DIREITOS DA PERSONALIDADE_REVISTO
6 pág.

DIREITOS DA PERSONALIDADE_REVISTO


DisciplinaDireito Civil I61.313 materiais668.252 seguidores
Pré-visualização4 páginas
em geral e impede a divulgação pessoal considerada confidencial. Trata-se de direito defensivo e contrário à invasão da vida privada, por terceiros não autorizados, inclusive, o poder público.
Tais direitos da personalidade destinam-se a proteger a privacidade do indivíduo, da família, dos negócios contra divulgações e publicidades indevidas e indesejadas, contra indiscrições de pessoas desautorizadas. Diz-se que o âmbito do direito à privacidade é mais amplo do que o do direito à intimidade. Segredos, confidências, informações sigilosas, decisões secretas e dados pessoais, cartas íntimas, recordações, memórias, diários, relações familiares, vida sentimental, vida conjugal, lazer pessoal, costumes domésticos, a sepultura e o estado de saúde, enumera BITTAR, (1989: 70). 
O código civil encerra o capítulo com o art. 21: \u201cA vida privada da pessoa natural é inviolável, e o juiz, a requerimento do interessado, adotará as providências necessárias para impedir ou fazer cessar ato contrário a essa norma\u201d.
Para assegurar a efetividade dessa proteção legal, a autoridade judicial, a pedido do interessado, poderá conceder em sede de cautelares ou liminares, além de condenar o causador do ilícito a ressarcir a vítimas pelos danos materiais e morais.
 
\ufffd Wald, Arnald.Curso de Direito Civil Brasileiro, São Paulo: Revista dos Tribunais, 1995, v.1 p.114.