LEITURA E INTERPRETAÇÃO DE TEXTOS
33 pág.

LEITURA E INTERPRETAÇÃO DE TEXTOS


DisciplinaAnálise Textual8.789 materiais292.070 seguidores
Pré-visualização8 páginas
falta de transparência desse mercado para o investidor.
b.(   )Mantendo-se a correção gramatical e a coerência do texto, é possível deslocar a oração
   \u201cpara discutir um tema desafiante\u201d que expressa uma finalidade, para o início do período,
    fazendo-se os devidos ajustes nas letras maiúsculas e acrescentando-se uma vírgula logo após   \u201cdesafiante\u201d.
c.(   ) No texto, ele refere-se a \u201ctema desafiante\u201d e essa bolha refere-se a \u201cturbulência\u201d.
d.(  )Preservam-se a coerência da argumentação e a correção gramatical do texto ao se inserir
    um sinal de dois-pontos depois da primeira ocorrência de \u201cé\u201d  e um ponto de interrogação
    depois de \u201cDNA\u201d.
e.(   ) É possível inferir do texto que o fato de o mercado ser \u201cinterconectado\u201d , \u201cgigantesco\u201d e
    ter \u201co risco no DNA\u201d dificulta a adoção de mecanismos de controle sobre ele.
Texto  2
	                                   Domésticas mantêm traços da escravidão
              Quase toda família de classe média brasileira tem uma trabalhadora doméstica ou uma diarista. Estima-se que mais de 6 milhões de mulheres exerçam essa função no país, das quais cerca de 1oo mil são sindicalizadas. Apesar dessa expressividade, o grupo ainda não conquistou direitos básicos de outras categorias, mantendo semelhanças, em alguns aspectos, com os escravos do Brasil Colônia.
          De acordo com estudo do sociólogo Joaze Bernardino-Costa, após 70 anos de história de organização política, esse público continua privado, por exemplo, da regulamentação da jornada de trabalho e do FGTS, que hoje é facultativo e depende da boa vontade do empregador.
	                Segundo Bernardino-Costa, as autoridades e a sociedade devem ser mais sensíveis à categoria, que reúne um conjunto único de características ligadas à exclusão.
                Primeiro, encontram-se na base da pirâmide social, tradicionalmente subjugada pelas demais classes. Em segundo lugar, exercem atividades que se aproximam de reminiscências da escravidão. Por fim, abrangem, em sua maioria, um público ligado a três fatores históricos de discriminação: gênero, classe e raça.
                 Desta forma, a agenda política das domésticas incorpora um ponto de vista único e estratégico, uma vez que vivenciam, na prática, a bandeira de diferentes movimentos. \u201cAs trabalhadoras domésticas nos impõem a revisão do nosso pacto de nação\u201d, diz o pesquisador.
                                    (Internet: www.secom.unb.br \u2014 com adaptações)            
 2. Assinale a opção correta a respeito da estruturação do texto.
a) O período que inicia o texto indica que o tema central é a família de classe média brasileira.
b) O segundo parágrafo se caracteriza por apresentar uma estrutura narrativa.
c) Os argumentos apresentados pelo sociólogo, em sua pesquisa sobre as trabalhadoras domesticas, são de natureza quantitativa.
d) A expressão \u201cDesta forma\u201d (E.22) introduz a conclusão do texto.
e) O último parágrafo do texto contém um exemplo de discurso indireto.
 Texto 3
	           As empresas se transformaram profundamente. Modernizaram sua tecnologia e seus métodos de gestão para tornarem-se competitivas e ajustarem-se às exigências da globalização. Mexeram em seus horários em razão dos interesses da produção, mas mantiveram-se, em sua esmagadora maioria, cegas e alheias à existência da vida privada de seus empregados. Parques industriais de última geração não rimam com o impressionante atraso no tratamento do que chamam de capital humano.
          Se, atualmente, em raras empresas, já é aceitável que uma mulher reivindique tempo parcial de trabalho para dedicar-se à família, sem que isso a desqualifique aos olhos  do empregador, o mesmo não acontece com um homem. No caso improvável de uma reivindicação desse tipo, ele seria certamente percebido como portador de alguma característica pelo menos insólita, o que é uma dupla injustiça, porque condena os homens à imobilidade e à impossibilidade de mudança de mentalidade e de vida e as muilieres a assumir sozinhas a vida familiar.
