TAMPÕES
12 pág.

TAMPÕES


DisciplinaBioquímica Aplicada à Farmácia100 materiais488 seguidores
Pré-visualização3 páginas
sobre a produção de
ácido láctico durante a
atividade muscular na
disciplina Bioquímica 2.
!
Aula_07.p65 5/14/2004, 2:19 PM57
Tampões
58C E D E R J
BIOQUÍMICA IQUÍMICA I
Assim, por exemplo, quando os H+ provenientes da dissociação do ácido láctico,
produzido durante o exercício muscular intenso, são liberados na circulação, ocorre
uma mudança no equilíbrio da primeira reação apresentada para este sistema tampão,
levando a uma maior formação de H
2
CO
3
 e, então, promovendo um aumento da
concentração de CO
2
(d), que aumenta a pressão de CO
2
(g) no espaço intrapulmonar.
O CO
2
 extra é exalado. Por outro lado, quando o pH sangüíneo aumenta, por exemplo,
em decorrência da produção de NH
3
 no catabolismo de proteínas, o inverso ocorre.
Desta forma, a taxa respiratória contribui para a manutenção do pH sangüíneo.
Resumo
Nesta aula você relembrou os conceitos de ácidos e bases e analisou
a reação de ionização dos ácidos. Foi possível, assim, definir o pK de um
ácido. Você descobriu que o valor do pK é numericamente semelhante
ao do pH da solução na qual as concentrações do ácido e de sua base
conjugada são iguais. Ou seja, o pK de um ácido corresponde ao pH da
solução no qual este ácido se encontra 50% protonado, 50%
desprotonado. Na faixa de pH próxima ao pK, a adição de uma base
forte não resulta em grandes variações de pH, já que cada vez que íons
OH\u2013 se dissociam da base, um próton proveniente do ácido os neutraliza,
formando água. Desta forma, até que o ácido esteja completamente
dissociado, a base é tamponada. Assim funcionam as soluções-tampão.
As reações do
catabolismo de proteínas
também serão vistas na
disciplina Bioquímica 2.
Agora, basta você saber
que catabolismo é a de-
gradação intracelular dos
alimentos, que produz a
energia necessária às
funções vitais.
Aula_07.p65 5/14/2004, 2:19 PM58
Tampões
C E D E R J59
M Ó D U LO 1 - AULA 7
Exercícios:
2. Calcule o pK do ácido láctico, sabendo que quando a concentração
ácido lático é de 0,010 M e a concentração de lactato é de 0,087 M,
 o pH é 4,80.
3. O tamponamento do sangue é garantido principalmente pela presença de HCO
3
\u2013 /
 CO
2
, cujo pK é 6,1. Também existe contribuição do sistema HPO
4
2- / H
2
PO
4
\u2013, embora
 essas moléculas ocorram em concentrações vinte vezes menores do que as do sis-
 tema bicarbonato. Normalmente, o pH do sangue é mantido em 7,4, e a soma das
 concentrações de HCO
3
\u2013 + CO
2
 = 25,2 mM. Qual é a concentração de HCO
3
\u2013 e
 de CO
2
, sabendo que o pK para o par HCO
3
\u2013 / CO
2
 é 6,1?
4. O pH do sangue é, precisamente, mantido em 7,40. Quando ele diminui para 7,35,
 considera-se que o organismo entra em acidose. Se o pH do sangue cai para valores
 mais baixos, próximos a 7,0, sérias conseqüências podem ocorrer, inclusive a morte.
 Por isso, é muito importante que os parâmetros ácido-base de um paciente em aci-
 dose sejam monitorados. Imagine um indivíduo em acidose, apresentando pH san-
 güíneo de 7,03 e concentração sangüínea de CO
2
 de 1,10 mM. Sabendo que o pH
 normal é 7,4 e que as concentrações normais de HCO
3
\u2013 e CO
2
 são, respectivamente,
 24,0 mM e 1,20 mM, calcule qual é a concentração de HCO
3
\u2013 no sangue deste
 indivíduo, e quanto do HCO
3
\u2013 presente em seu sangue foi usado para tamponar
 o ácido, causando a condição na qual ele se encontra.
5. A aspirina é um ácido fraco cujo valor do pK é de 3,5. Veja a estrutura de uma
 molécula de aspirina na figura abaixo.
Estrutura da aspirina.
Aula_07.p65 5/14/2004, 2:19 PM59
Tampões
60C E D E R J
BIOQUÍMICA IQUÍMICA I
Após sua ingestão, ela é absorvida pelas células da parede do estômago e do
intestino delgado, passando para o sangue. A absorção requer a passagem através da
membrana plasmática destas células, e a velocidade desta passagem depende da
polaridade da molécula: moléculas carregadas e polares passam devagar, enquanto
moléculas neutras e hidrofóbicas atravessam rapidamente a membrana. O pH do
meio estomacal é de 1,5, enquanto o pH do conteúdo do intestino delgado está em
torno de 6,0. Com base nestas informações, você acha que a aspirina é mais absorvida
através do estômago ou do intestino? Justifique sua resposta.
Auto-avaliação
O exercício 1 depende apenas da aplicação de logaritmo. Para resolver os
exercícios de 2 a 4, você só precisa aplicar a equação de Handerson e Hasselbach,
o que envolve conhecimentos matemáticos. A complexidade de cada questão
vai aumentando gradativamente; você pode resolver uma de cada vez, conferir
a resposta e estudar novamente a matéria se você não conseguiu acertar. O
exercício 5 depende apenas de raciocínio. Se você entendeu bem a aula, você
conseguirá resolvê-lo.
Aula_07.p65 5/14/2004, 2:19 PM60