caderno de questoes lei 811290 140305072714 phpapp02
338 pág.

caderno de questoes lei 811290 140305072714 phpapp02


DisciplinaLei 8112/90158 materiais1.571 seguidores
Pré-visualização50 páginas
cinco anos de efetivo exercício e que nunca gozou de qualquer licença, teve seu pedido indeferido sob a alegação de que não havia interesse administrativo na concessão dessa licença.Considerando essa situação hipotética, julgue os itens subsequentes.
Cespe
71
Questões
557. (Cespe Analista Administrativo Anvisa 2007) O referido indeferimento é ilegal, pois a concessão de licença para tratar de interesse é direito de todo servidor que conta com três anos de efetivo exercício, sendo, portanto, descabido o seu indeferimento por razões de interesse da administração.
558. (Cespe Analista Administrativo Anvisa 2007) O indeferimento da solicitação do servidor dispensava motivação expressa, por tratar-se de ato administrativo discricionário.
559. (Cespe Analista Administrativo Anvisa 2007) Um pedido de reconsideração acerca do referido indeferimento deveria ser dirigido à autoridade imediatamente superior à que indeferiu a solicitação do servidor.
560. (Cespe Técnico em Assuntos Educacionais MEC 2005) Independentemente de compensação de horário, será concedido horário especial ao servidor portador de deficiência, quando comprovada a necessidade por junta médica oficial.
561. (Cespe Técnico em Assuntos Educacionais MEC 2005) Constitui dever fundamental do servidor, previsto no Regime Jurídico dos Servidores públicos civis do Estado de Roraima, representar contra ilegalidade, omissão ou abuso de poder. No entanto, a representação deve ser encaminhada pela via hierárquica.
562. (Cespe Técnico em Assuntos Educacionais MEC 2005) No âmbito do Poder Executivo, não poderão ser instituídos incentivos funcionais, tais como concessão de medalhas, diplomas de honra ao mérito, condecoração e elogio, alem daqueles já previstos nos respectivos planos de carreira.Um servidor público estável, ocupante de cargo efetivo da administração direta em determinado Ministério Civil, já tinha incluído na sua remuneração o adicional de insalubridade. No segundo semestre de 2003, sob o argumento de que o seu trabalho o colocava em permanente risco de vida, situação que se mostrava verdadeira, o servidor requereu à autoridade competente o pagamento cumulativo dos adicionais de insalubridade e de periculosidade. Instado a optar por um dos dois adicionais, o servidor recusou-se a fazê-lo. O pedido foi então denegado. Após pedido de reconsideração e recurso às autoridades superiores, o pleito foi finalmente indeferido pelo ministro de Estado. Contra o ato do ministro de Estado, o servidor impetrou mandado de segurança perante o STJ.A respeito dessa situação hipotética, julgue os itens a seguir.
elyesley silva do nascimento
72
Lei nº 8.112/90 
563. (Cespe Analista Judiciário STJ 2004) É assegurado ao servidor público o direito de requerer aos poderes públicos, em defesa de direito ou interesse legitimo, devendo o requerimento ser dirigido à autoridade competente para decidi-lo e ser encaminhado por intermédio da autoridade a que estiver imediatamente subordinado o requerente. Da decisão proferida, cabem pedido de reconsideração à própria autoridade que houver expedido o ato e recurso à autoridade imediatamente superior a essa e, sucessivamente, em escala ascendente, às demais autoridades.
564. (Cespe Analista Judiciário STJ 2004) Na situação hipotética apresentada, o indeferimento do pleito está em consonância com o disposto no Regime Jurídico dos Servidores Públicos Civis da União, que estabelece expressamente que o servidor que fizer jus aos adicionais de insalubridade e de periculosidade deverá optar por um deles.
565. (Cespe Técnico Administrativo Previc 2011) Constitui dever do servidor cumprir as ordens superiores, mesmo quando manifestamente ilegais.
566. (Cespe Técnico Administrativo Previc 2011) A cortesia, a boa vontade, o cuidado e o tempo dedicados ao serviço público caracterizam o esforço pela disciplina. Tratar mal uma pessoa que paga seus tributos direta ou indiretamente significa causar-lhe dano moral. Da mesma forma, causar dano a qualquer bem pertencente ao patrimônio público, deteriorando-o, por descuido ou má vontade, não constitui apenas uma ofensa ao equipamento e às instalações ou ao Estado, mas a todos os homens de boa vontade que dedicaram sua inteligência, seu tempo, suas esperanças e seus esforços para construí-los.