            Os poderes públicos, tão indiferentes quanto as empresas, continuam a encarar as instituições de acolhida a crianças e idosos como se fossem não a obrigação de uma
sociedade moderna e civilizada, mas como um favor feito às mulheres.
            Os argumentos do custo exagerado dessas instituições e do seu peso insuportável em orçamentos precários fazem que a obrigatoriedade do Estado de oferecer as melhores condições de instrução e educação desapareça como prioridade.
            Em relação à vida privada, não mudaram as mentalidades e, conseqüentemente, as responsabilidades não são compartilhadas. Se fossem, forçariam a reorganização do
mundo do trabalho.
                                       (Rosiska Darcy de Oliveira. Reengenharia do tempo.)
3. Acerca das idéias desenvolvidas no texto acima e das estruturas linguísticas nele utilizadas, julgue os próximos itens.
a. (   ) No primeiro parágrafo do texto, a autora aponta a dicotomia entre o desenvolvimento das empresas que efetivaram o processo de modernização e o atraso verificado no regime de  trabalho dos empregados dessas empresas.
b. (   ) Os termos \u201ccegas\u201d \u201crimam\u201d e \u201caos olhos\u201d foram empregados, no texto, em sentido  
     figurado.
c. (  ) A supressão do pronome \u201cse\u201d em \u201cdedicar-se\u201d acarretaria mudança de sentido do perfodo.
d. (  ) Na visão da autora do texto, a priorização de serviços de creches e de atendimento a idosos pelo Estado, bem como a mudança na organização do tempo no trabalho realizada pelas empresas, por si sós, acarretariam transformação no compartilhamento de responsabilidades na vida privada.
 Texto  4        
	          A PETROBRAS aumentou o investimento nos processos ambientais de seu negócio. Em 2007, a empresa investiu R$ 1,7 bilhão em redução de emissões de gases poluentes, gestão de consumo de água e energia. Diminuição do teor de contaminantes nos efluentes liberados para o meio ambiente e outros, que integram os aspectos ambientais das operações da companhia. Em 2006, O investimento havia sido de R$ 1,3 bilhão. A melhoria da qualidade e o desenvolvimento de novos produtos, como os biocombustíveis e outras fontes de energia alternativas, são
acompanhados por investimentos em pesquisa e tecnologia para o aperfeiçoamento do desem-penho ambiental dos processos e produtos da PETROBRAS. A empresa desenvolve e adapta tecnologias que permitam melhorar a ecoeficiência das operações, como técnicas para seqüestro de carbono, tratamento de resíduos sólidos e otimização do consumo de água e de energia. A visão da PETROBRAS é de que as questões ambientais não devem ser ações paralelas
ig ao negócio, mas sim componentes essenciais e prioritários de cada atividade desenvolvida.
                 (Internet: <www.agenciapetrobrasdenoticias.com.br> \u2014 com adaptações)
4.Julgue os próximos itens, acerca do texto apresentado acima.
a.(   ) A idéia principal do texto é a de que a PETROBRAS investe em pesquisas, desenvolve e aplica tecnologias para o aperfeiçoamento do desempenho ambiental dos processos de produção da empresa.
b.(   ) Infere-se das informações do texto que não são necessários novos investimentos na redução das emissões de gases poluentes, no uso racional de água e energia, no tratamento de resíduos sólidos e na diminuição do teor de contaminantes nos efluentes liberados na natureza, pois essas ações já foram adotadas.
c.(   ) A expressão \u201cefluentes\u201d  está sendo empregada com o sentido de resíduo, rejeito.
Texto  5
	Linguagem. S.f 1. O uso da palavra articulada ou escrita como meio de expressão e de comuni-cação entre as pessoas.
              (Aurélio Buarque de H. Ferreira. Novo dicionário da língua portuguesa, p. 1.03).
Texto 6
	        Acho que se compreenderia melhor o funcionamento da linguagem supondo que o sentido é um efeito do que dizemos, e não algo que existe em si, independentemente da enunciação, e que envelopamos em um código também pronto. Poderiam mudar muitas perspectivas: