Quadro comparativo CPC atual e PL 8046-10 - CD
588 pág.

Quadro comparativo CPC atual e PL 8046-10 - CD


DisciplinaDireito Processual Civil I39.787 materiais716.000 seguidores
Pré-visualização50 páginas
bem como praticar todos
os demais atos que lhe forem atribuídos pelas
normas de organização judiciária;
III - comparecer às audiências, ou,
não podendo fazê-lo, designar para
substituí-lo escrevente juramentado,
de preferência datilógrafo ou
taquígrafo;
III \u2013 comparecer às audiências ou, não
podendo fazê-lo, designar para substituí-lo
escrevente juramentado;
IV - ter, sob sua guarda e
responsabilidade, os autos, não
permitindo que saiam de cartório,
exceto:
IV \u2013 ter, sob sua guarda e responsabilidade, os
autos, não permitindo que saiam do cartório,
exceto:
a) quando tenham de subir à
conclusão do juiz; a) quando tenham de subir à conclusão do juiz;
b) com vista aos procuradores, ao b) com vista aos procuradores, à Defensoria
CÂMARA DOS DEPUTADOS
Comissão Especial destinada a proferir parecer ao Projeto de Lei nº 6025, de 2005, ao Projeto de Lei nº 8046, de 2010,
ambos do Senado Federal, e outros, que tratam do "Código de Processo Civil" (revogam a Lei nº 5.869, de 1973) -
PL602505
Quadro elaborado pela Seção de Edição de Textos da Consultoria Legislativa da Câmara dos Deputados.
Quadro comparativo entre o Código de Processo Civil em vigor e o PL 8046/10
Redação do Código de Processo Civil em
vigor (CPC/1973)
Projeto de Lei do
8046, de 2010
Alterações apresentadas pelo
relator-geral na Câmara dos
Deputados
Ministério Público ou à Fazenda
Pública;
Pública, ao Ministério Público ou à Fazenda
Pública;
c) quando devam ser remetidos ao
contador ou ao partidor;
c) quando devam ser remetidos ao contador ou
ao partidor;
d) quando, modificando-se a
competência, forem transferidos a
outro juízo;
d) quando, modificando-se a competência,
forem transferidos a outro juízo;
V - dar, independentemente de
despacho, certidão de qualquer ato
ou termo do processo, observado o
disposto no art. 155.
V \u2013 dar, independentemente de despacho,
certidão de qualquer ato ou termo do processo,
observadas as disposições referentes a
segredo de justiça;
VI \u2013 praticar, de ofício, os atos meramente
ordinatórios.
Art. 142. No impedimento do
escrivão, o juiz convocar-lhe- á o
substituto, e, não o havendo,
nomeará pessoa idônea para o ato.
Art. 132. No impedimento do escrivão, o juiz
convocará substituto e, não o havendo,
nomeará pessoa idônea para o ato.
Art. 143. Incumbe ao oficial de
justiça: Art. 133. Incumbe ao oficial de justiça:
I - fazer pessoalmente as citações,
prisões, penhoras, arrestos e mais
diligências próprias do seu ofício,
certificando no mandado o ocorrido,
com menção de lugar, dia e hora. A
diligência, sempre que possível,
I \u2013 fazer pessoalmente as citações, as prisões,
as penhoras, os arrestos e as demais
diligências próprias do seu ofício, certificando
no mandado o ocorrido, com menção de lugar,
dia e hora, e realizando-as, sempre que
possível, na presença de duas testemunhas;
CÂMARA DOS DEPUTADOS
Comissão Especial destinada a proferir parecer ao Projeto de Lei nº 6025, de 2005, ao Projeto de Lei nº 8046, de 2010,
ambos do Senado Federal, e outros, que tratam do "Código de Processo Civil" (revogam a Lei nº 5.869, de 1973) -
PL602505
Quadro elaborado pela Seção de Edição de Textos da Consultoria Legislativa da Câmara dos Deputados.
Quadro comparativo entre o Código de Processo Civil em vigor e o PL 8046/10
Redação do Código de Processo Civil em
vigor (CPC/1973)
Projeto de Lei do
8046, de 2010
Alterações apresentadas pelo
relator-geral na Câmara dos
Deputados
realizar-se-á na presença de duas
testemunhas;
II - executar as ordens do juiz a que
estiver subordinado;
II \u2013 executar as ordens do juiz a quem estiver
subordinado;
III - entregar, em cartório, o
mandado, logo depois de cumprido;
III \u2013 entregar, em cartório, o mandado logo
depois de cumprido;
IV - estar presente às audiências e
coadjuvar o juiz na manutenção da
ordem.
