Quadro comparativo CPC atual e PL 8046-10 - CD
588 pág.

Quadro comparativo CPC atual e PL 8046-10 - CD


DisciplinaDireito Processual Civil I35.971 materiais686.402 seguidores
Pré-visualização50 páginas
CÂMARA DOS DEPUTADOS
Comissão Especial destinada a proferir parecer ao Projeto de Lei nº 6025, de 2005, ao Projeto de Lei nº 8046, de 2010,
ambos do Senado Federal, e outros, que tratam do "Código de Processo Civil" (revogam a Lei nº 5.869, de 1973) -
PL602505
Quadro elaborado pela Seção de Edição de Textos da Consultoria Legislativa da Câmara dos Deputados.
Quadro comparativo entre o Código de Processo Civil em vigor e o PL 8046/10
Redação do Código de Processo Civil em
vigor (CPC/1973)
Projeto de Lei do
8046, de 2010
Alterações apresentadas pelo
relator-geral na Câmara dos
Deputados
CAPÍTULO II - DAS NORMAS PROCESSUAIS
E DA SUA APLICAÇÃO
Art. 13. A jurisdição civil será regida
unicamente pelas normas processuais
brasileiras, ressalvadas as disposições
específicas previstas em tratados ou
convenções internacionais de que o Brasil seja
signatário.
Art. 1.211. Este Código regerá o
processo civil em todo o território
brasileiro. Ao entrar em vigor, suas
disposições aplicar-se-ão desde logo
aos processos pendentes.
Art. 14. A norma processual não retroagirá e
será aplicável imediatamente aos processos
em curso, respeitados os atos processuais
praticados e as situações jurídicas
consolidadas sob a vigência da lei revogada.
Art. 15. Na ausência de normas que regulem
processos penais, eleitorais ou administrativos,
as disposições deste Código lhes serão
aplicadas supletivamente.
CAPÍTULO III - DA JURISDIÇÃO
Art. 1º A jurisdição civil, contenciosa
e voluntária, é exercida pelos juízes,
em todo o território nacional,
conforme as disposições que este
Código estabelece.
Art. 16. A jurisdição civil é exercida pelos juízes
em todo o território nacional, conforme as
disposições deste Código.
CAPÍTULO IV - DA AÇÃO
Art. 1º A jurisdição civil, contenciosa Art. 17. Para propor a ação é necessário ter
CÂMARA DOS DEPUTADOS
Comissão Especial destinada a proferir parecer ao Projeto de Lei nº 6025, de 2005, ao Projeto de Lei nº 8046, de 2010,
ambos do Senado Federal, e outros, que tratam do "Código de Processo Civil" (revogam a Lei nº 5.869, de 1973) -
PL602505
Quadro elaborado pela Seção de Edição de Textos da Consultoria Legislativa da Câmara dos Deputados.
Quadro comparativo entre o Código de Processo Civil em vigor e o PL 8046/10
Redação do Código de Processo Civil em
vigor (CPC/1973)
Projeto de Lei do
8046, de 2010
Alterações apresentadas pelo
relator-geral na Câmara dos
Deputados
e voluntária, é exercida pelos juízes,
em todo o território nacional,
conforme as disposições que este
Código estabelece.
interesse e legitimidade.
Art. 6º Ninguém poderá pleitear, em
nome próprio, direito alheio, salvo
quando autorizado por lei.
Art. 18. Ninguém poderá pleitear direito alheio
em nome próprio, salvo quando autorizado pelo
ordenamento jurídico.
Parágrafo único. Havendo substituição
processual, o juiz determinará que seja dada
ciência ao substituído da pendência do
processo; nele intervindo, cessará a
substituição.
Art. 4º O interesse do autor pode
limitar-se à declaração: Art. 19. O interesse do autor pode limitar-se àdeclaração:
I - da existência ou da inexistência
de relação jurídica; I \u2013 da existência ou da inexistência de relaçãojurídica;
II - da autenticidade ou falsidade de
documento.
II \u2013 da autenticidade ou da falsidade de
documento.
Parágrafo único. É admissível a
ação declaratória, ainda que tenha
ocorrido a violação do direito.
Parágrafo único. É admissível a ação
declaratória ainda que tenha ocorrido a
violação do direito.
Art. 5º Se, no curso do processo, se
tornar litigiosa relação jurídica de
Art. 20. Se, no curso do processo, se tornar
litigiosa relação jurídica de cuja existência ou
CÂMARA DOS DEPUTADOS
Comissão Especial destinada a proferir parecer ao Projeto de Lei nº 6025, de 2005, ao Projeto de Lei nº 8046, de 2010,
ambos do Senado Federal, e outros, que tratam do "Código de Processo Civil" (revogam a Lei nº 5.869, de 1973) -
PL602505
Quadro elaborado pela Seção de Edição de Textos da Consultoria Legislativa da Câmara dos Deputados.
