Metodologia Científica
186 pág.

Metodologia Científica


DisciplinaMetodologia Científica46.847 materiais974.547 seguidores
Pré-visualização25 páginas
\u201cO homem é a ponte entre o animal e o além-ho-
mem\u201d (Friedrich Nietzsche) 
Colete diferentes definições do conhecimento 
filosófico e discuta com seus colegas.
3.1.4 Conhecimento Teológico
Vejamos.
O conhecimento teológico (do grego: theos, que 
significa Deus e logos, discurso/tratado), consiste no es-
tudo de Deus, investiga tudo que se diz respeito a Deus 
e a fé.
É um conjunto de verdades aceitas pelos homens 
a partir da revelação divina. É o resultado da fé humana 
na existência de uma ou mais divindades. 
Apresenta respostas a questões não respondidas 
pelas outras modalidades do conhecimento. Apoia-se 
em doutrinas, cujas proposições são sagradas por te-
rem sido reveladas pelo sobrenatural; são consideradas 
verdades infalíveis, evidências nunca postas em dúvida 
nem verificáveis pelos que têm fé. 
Partem do pressuposto de que os textos antigos 
ou as revelações inspiradas neles têm significado para 
117Tema 3 | Conhecimento, Ciência e Método
as condições modernas e futuras. 
É, assim, um conhecimento produto da fé humana 
que busca respostas nas entidades divinas, nos líderes 
espirituais de diversas religiões para questões que, nem 
sempre, o conhecimento filosófico, vulgar ou científico 
consegue responder.
Ele é formado por um conjunto de verdades a que 
os homens chegaram mediante revelação divina. Por-
tanto, a adesão das pessoas passa a ser um ato de fé 
decorrente da revelação de um criador.
É um conhecimento revelado pela fé divina ou 
crença religiosa. Não pode, por sua origem, ser confir-
mado ou negado. Depende da formação moral e das 
crenças de cada indivíduo.
Exemplo:
Acreditar que alguém foi curado por um milagre; 
acreditar em Duende; acreditar em reencarnação; acredi-
tar em espírito, etc.
Atualmente, várias verdades do conhecimento te-
ológico têm sido questionadas pela ciência e pela so-
ciedade, o que tem levado o conhecimento teológico 
a reformular essas verdades, adaptando-as ao mundo 
contemporâneo. 
Colete diferentes definições do conhecimento 
teológico e discuta com seus colegas e tutor.
3.1.5 Conhecimento Científico
Será o tema de nossa próxima aula.
Metodologia Científi ca118
3.2 A Ciência
Vejamos agora o que é o conhecimento científico. 
A revolução científica propriamente dita ocorreu 
nos séculos XVI e XVII com Copérnico, Bacon, Galileu, 
Descartes e outros estudiosos. Daí para cá, o desen-
volvimento da ciência foi acelerando continuamente, e 
hoje, com sua metodologia objetiva e rigorosa, abran-
gem pesquisas em todas as áreas do mundo físico e 
humano. 
Etimologicamente a palavra ciência vem do latim 
scientia que significa saber, conhecimento. O conhecimento 
científico é um tipo de conhecimento racional, sistemático, 
metódico e objetivo, que busca a veracidade dos fatos ou 
fenômenos, ultrapassando as aparências. Diferente do co-
nhecimento filosófico, teológico e vulgar, o conhecimento 
científico constrói proposições ou hipóteses que podem ser 
testadas pela experimentação.
A ciência é, portanto, um tipo de conhecimento real, 
que lida com fatos. Diferente do conhecimento filosófico, o 
conhecimento científico constrói proposições ou hipóteses 
que podem ser testadas pela experimentação. 
Como a estrutura do saber se baseia em propo-
sições abstratas e fenômenos reais observados, distin-
guem-se, de modo geral, duas abordagens no conheci-
mento científico: empirismo e racionalismo.
A abordagem empírica leva em conta apenas os 
dados iniciais e os resultados de um estudo, razão pela 
qual começa por descartar as teorias sem plena compro-
vação experimental.
Já a abordagem racionalista confronta os postula-
dos teóricos, produzidos pelo pensamento lógico, com 
qualquer resultado prático, e subordina a investigação 
à hipótese.
Todavia, em geral, as ciências utilizam modelos 
híbridos, que incluem as questões empíricas e teóricas.
119Tema 3 | Conhecimento, Ciência e Método
A maior parte das ciências aceita a experimenta-
ção como primeiro e último elo da cadeia do saber. As-
sim, o processo do conhecimento se inicia com a obser-
vação de um fato e finaliza com a comprovação empírica 
de suas conclusões teóricas. 
Também, as ciências dividem-se em ciências que 
trabalham os fenômenos da natureza ou sociais, deno-
minadas de ciências fáticas, como exemplo: a biologia. 
