ATM
6 pág.

ATM


DisciplinaAnatomia Aplicada à Odontologia343 materiais9.657 seguidores
Pré-visualização1 página
15/05/2013
1
Universidade Federal de Juiz de Fora 
ODONTOLOGIA
Profa.Dra. Evelise Aline Soares
Doutora e Mestre na área de Anatomia pelo programa de Pós-graduação em 
Biologia Celular e Estrutural da Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP) 
ATM
Articulação Temporomandibular (ATM)
Fossa mandibular Eminência articular
Cabeça da mandíbula
Sinovial biaxial complexa
\u2022 Cavidade supra-discal
Cavidade articular superior 
(membrana sinovial superior) 
\u2022 Cavidade infra-discal
Cavidade articular inferior 
(membrana sinovial inferior)
Articulação Temporomandibular (ATM) Disco da ATM
\u2022 Cartilagem fibrosa
\u2022 Formato: Bicôncavo
\u2022 Inserção:
\u2022 Ant: cabeça superior do m. pterigóideo lateral
\u2022 Post: zona bilaminar (superior elástica e inferior fibrosa)
Disco da ATM
PORÇÃO CENTRAL
- Delgada
- Tecido conjuntivo 
fibroso denso
- Não apresenta 
vasos e nervo
Disco da ATM
PORÇÃO PERIFÉRICA
-Espessa
-Rica em vasos e nervos
- Parte inferior mistura-
se com às inserções 
côndilias da cápsula.
-Periferia esta fixa a 
capsula.
-Regiões centrais e 
laterais estão fixas aos 
polos dos côndilos, pelo 
ligamento colateral do 
disco.
-Razão pela qual o disco 
da ATM acompanha os 
movimentos dos 
côndilos.
15/05/2013
2
Disco da ATM
Região ântero-medial do disco
- Fixa na capsula por 2 feixes 
colágenos:
- Superior - se mistura as 
inserções temporais da cápsula.
- Inferior - se mistura as inserções 
da cápsula no côndilo.
- Entre os feixes: o disco se fixa por 
inserções tendinosas ao feixe 
superior do m. pterigóide lateral. 
Permitindo o controle do 
posicionamento anterior do disco 
nos movimentos mastigatórios.
1 a 2 mm
Disco da ATM
Região posterior do disco
- Posteriormente observaremos o 
tecido retrodiscal, limitado por 
2 laminas teciduais (lâminas 
retro discais) ligadas no 
temporal e na mandíbula.
- Sistema de shunting artério-
venoso (joelho vascular).
3 a 4 mm
Disco da ATM
Sistema de shunting artério-venoso (joelho vascular)
Uma rede de vasos 
sanguíneos com paredes 
elásticas permite que o 
sangue flua para dentro 
quando o côndilo move-
se para frente, 
preenchendo 
rapidamente o espaço. 
Disco da ATM
Sistema de shunting artério-venoso
(joelho vascular)
Quando o côndilo volta-
se para trás, o sangue é 
desviado para fora 
destes vasos; este 
sistema constitui o 
JOELHO VASCULAR. 
Região medial e 
lateral do disco
- Através dos ligamentos 
colaterais medial e lateral o 
disco fixam aos pólos
côndilos e à cápsula. 
- Forma assim dois 
compartimentos distintos:
- Superior ou temporodiscal
- Inferior mandíbulodiscal
Disco da ATM
Região medial e lateral do disco
- Através dos ligamentos colaterais medial e lateral o disco fixam aos 
pólos côndilos e à cápsula. 
- Forma assim dois compartimentos distintos:
- Superior ou temporodiscal
- Inferior mandíbulodiscal
Disco da ATM
15/05/2013
3
Cápsula da ATM
- Cone fibroso
- Feixes verticais,
delgados e frouxo
- Medial e anterior
- Retêm o LS
- Feixe:
* Fibras profundo
* Fibras superficial
Ligamentos 
- Pouco estiramento
- Não atuam ativamente nos movimentos
- Limitadores ou de retenção
- Intracapsulares: lig. Colateral medial e lateral
- Extracapsulares: lig. Lateral e lig. Medial
- Acessórios: lig. esfenomandibular, estilomandibular e a 
rafe ptérigomandibular.
Ligamentos Intracapsulares Ligamentos extra-capsulares
-lig. Lateral
3 feixes:
Externo e Obliquo \u2013
do tubérculo articular 
ao processo 
zigomático. Impede a 
queda do côndilo e 
limita a extensão de 
abertura da boca.
Ligamentos capsulares
-lig. Lateral
Interno \u2013 do tubérculo 
articular até o polo 
lateral do côndilo e 
parte posterior do 
disco. Limita o 
movimento do côndilo 
e do disco, protege o 
tecido retro discal e o 
m. pterigóideo lateral 
de estiramento e 
distensão.
Ligamentos capsulares
-lig. Medial
- Disposto 
medialmente igual 
o lig. lateral.
- Delgado
- Pouco resistente
- Tem origem na 
espinha do 
Esfenóide e termina 
na porção póstero-
medial do colo da 
MDB
15/05/2013
4
Ligamentos Acessórios
-lig. Estilomandibular
- origem: processo 
estilóide
-Termino: borda 
posterior do ramo da 
MDB.
-Torna-se rígido quando 
a MDB está em 
protrusão e relaxa-se 
quando a boca esta 
aberta.
-Limita a protrusão
Ligamentos Acessórios
-lig. Esfenomandibular
- origem: espinha do 
esfenóide
-Termino: língula da MDB.
- passa entre o m. 
pterigóideo medial e 
lateral.
-Cobre o feixe 
vasculonervoso alveolar 
inferior, protegendo-o.
Ligamentos Acessórios
- Rafe 
Ptérigomandibular
- origem: hâmulo
pterigóideo
-Termino: trígono 
retromolar da MDB.
- Nela insere o m. 
bucinador (anterior), m. 
constritor superior da 
faringe (posterior) e m. 
pterigóideo medial 
(profundamente)
Irrigação da ATM
- Diversos ramos:
- a. temporal superficial
-a. maxilar
-a. auricular posterior
-a. facial
-a. faríngea ascendente
Relações anatômicas da ATM
- lateralmente:
- pele
- a. transversa da face
- ramos temporais do 
nervo facial
Relações anatômicas da ATM
- Medialmente:
- forame espinhoso
-Espinha do esfenóide
-Lig. Esfenomandibular
-a. maxilar
-a.meníngea media
-vv. maxilares
-Plexo pterigóideo
-n. alveolar inferior
-n. lingual
-n.corda do tímpano
-m. pterigóideo lateral
15/05/2013
5
Relações anatômicas da ATM
- Anteriormente:
- m. pterigóideo lateral
-Feixe profundo do 
masseter
Relações anatômicas da ATM
- Posteriormente:
- tecido retrodiscal
-glândula parótida
-vasos temporais 
superficiais
-n. aurículotemporal
-ramos temporais do facial
-parte timpânica do 
temporal
-meato acústico externo
Dor ATM x otites
Relações anatômicas da ATM
- Superiormente:
-fossa média do crânio
Inervação da ATM
- N. mandibular:
- n. auriculotempotal
(sensitivo)
-n. massetérico
(propriocepção)
Movimentos da ATM
Rotação
- Côndilo gira em 
torno do seu eixo
- Látero-lateral
- Abertura inicial 
da boca
- Abertura e 
fechamento 
simultâneo.
Movimentos da ATM
Translação
- Côndilo caminha 
anteriormente, 
percorrendo o 
tub. articular. 
- Ocorre na 
protrusão e na 
retrusão.
15/05/2013
6
Movimentos da ATM
Transrotação
- Movimento combinado de rotação e 
translação.
- Ocorre a todo tempo quando abrimos e 
fechamos a boca na mastigação. 
Movimentos da ATM
Lateralidade
- Movimento quando 
levamos o alimento 
de um lado da MDB 
para o outro.
- Côndilo de trabalho
- Côndilo de balanceio 
Movimentos da MDB
Abaixamento = Abertura da boca
Elevação = Fechamento da boca
Protrusão = Boca para frente
Retrusão = Boca para trás
Lateralidade = Levar o alimento de 
um lado para outro na boca.
MASTIGAÇÃO
Movimento da ATM
Movimento da MDB
Ação muscular
Movimento de abaixamento da mandíbula
(abertura da boca)
Movimento da ATM
Movimento da MDB
Ação muscular
Movimento de elevação da mandíbula
(fechamento da boca)