Quadro comparativo entre o Código de Processo Civil em vigor e o PL 8046/10
Redação do Código de Processo Civil em
vigor (CPC/1973)
Projeto de Lei do
8046, de 2010
Alterações apresentadas pelo
relator-geral na Câmara dos
Deputados
cuja existência ou inexistência
depender o julgamento da lide,
qualquer das partes poderá requerer
que o juiz a declare por sentença.
inexistência depender o julgamento da lide, o
juiz, assegurado o contraditório, a declarará na
sentença, com força de coisa julgada.
TÍTULO II - LIMITES DA JURISDIÇÃO
BRASILEIRA E COOPERAÇÃO
INTERNACIONAL
CAPÍTULO I - DOS LIMITES DA JURISDIÇÃO
NACIONAL
Art. 88. É competente a autoridade
judiciária brasileira quando:
Parágrafo único.
Art. 21. Cabe à autoridade judiciária brasileira
processar e julgar as ações em que:
I - o réu, qualquer que seja a sua
nacionalidade, estiver domiciliado no
Brasil;
I \u2013 o réu, qualquer que seja a sua
nacionalidade, estiver domiciliado no Brasil;
II - no Brasil tiver de ser cumprida a
obrigação; II \u2013 no Brasil tiver de ser cumprida a obrigação;
III - a ação se originar de fato
ocorrido ou de ato praticado no
Brasil.
III \u2013 o fundamento seja fato ocorrido ou ato
praticado no Brasil.
Para o fim do disposto no n.º I,
reputase domiciliada no Brasil a
pessoa jurídica estrangeira que aqui
tiver agência, filial ou sucursal.
Parágrafo único. Para o fim do disposto no
inciso I, considera-se domiciliada no Brasil a
pessoa jurídica estrangeira que aqui tiver
agência, filial ou sucursal.
CÂMARA DOS DEPUTADOS
Comissão Especial destinada a proferir parecer ao Projeto de Lei nº 6025, de 2005, ao Projeto de Lei nº 8046, de 2010,
ambos do Senado Federal, e outros, que tratam do "Código de Processo Civil" (revogam a Lei nº 5.869, de 1973) -
PL602505
Quadro elaborado pela Seção de Edição de Textos da Consultoria Legislativa da Câmara dos Deputados.
Quadro comparativo entre o Código de Processo Civil em vigor e o PL 8046/10
Redação do Código de Processo Civil em
vigor (CPC/1973)
Projeto de Lei do
8046, de 2010
Alterações apresentadas pelo
relator-geral na Câmara dos
Deputados
Art. 22. Também caberá à autoridade judiciária
brasileira processar e julgar as ações:
I \u2013 de alimentos, quando:
a) o credor tiver seu domicílio ou sua residência
no Brasil;
b) o réu mantiver vínculos pessoais no Brasil,
tais como posse de bens, recebimento de
renda ou obtenção de benefícios econômicos;
II \u2013 decorrentes de relações de consumo,
quando o consumidor tiver domicílio ou
residência no Brasil;
III \u2013 em que as partes, expressa ou
tacitamente, se submeterem à jurisdição
nacional.
Art. 89. Compete à autoridade
judiciária brasileira, com exclusão de
qualquer outra:
Art. 23. Cabe à autoridade judiciária brasileira,
com exclusão de qualquer outra:
I - conhecer de ações relativas a
imóveis situados no Brasil;
I \u2013 conhecer de ações relativas a imóveis
situados no Brasil;
II - proceder a inventário e partilha
de bens, situados no Brasil, ainda
que o autor da herança seja
estrangeiro e tenha residido fora do
território nacional.
II \u2013 em matéria de sucessão hereditária,
proceder a inventário e partilha de bens
situados no Brasil, ainda que o autor da
herança seja de nacionalidade estrangeira ou
tenha domicílio fora do território nacional.
CÂMARA DOS DEPUTADOS
Comissão Especial destinada a proferir parecer ao Projeto de Lei nº 6025, de 2005, ao Projeto de Lei nº 8046, de 2010,
ambos do Senado Federal, e outros, que tratam do "Código de Processo Civil" (revogam a Lei nº 5.869, de 1973) -
PL602505
Quadro elaborado pela Seção de Edição de Textos da Consultoria Legislativa da Câmara dos Deputados.
Quadro comparativo entre o Código de Processo Civil em vigor e o PL 8046/10
Redação do Código de Processo