7) ANATOMIA (Músculos do tórax e abdomen)
54 pág.

7) ANATOMIA (Músculos do tórax e abdomen)


DisciplinaAnatomia Aplicada à Educação Física119 materiais1.768 seguidores
Pré-visualização2 páginas
*
Alberto Kruschewsky
Prof. Ms. Departamento de Ciências da Saúde - Uesc
*
TÓRAX
Limites:
 Esterno (anteriormente);
 Costelas (lateralmente);
 Coluna vertebral
 (posteriormente).
*
MÚSCULOS DO TÓRAX
*
MÚSCULOS DA REGIÃO PEITORAL
*
PEITORAL MAIOR*
Grande, em forma de leque;
Origem: superfície anterior da metade medial da clavícula, superfície anterior do esterno e seis cartilagens costais, e aponeurose do músculo oblíquo externo do abdome;
Único do grupo a se inserir no úmero;
*
PEITORAL MAIOR*
Inserção: Crista do tubérculo maior do úmero. 
Inervação: Ramos do plexo braquial: Nervo do Peitoral Lateral e Nervo do Peitoral Medial (C5 - T1). 
Ação: Adução, rotação medial, flexão e adução horizontal do ombro. 
*
PEITORAL MENOR*
Atrás do peitoral maior.
Origem: Face externa da 3ª, 4ª e 5ª costelas. 
Inserção: Processo coracóide;
Inervação: 
Plexo Braquial - Nervo do Peitoral Medial (C8 - T1).
Ação: Depressão do ombro e rotação inferior da escápula. 
*
SUBCLÁVIO 
Origem: 1ª costela e cartilagem costal.
Inserção Lateral: Face inferior da clavícula.
Inervação: Nervo do subclávio (C5 - C6). Ação: Depressão da clavícula e do ombro. 
*
SERRÁTIL ANTERIOR
Forma a parede medial da axila;
Origem: Superfície externa das oito costelas superiores;
Inserção: (1) Superfície costal da escápula, ângulo superior; (2) ao longo da borda medial e ângulo inferior;
Inervação: Nervo Torácico Longo. 
Ação: Roda a escápula (ângulo inferior move-se lateralmente). Importante papel na abdução do braço e elevação acima da linha horizontal. Traciona a escápula para frente (ações de lançar e empurrar).
Fonte: NETTER, Frank H.. Atlas de Anatomia Humana. 2ed. Porto Alegre: Artmed, 2000. 
 
*
*
*
INTERCOSTAIS EXTERNOS*
Inserção Superior: Borda inferior do lábio externo da costela suprajacente (superior).
Inserção Inferior: Borda superior da costela subjacente (inferior). 
Inervação: Nervos intercostais correspondentes.
Ação: Elevação das costelas (ação inspiratória). 
*
INTERCOSTAIS INTERNOS*
Inserção Superior: Borda inferior do lábio interno da costela suprajacente (superior). 
Inserção Inferior: Borda superior da costela infrajacente (inferior). 
Inervação: Nervos intercostais correspondentes. 
Ação: Depressão das costelas (ação expiratória). 
Fonte: NETTER, Frank H.. Atlas de Anatomia Humana. 2ed. Porto Alegre: Artmed, 2000. 
 
*
LEVANTADORES DAS COSTELAS
Inserção Superior: Processo transverso da 7ª vértebra cervical à 11ª torácica; 
Inserção Inferior: Face externa da 1ª à 12ª costela; 
Inervação: Nervos intercostais correspondentes; 
Ação: Elevação das costelas (ação inspiratória) e estabilização intercostal. 
*
TRANSVERSO DO TÓRAX
Origem:
Face interna do esterno. 
Inserção:
Face interna da 2 á 6ª cartilagem costais.
Inervação: Nervos intercostais correspondentes. 
Ação: Estabilização da parte antero-inferior do tórax. 
*
MÚSCULOS DO ABDOME*
*
OBLÍQUO EXTERNO DO ABDOME*
Origem: Face externa das 7 últimas costelas. 
Inserção: crista ilíaca, ligamento inguinal e bainha do reto abdominal. 
Inervação: 4 últimos nervos intercostais, nervo ílio-hipogástrico e ílio-inguinal. 
Ação: Proteção (vísceras abdominais), pressão intra-abdominal, flexão homolateral do tronco/rotação contralateral do tronco.. 
 
*
*
OBLÍQUO INTERNO DO ABDOME*
Origem: Crista ilíaca, fáscia toracolombar e ligamento inguinal. 
Inserção: 3 últimas cartilagens costais, crista do púbis e linha alba. 
Inervação: 4 últimos nervos intercostais, nervo ílio-hipogástrico e ílio-inguinal. 
Ação: Idem ao Oblíquo Externo, porém realiza rotação do tórax para o mesmo lado. 
Fonte: NETTER, Frank H.. Atlas de Anatomia Humana. 2ed. Porto Alegre: Artmed, 2000. 
 
