Relatório Alúmen
12 pág.

Relatório Alúmen


DisciplinaLaboratório de Química Geral127 materiais1.135 seguidores
Pré-visualização1 página
INTRODUÇÃO
	Sabe-se que o alumínio pode ser reciclado e reutilizado de diferentes maneiras, uma delas é a produção de alúmen, um sal muito utilizado.
	Neste relatório, serão mostradas as várias aplicações deste material, bem como a forma de sua produção em laboratório e discussão de dados, resultados e seu rendimento.
\ufffd
TEMA 
Relatório sobre a aula de Laboratório de Química Geral realizada do dia 17 de maio de 2013. 
 PROBLEMA
Produção de alúmen puro.
\ufffd
OBJETIVOS 
 OBJETIVO GERAL
Produzir alúmen.
 OBJETIVOS ESPECIFICOS
- Controlar e observar a cristalização da solução;
- Reutilizar latas de alumínio para produzir um sal; e
- Obter um bom rendimento, com máxima pureza.
\ufffd
MARCO TEÓRICO
AÇÃO DE PRECIPITAÇÃO
	A reação de precipitação produz um produto sólido denominado precipitado.
	O precipitado é um sólido insolúvel que se separa de sua solução durante o processo, e estas ocorrem geralmente em compostos iônicos.
Figura 01- Ilustração uma precipitação
	Os prontos em tons esbranquiçados são os cristais formados pela precipitação.
TRANSFORMAÇÃO DO ALUMÍNIO
O alumínio é um metal nobre, considerado não ferroso e é extraído da bauxita. Apesar da perda de 1% de matéria, a reciclagem do alumínio é de suma importância, já que é preciso cinco toneladas de bauxita para obter-se uma de alumínio.
O Brasil é o país que mais recicla este material, mas também é o que mais consome. 
Além da forma de reciclagem comum, que é a reutilização para produzir outras latas, há também à reciclagem química que caracteriza-se pela transformação do material em laboratório. 
A reação de produção de alúmen estudada em laboratório nada mais é que a reciclagem química do alumínio. 
Figura 02 - Reciclagem comum do alumínio
As latas são prensadas e posteriormente transformadas em materia prima para produção de novas latas.
Figura 03 - Produção do Alúmen (reciclagem química)
\ufffd\ufffd INCLUDEPICTURE "https://encrypted-tbn1.gstatic.com/images?q=tbn:ANd9GcSo13WhRSxC0Ta7dOTJePCagUV2Tz11wWrUTbITgqvB9HIEV3ZVeQ" \* MERGEFORMATINET 
As latas são cortadas, lixadas, pesadas e passam pelo processo químico de transformação do alúmen.
O ALÚMEN E SUA UTILIZAÇÃO
O alúmen é um sulfato duplo de alumínio e potássio. Ele pode ser adquirido de muitas maneiras diferentes. Em pedra, pó e também de forma líquida.
Este se transforma em pedra-ume que é apreciada desde a antiguidade para fins da higiene já que ela tem alto poder de absorção de odores e desinfetante. A pedra-ume é utilizada também como cicatrizante, pois é capaz de coagular o sangue.
Figura 04 - Ilustração de Alúmen na forma comercial
 
 
\ufffd
MATERIAIS
VIDRARIAS
Balança;
Funil de Buchner;
Papel filtro;
Chapa de aquecimento;
Proveta de 250 mL;
Tesoura;
Béquer de 150 mL;
Béquer de 250 mL;
Bastão de vidro;
Kitasato de 500 ml.
REAGENTES
KOH 1,5 M;
H\u2082SO\u2084 9M.
\ufffd
PROCEDIMENTO
\ufffd
DADOS E RESULTADOS
\ufffd
DISCUSSÃO
\ufffd
CONCLUSÃO
Diante do estudo laboratorial e teórico realizado conclui-se que, os materiais recicláveis não precisam necessariamente voltar a ser o que eram antes do processo (latas de alumínio voltar a ser latas de alumínio), mas estas podem se tornar uma matéria muito útil, não somente para as industrias, mas também para as pessoas auxiliando na manutenção de sua saúde, como a pedra-ume mostrada neste, que auxilia na cicatrização de ferimentos.
\ufffd
BIBLIOGRAFIA
CHANG, Raymond. Química Geral: Conceitos Essenciais. São Paulo: Bookman, 2006.
VEIGA, José Eli da. Ciência Ambiental: Primeiros Mestrados. São Paulo: Annablume: FABESP, 1998.
BUNN, Karl. Glossário da Medicina Oculta de Samael Aun Weor. Curitiba: Edisaw, 2012. 
LATERKA, Luciana. A filosofia Experimental na Inglaterra do século XVII: Francis Bacon e Robert Boyle. São Paulo: Associação Editorial Humanistas: FABESP, 2004.
\ufffd PAGE \* MERGEFORMAT \ufffd5\ufffd