeeeeeiiiiiiiirrrrrrrroooooooossssssss NNNNNNNNuuuuuuuucccccccclllllllleeeeeeeeaaaaaaaarrrrrrrreeeeeeeessssssss 
Os engenheiros nucleares projetam, desenvolvem e controlam plantas que 
utilizam energia nuclear para fins médicos, ou de geração de energia elétrica. 
TTIIPPOO DDEE TTRRAABBAALLHHOO DDOOSS EENNGGEENNHHEEIIRROOSS NNUUCCLLEEAARREESS 
Os engenheiros nucleares pesquisam e desenvolvem os processos, 
instrumentos e sistemas utilizados para tirar proveito da energia nuclear e da radiação. 
Eles projetam, desenvolvem, monitoram e operam plantas nucleares utilizadas para 
gerar energia elétrica. Eles podem trabalhar no ciclo de produção de combustível, na 
 
 
Figura 8-59 - Sistemas de apoio ao diagnóstico 
médico 
\ufffd
\ufffd
\ufffd
\ufffd
\ufffd\ufffd
\ufffd\ufffd
\ufffd
\ufffd
A E N G E N H A R I A E L É T R I C A 
Engenharia - Uma Breve Introdução \u2013 Cocian L.F.E. 151151151151 
manipulação e no uso de combustíveis nucleares, e no armazenamento seguro dos 
resíduos produzidos como resultado da fissão ou fusão nuclear. Alguns se 
especializam no desenvolvimento de fontes de energia nuclear para naves espaciais; 
outros na pesquisa da utilização de materiais radioativos na indústria e na medicina, 
tais como equipamentos de diagnostico e tratamento de problemas de saúde. 
EEMMPPRREEGGOOSS DDOOSS EENNGGEENNHHEEIIRROOSS NNUUCCLLEEAARREESS 
Os engenheiros nucleares são contratados na sua grande maioria, por empresas 
de geração de energia, seguidos de firmas de consultoria e em menor quantidade em 
agências de governo27. 
PPEERRSSPPEECCTTIIVVAASS PPRROOFFIISSSSIIOONNAAIISS DDOOSS EENNGGEENNHHEEIIRROOSS NNUUCCLLEEAARREESS 
Boas oportunidades esperam aos 
engenheiros nucleares devido ao pequeno 
número de graduados nesta área em 
particular. É projetado um aumento nos 
postos de trabalho, devido à transferência de 
engenheiros para as áreas de gestão e daqueles 
que deixam a força de trabalho. 
Serão necessários engenheiros 
nucleares para operar as plantas nucleares 
existentes, para desenvolver e manter os 
equipamentos tecnológicos da área médica, e 
para melhorar o tratamento de resíduos e na 
elaboração de normas de segurança. 
SSAALLÁÁRRIIOOSS DDOOSS EENNGGEENNHHEEIIRROOSS NNUUCCLLEEAARREESS 
A media de salário anual dos engenheiros nucleares no ano 2000, nos EUA, foi 
de US$79360. O 50% dos engenheiros que ganharam em torno da média, receberam 
entre US$67590 e US$89310. O 10% dos engenheiros com menores salários 
receberam menos de US$58030, e o 10% com maiores salários, receberam mais de 
US$105930. 
888...111666... FFFooonnnttteeesss dddeee IIInnnfffooorrrmmmaaaçççõõõeeesss AAAdddiiiccciiiooonnnaaaiiisss nnnaaa 
EEEnnngggeeennnhhhaaarrriiiaaa EEElllééétttrrriiicccaaa 
! ANSI: American National Standards Institute - http://www.ansi.org/ 
! IEEE: Institute of Electrical and Electronics Engineers - 
http://www.ieee.org/ 
! IEEE Computer Society - http://www.computer.org/ 
! IEEE Power Engineering Society - 
http://www.ieee.org/power/power.html 
! IEE: Institution of Electrical Engineers - 
 
27 Na América do Sul, somente dois paises possuem centrais de geração termonuclear, sendo estas Atucha I e II na Argentina, e 
Angra I, II e III, no Brasil. 
Figura 8-60 - Antenas para links de 
microondas 
 
\ufffd
\ufffd
\ufffd
\ufffd
\ufffd\ufffd
\ufffd\ufffd
\ufffd
\ufffd
A E N G E N H A R I A E L É T R I C A 
Engenharia - Uma Breve Introdução \u2013 Cocian L.F.E. 152152152152 
http://www.iee.org.uk/ 
! ISA: International Society for Measurement and Control - 
http://www.isa.org/ 
! NEMA: National Electrical Manufacturers Association - 
http://www.nema.org/ 
! ABINEE \u2013 Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica \u2013 
www.abinee.org.br 
 
 
\ufffd
\ufffd
\ufffd
\ufffd
\ufffd\ufffd
\ufffd\ufffd
\ufffd
\ufffd
A E N G E N H A R I A I N D U S T R I A L 
Engenharia - Uma Breve Introdução \u2013 Cocian L.F.E. 153153153153 
99999999........ AAAAAAAA EEEEEEEEnnnnnnnnggggggggeeeeeeeennnnnnnnhhhhhhhhaaaaaaaarrrrrrrriiiiiiiiaaaaaaaa IIIIIIIInnnnnnnndddddddduuuuuuuussssssssttttttttrrrrrrrriiiiiiiiaaaaaaaallllllll 
Os engenheiros industriais são as \u201cpessoas produtivas\u201d que integram tecnologia 
com liderança. A integração de tecnologia inclui o fator humano e a busca de 
soluções efetivas e viáveis, aos problemas de produção, para manter altos padrões de 
qualidade. 
Nenhum desafio é grande o suficiente para melhorar a produtividade \u2013 a 
aplicação do conhecimento e das habilidades para fornecer bens e serviços cada vez 
melhores, para melhorar a qualidade de vida, dentro e fora do trabalho. Tudo isto 
deve ser feito sem desperdício dos recursos humanos e físicos, enquanto se mantém o 
equilíbrio ambiental. Para continuar a satisfazer as necessidades e desejos da 
humanidade, a taxa de melhoria de aperfeiçoamento da produtividade deve ser maior 
que o aumento do custo. A falha na execução desta tarefa pode contribuir à inflação, 
recessão e oscilações econômicas mundiais.