HIST5

HIST5


DisciplinaHistória do Direito7.636 materiais299.246 seguidores
Pré-visualização2 páginas
, vestes sagradas, danças sagradas, tudo para que a divindade participasse efetivamente daquela cerimônia, e no direito era
muito importante, já que se o direito era baseado na religião, era necessário que a divindade estivesse presente no momento
da sanção. O processo de execução era um processo ritual.
O que mostra um pouco a questão do rito era a aplicação das ordálias, que é o juízo divino. Ela foi utilizada mesmo depois
que a escrita exitia, que era uma forma de passar a decisão para a divindade, pois você não tem provas de que aquilo aconte
ceu. Vamos imaginar que uma mulher é acusada de adultério, mas não há provas. O homem diz então que aquela mulher cometeu
adultério e não havia provas, logo, o sacerdote da tribo faria uma reunião ao redor da fogueira da divindade, com cânticos,
danças e etc. Uma pedra era amarrada no calcanhar da mulher e levada para um rio e ela era atirada no rio para a divindade
responder se ela era culpada. Se sobrevivesse, ela seria inocente.
Com isso, vemos que a falsa acusação de um crime é muito grave, punida pela morte.