Já as ciências que trabalham como elementos abstratos, 
que não existem na realidade, são consideradas ciências 
formais como, por exemplo, a matemática.
As principais características do conhecimento 
científico são:
\u2022 geral: busca no real o que há de mais univer-
sal e válido para todos os casos de mesma 
espécie; insere os fatos singulares em regras 
gerais chamadas \u201cleis naturais\u201d ou \u201cleis so-
ciais\u201d e aplica-as;
\u2022 objetivo: no sentido de que a ciência tenta 
afastar do seu domínio todo o elemento afe-
tivo e subjetivo. Deseja ser independente dos 
gostos e desejos do sujeito que a elabora;
\u2022 crítico: preocupado com a análise, em chegar 
à verdade;
\u2022 metódico: a investigação procede de acordo 
com regras, métodos e técnicas que se re-
velaram eficazes no passado, mas que são 
aperfeiçoados continuamente;
\u2022 sistemático: uma ciência não é um agregado 
de informações desconexas, mas um sistema 
de ideias ligadas logicamente entre si forma-
da por princípios, leis e teorias;
Metodologia Científi ca120
\u2022 verificável: as hipóteses não comprovadas 
não constituem conhecimento científico;
\u2022 falível: uma vez que não é um conhecimento 
definitivo, novas pesquisas e proposições po-
dem rever a teoria existente;
\u2022 comunicável: a linguagem científica comunica 
informações a quem quer que tenha sido pre-
parado para entender;
Assim sendo, o conhecimento científico é aquele 
que é produzido pela investigação científica, através de 
seus métodos e técnicas. Surge não apenas da neces-
sidade de encontrar soluções para problemas de ordem 
prática da vida diária, mas do desejo de fornecer expli-
cações sistemáticas que possam ser testadas e critica-
das através de provas empíricas. 
Exemplo:
Descobrir uma vacina que evite uma doença; des-
cobrir como se dá a respiração dos batráquios.
A ciência busca o confronto da teoria com os da-
dos empíricos. A teoria deve ser submetida a um exame 
crítico, deve ser contrastada com a realidade, deve ser 
submetida a testes, em qualquer época e lugar.
Colete diferentes definições do conhecimento 
Científico e discuta com seus colegas.
3.2.1 Importância do espírito científico.
Vejamos agora como é importante assumir uma 
atitude de espírito científico no decorrer de seu curso e 
na vida profissional.
121Tema 3 | Conhecimento, Ciência e Método
A atitude do aluno frente ao conhecimento cien-
tífico é de fundamental importância para o desenvolvi-
mento das ciências. Deve possuir uma atitude necessária 
de apropriação do conhecimento e da pesquisa. Essa 
atitude não é inata, mas conquistada a partir de muitos 
esforços e exercícios.
A apropriação do conhecimento científico exige 
uma visão crítica que podemos considerar como: julgar, 
discernir, analisar e interpretar para melhor solucionar 
um problema. 
O espírito científico manifesta-se na atividade 
científica pela vontade de romper com as perspectivas 
puramente subjetivas do conhecimento vulgar, implican-
do numa verdadeira busca do saber. 
O oposto ao espírito científico é o dogmático, que 
bloqueia a crítica por se julgar conhecedor na sua com-
preensão do mundo e acaba por impedir eventuais cor-
reções e aperfeiçoamentos, muitas vezes induzindo ao 
erro, fraudes, ignorância e comportamento intolerante. 
O verdadeiro espírito científico consiste, justa-
mente, em não dogmatizar os resultados de uma pes-
quisa, mas em tratá-los como eternas hipóteses que me-
recem constante investigação.
Danger
Danger fez um comentário
Ninguém desconhece o sacrifício de quase totalidade
0 aprovações
Edvan
Edvan fez um comentário
Indique se as afirmações são VERDADEIRAS com "V" ou FALSAS com "F":( ) O resumo analítico deve apresentar em sua estrutura um único parágrafo. ( ) Pode-se elaborar um resumo descritivo em uma ficha. ( ) No resumo deve ser apresentada a referência bibliográfica do texto que foi resumido. ( ) Através da Análise Textual elabora-se o resumo crítico.Marque o item com a sequência CORRETA: Opções de pergunta 1: V, F, F, V. V, V, V, V. V, V, V, F. V, V, F, F.... Veja mais
3 aprovações
Danilo
Danilo fez um comentário
Metodologia científica
2 aprovações
Lidiani
Lidiani fez um comentário
Que maravilhoso esse livro... gostaria de agradecer à alma caridosa que o postou aqui, foi de extrema importância para meu projeto de TCC. Muitíssimo obrigado.
7 aprovações
Carregar mais