567. (Cespe Técnico Administrativo em Educação 2011) Na hipótese de o servidor público praticar nepotismo sob sua chefia imediata, a penalidade atribuída pelo regime jurídico dos servidores federais, via de regra, é a suspensão pelo prazo de trinta dias.
568. (Cespe Técnico Administrativo em Educação 2011) A conversão da penalidade de suspensão em multa, na base de 50% por dia de vencimento ou remuneração, poderá ocorrer na hipótese de o servidor permanecer obrigatoriamente na repartição e quando houver conveniência para a prestação do serviço.
569. (Cespe Analista Judiciário Especialidades diversas STM 2011) Aplica-se suspensão em caso de reincidência de falta punida com advertência e de 
Cespe
73
Questõesviolação de proibição que não tipifique infração sujeita à penalidade de demissão, não podendo a suspensão exceder a noventa dias.
570. (Cespe Assistente em Administração IFB 2010) A pena de suspensão superior a noventa dias pode ser aplicada ao servidor que cometer infração disciplinar se o ato praticado for grave, causar sérios danos à administração e se incidirem circunstâncias agravantes.
571. (Cespe Analista Judiciário Área Administrativa TRT 21ª Região 
2010) Quando uma penalidade de suspensão é cancelada dos registros de um servidor, o cancelamento tem efeitos retroativos à data da sanção.
572. (Cespe Analista Especialista em Direito Inca 2010) O ato praticado pelo servidor público civil da União fora de seu local ou horário de trabalho pode ser considerado como infração funcional ensejador da abertura de processo administrativo disciplinar.
573. (Cespe Agente administrativo MPS 2010) É cabível aplicação de pena de demissão a servidor que atue de forma desidiosa, isto é, que apresente conduta negligente de maneira reiterada.
574. (Cespe Agente administrativo MPS 2010) Uma das hipóteses de aplicação da pena de suspensão é a reincidência em faltas punidas com a pena de advertência.
575. (Cespe Analista Judiciário Área Judiciária TRE-MT 2010) As penalidades de advertência e de suspensão terão seus registros cancelados, após o decurso de três e cinco anos de efetivo exercício, respectivamente, se o servidor não houver, nesse período, praticado nova infração disciplinar, mas o cancelamento não surtirá efeitos retroativos.
576. (Cespe Analista Judiciário Área Judiciária TRE-MT 2010) No caso de reincidência em faltas punidas com advertência, pode ser aplicada ao servidor efetivo a suspensão, limitada a sessenta dias.
577. (Cespe Analista Judiciário Área Judiciária TRE-MT 2010) A ação disciplinar prescreve em cinco anos quanto à suspensão.
578. (Cespe Analista Técnico Administrativo MS 2010) A ação disciplinar prescreverá em cinco anos quanto às infrações puníveis com demissão, suspensão, cassação de aposentadoria ou destituição de cargo em comissão, contados da data da consumação do fato.
elyesley silva do nascimento
74
Lei nº 8.112/90 
579. (Cespe Analista Judiciário Área administrativa TRE-BA 2010) É proibido ao servidor retirar, sem prévia anuência da autoridade competente, qualquer documento ou objeto da sua repartição.
580. (Cespe Técnico Judiciário Área Administrativa TRE-MT 2010) O servidor público é proibido de ausentar-se do serviço sem prévia autorização do chefe imediato.
581. (Cespe Técnico Judiciário Área Administrativa TRE-MT 2010) É cabível a aplicação da pena de demissão ao servidor que receber propina, comissão, presente ou vantagem de qualquer espécie.
582. (Cespe Exame de Ordem OAB-SP 2009) O servidor público detentor de cargo efetivo que seja demitido por lesão aos cofres públicos e dilapidação do patrimônio não pode mais retornar ao serviço público.
583. (Cespe Exame de Ordem OAB-SP
Bruna
Bruna fez um comentário
ASCENSÃO.
0 aprovações
Bruna
Bruna fez um comentário
esse gabarito esta correto? tem dizendo certo que ascenção e transferencia ainda estão vigentes na lei.
0 aprovações
Bruna
Bruna fez um comentário
E que a investidura ocorrerá com a nomeação .
0 aprovações
Carregar mais