IV \u2013 estar presente às audiências e auxiliar o
juiz na manutenção da ordem;
V - efetuar avaliações. V \u2013 efetuar avaliações.
Art. 144. O escrivão e o oficial de
justiça são civilmente responsáveis:
Art. 134. O escrivão e o oficial de justiça são
civilmente responsáveis:
I - quando, sem justo motivo, se
recusarem a cumprir, dentro do
prazo, os atos que lhes impõe a lei,
ou os que o juiz, a que estão
subordinados, lhes comete;
I \u2013 quando, sem justo motivo, se recusarem a
cumprir dentro do prazo os atos impostos pela
lei ou pelo juiz a que estão subordinados;
II - quando praticarem ato nulo com
dolo ou culpa.
II \u2013 quando praticarem ato nulo com dolo ou
culpa.
Seção II
Do perito
Art. 145. Quando a prova do fato
depender de conhecimento técnico
ou científico, o juiz será assistido
Art. 135. Quando a prova do fato depender de
conhecimento técnico ou científico, o juiz será
assistido por perito.
CÂMARA DOS DEPUTADOS
Comissão Especial destinada a proferir parecer ao Projeto de Lei nº 6025, de 2005, ao Projeto de Lei nº 8046, de 2010,
ambos do Senado Federal, e outros, que tratam do "Código de Processo Civil" (revogam a Lei nº 5.869, de 1973) -
PL602505
Quadro elaborado pela Seção de Edição de Textos da Consultoria Legislativa da Câmara dos Deputados.
Quadro comparativo entre o Código de Processo Civil em vigor e o PL 8046/10
Redação do Código de Processo Civil em
vigor (CPC/1973)
Projeto de Lei do
8046, de 2010
Alterações apresentadas pelo
relator-geral na Câmara dos
Deputados
por perito, segundo o disposto no
art. 421.
§ 1º Os peritos serão escolhidos
entre profissionais de nível
universitário, devidamente inscritos
no órgão de classe competente,
respeitado o disposto no Capítulo
Vl, seção Vll, deste Código.
§ 1º Os peritos serão escolhidos
preferencialmente entre profissionais de nível
universitário, devidamente inscritos no órgão de
classe competente, respeitado o disposto neste
Código.
§ 2º Os peritos comprovarão sua
especialidade na matéria sobre que
deverão opinar, mediante certidão
do órgão profissional em que
estiverem inscritos.
§ 2º Os peritos comprovarão sua especialidade
na matéria sobre a qual deverão opinar
mediante certidão do órgão profissional em que
estiverem inscritos.
§ 3º Nas localidades onde não
houver profissionais qualificados
que preencham os requisitos dos
parágrafos anteriores, a indicação
dos peritos será de livre escolha do
juiz.
§ 3º Nas localidades onde não houver
profissionais qualificados que preencham os
requisitos dos parágrafos anteriores, a
indicação dos peritos será de livre escolha do
juiz.
Art. 146. O perito tem o dever de
cumprir o ofício, no prazo que lhe
assina a lei, empregando toda a sua
diligência; pode, todavia, escusar-se
do encargo alegando motivo
legítimo.
Art. 136. O perito tem o dever de cumprir o
ofício no prazo que lhe assinar o juiz,
empregando toda a sua diligência; pode,
todavia, escusar-se do encargo alegando
motivo legítimo.
CÂMARA DOS DEPUTADOS
Comissão Especial destinada a proferir parecer ao Projeto de Lei nº 6025, de 2005, ao Projeto de Lei nº 8046, de 2010,
ambos do Senado Federal, e outros, que tratam do "Código de Processo Civil" (revogam a Lei nº 5.869, de 1973) -
PL602505
Quadro elaborado pela Seção de Edição de Textos da Consultoria Legislativa da Câmara dos Deputados.
Quadro comparativo entre o Código de Processo Civil em vigor e o PL 8046/10
Redação do Código de Processo Civil em
vigor (CPC/1973)
Projeto de Lei do
8046, de 2010
Alterações apresentadas pelo
relator-geral na Câmara dos
Deputados
Parágrafo único. A escusa será
apresentada dentro de 5 (cinco)
dias, contados da intimação ou do
impedimento superveniente, sob
pena de se reputar renunciado o
direito a alegá-la (art. 423).
§ 1º A escusa será apresentada dentro de
cinco dias contados da intimação ou do
impedimento superveniente, sob pena de se
considerar renunciado o direito a alegá-la.
§ 2º Será organizada lista