Questionário 1 - 2013.1
2 pág.

Questionário 1 - 2013.1


DisciplinaDireito Tributário I20.459 materiais266.390 seguidores
Pré-visualização1 página
UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS - UFAL
FACULDADE DE DIREITO DE ALAGOAS \u2013 FDA
CURSO DE DIREITO
PERÍODO: 7º
DISCIPLINA : DIREITO TRIBUTÁRIO I
Prof. Dr. Manoel Cavalcante de Lima Neto
QUESTIONÁRIO REVISÃO
1. Segundo o sistema tributário nacional, quais as espécies de tributos existentes no Brasil?
2. Como se identifica a natureza jurídica de um tributo?
3. Como ocorre a partilha dos recursos de origem tributária no Brasil (federalismo fiscal)?
4. O que significa competência tributária? Cite um exemplo de competência comum?
5. Como se explica a função extrafiscal dos tributos?
6. A distribuição de receitas de tributo (de competência do Estado para o Município) afeta a competência?
7. Qual a diferença entre competência tributária e capacidade tributária ativa?
8. O que significa competência residual?
9. A competência tributária é facultativa ou obrigatória, segundo a doutrina majoritária?
10. Imposto é o tributo cuja obrigação tem por fato gerador uma situação dependente de uma atividade estatal específica, relativa ao contribuinte. É certa a assertiva?
11. É certo dizer que, de regra, a receita de imposto não pode ser vinculada a despesa específica?
12. Quando um imposto pode ser classificado por indireto?
13. Quais os fatos geradores do tributo denominado taxa?
14. A Lei nº 4.486/96, do Município de Maceió, prescreve que: "A taxa de licença para execução de obras particulares, arruamentos, loteamentos e habite-se é devida em todos os casos de construção, reconstrução, reforma, acréscimo, reparação, demolição de prédios, muros, calçadas e quaisquer tapumes. Qual a modalidade de taxa exposta na previsão legal?
15. Consoante a jurisprudência do STF, o serviço de iluminação pública pode ser remunerado mediante taxa?
16. A taxa não pode ter base de cálculo de imposto, assim como não pode utilizar em sua base de cálculo um elemento usado para cálculo de imposto, como a extensão da obra para a taxa de fiscalização de obras (elemento contido para aferição do IPTU) . É certa a afirmativa?
17. Qual a natureza jurídica do pedágio?
18. Segundo a Constituição Federal e a legislação infraconstitucional a Contribuição de Melhoria no Brasil adota o critério de custo?
19. Lei Complementar nº 128, de 23 de julho de 2012 \u2013 Art. 1º. É instituído, como medida complementar ao Programa de Estabilização Econômica, empréstimo compulsório para absorção temporária do excesso de poder aquisitivo.
Parágrafo único. O empréstimo compulsório será exigido dos consumidores de gasolina ou álcool para veículos automotores, bem como dos adquirentes de automóveis de passeio e utilitários. De acordo com a Constituição Federal é válido o tributo?
20. A União no exercício de sua competência pode instituir empréstimo compulsório sobre situações de fato ou de direito que estejam na competência dos Estados ou Municípios?
21. Um empréstimo compulsório foi instituído, em 30/07/2011, pela justificação de investimento público de caráter urgente e de relevante interesse nacional, sendo exigido a partir de 01/08/2011. A exigência está em consonância com a Constituição Federal?
22. Segundo o STF, as contribuições são uma espécie autônoma de tributo ou se reconduzem a natureza de imposto ou taxa dependendo do fato gerador?
23. Quais são as espécies de contribuições previstas na Constituição Federal?
24. Como se dividem as contribuições sociais?
25. A denominada CIDE combustíveis é um imposto criado pela União?
26. A contribuição para custeio do serviço de iluminação pública é uma taxa com autorização constitucional para instituição pelo Distrito Federal e Municípios. É certa a afirmativa?
29. As limitações constitucionais ao poder de tributar são apenas aquelas expressas nos arts. 150 a 152?
30. As limitações constitucionais ao poder de tributar expressas são protegidas como cláusula pétrea e assim não podem ser suprimidas?
31. É possível fazer uma ligação dos direitos e garantias dos contribuintes com os direitos fundamentais? Eles são direitos fundamentais? 
32. O princípio da legalidade apenas se refere à exigência de lei para criar ou aumentar tributo?
33. A Constituição Federal admite exceções (mitigações) ao princípio da legalidade? Se positivo, quais?
34. A EC 42/03 acrescentou ao art. 150, III, a alínea \u201cc\u201d que inseriu a noventena no princípio da anterioridade. Quais os tributos que estão excepcionados na nova regra?
35. Em face do princípio da isonomia tributária, a Constituição veda qualquer tipo de discriminação de tratamento tributário. É certa a assertiva? 
36. Existe distinção existente entre imunidade e isenção?
37. A imunidade recíproca importa na proteção contra a exigência de todos os tributos?
38. A União pode conceder isenção em tributo de competência dos Estados?
39. Segundo decisões do STF as imunidades têm sido interpretadas restritivamente?
40. A vedação ao confisco é uma proteção formal do poder de tributar que se atende apenas pela edição de lei? 
_88236948/ú\ufffd€%\ufffd