*
*
TRANSVERSO DO ABDOME*
Origem: Face interna das últimas 6 cartilagens costais, fáscia toracolombar, crista ilíaca e ligamento inguinal. 
Inserção: Linha alba nos ¾ superiores. 
Inervação: 5 últimos intercostais, nervo ílio-hipogástrico e ílio-inguinal. 
Ação: Aumento da pressão intra-abdominal e estabilização da coluna lombar. 
*
 RETO ANTERIOR DO ABDOME*
Origem: Face externa e inferior da 5ª à 7ª cartilagens costais e processo xifóide. 
Inserção: Corpo do púbis e sínfise púbica. 
Inervação: 5-7 últimos nervos intercostais. 
Ação: Aumento da pressão intra-abdominal (Expiração, Vômito, Defecação, Micção e no parto). 
Flexão do tronco, comprime o abdome e auxilia na expiração forçada.
Fonte: NETTER, Frank H.. Atlas de Anatomia Humana. 2ed. Porto Alegre: Artmed, 2000. 
 
*
PIRAMIDAL DO ABDOME*
Origem: Corpo do púbis e ligamento púbico anterior. 
Inserção: Linha alba. 
Inervação: 12º torácico. 
Ação: Tensionar a linha 
alba. 
*
Fonte: NETTER, Frank H.. Atlas de Anatomia Humana. 2ed. Porto Alegre: Artmed, 2000. 
 
*
DIAFRAGMA* 
Mais importante músculo da respiração.
Origem: Face interna das 6 últimas costelas, face interna do processo xifóide e corpos vertebrais das vértebras lombares superiores. 
Inserção: No tendão central (aponeurose). 
Inervação: Nervo Frênico (C3 - C5) e 6 últimos nervos intercostais (propriocepção).
Ação: Inspiratória (diminui a pressão interna da caixa torácica - entrada do ar nos pulmões = estabilização da coluna vertebral e expulsões (defecação, vômito, micção e parto). 
*
*
QUADRADO LOMBAR (posterior)
Inserção Superior: 12ª costela e processo transverso de1ª a 4ª vértebras lombares. 
Inserção Inferior: Crista ilíaca e ligamento ileolombar. 
Inervação: 12º nervo intercostal e L1.
Ação: Inclinação homolateral do tronco e depressão da 12ª costela; 
*
ÍLIOPSOAS*
Ilíaco: 
Origem: 2/3 superiores da fossa ilíaca, crista ilíaca e asa do sacro. 
Inserção Inferior: Trocânter menor. 
Inervação: Nervo Femural (L2 - L3). 
Ação: Flexão de quadril, anteroversão da pelve e flexão da coluna lombar (30° - 90°).
 
*
ÍLIOPSOAS*
Psoas Maior:
Inserção Superior: Processo transverso das vértebras lombares, corpos e discos intervertebrais das últimas torácicas e todas lombares. 
Inserção Inferior: Trocânter menor. 
Inervação: Nervo superior e inferior do músculo psoas maior (L1 - L3). 
Ação: Flexão da coxa, flexão da coluna lombar (30° - 90°) e inclinação homolateral. 
*
Fonte: NETTER, Frank H.. Atlas de Anatomia Humana. 2ed. Porto Alegre: Artmed, 2000. 
 
*
PSOAS MENOR
Inserção Superior:
Corpo vertebral de T12 e L1. 
Inserção Inferior:
Eminência iliopectínea Inervação: L1. 
Ação: Flexão da pelve e coluna lombar.
*
LEVANTADOR DO ÂNUS (inferior)
Duas partes:
-Pubococcígeo;
-Iliococcígeo .
Origem: Entre o ramo superior do púbis e espinha isquiática. Inserção: Cóccix, esfíncter do ânus e no ponto tendíneo central do períneo. 
Inervação: Plexo Pudendo (S3 - S5). 
Ação: Suporta e eleva ligeiramente o soalho pélvico, resistindo à pressão intra-abdominal aumentada, como durante a expiração forçada. 
*
ISQUIOCOCCÍGEO (inferior)
Origem: Ápice da espinha do ísquio e do ligamento sacroespinhal.
Inserção: Margem do cóccix e na face lateral do sacro Inervação: Plexo Pudendo (S4 - S5) Ação: Traciona o cóccix ventralmente, suportando o soalho pélvico contra a pressão intra-abdominal .
*
Alberto Kruschewsky
*
Fonte: NETTER, Frank H.. Atlas de Anatomia Humana. 2ed. Porto Alegre: Artmed, 2000. 
 
Vista posterior: camada superficial
*
TRAPÉZIO*
Grande, triangular, situa-se superficialmente no dorso do pescoço e tórax. Responsável pela borda inclinada do pescoço.
Origem: Linha nucal superior, ligamento nucal e processos espinhosos da C7 a T12. 
Inserção: Borda posterior da clavícula, acrômio e espinha da escápula. 
*
TRAPÉZIO*
Inervação: Nervo Acessório (XI par craniano) e nervo do trapézio (C3 - C4). 
Ação: Suas fibras mantêm os ombros fixos ao puxarem a escápula para trás. Sua fraqueza resulta em queda nos ombros.