wagner-luiz-teodoro-depressao-corpo-mente-e-alma

wagner-luiz-teodoro-depressao-corpo-mente-e-alma


DisciplinaLivros17.014 materiais92.469 seguidores
Pré-visualização44 páginas
anticoncepcionais, drogas utilizadas em pacientes portadores 
do vírus HIV, transplantados e usuários de antidepressivos 
ligados à ação da serotonina. 
 
VALERIANA (Valeriana Officinalis): Recomendada para os 
casos de insônia e ansiedade. 
 
KAVA-KAVA (Piper Methysticum): Possui propriedades 
ansiolíticas. 
DAMIANA (Turnera Diffusa): Indicada para combater o 
efeito de disfunção sexual causado pelo uso de 
antidepressivos. 
 
GINSENG (Panax Ginseng): Indicada para combater o 
estresse. 
 
GINKO BILOBA (Ginkgo Biloba): Indicada para combater 
problemas sexuais que surgem como efeito colateral do uso de 
antidepressivos. 
 
MULUNGU (Erytrina Mulungu): Usada no combate à 
ansiedade, insônia e estresse. 
 
 
FLORAIS DE BACH 
 
Embora os florais de Bach sejam freqüentemente 
associados à homeopatia e à fitoterapia, são aqui destacados 
em função de seus objetivos e de seu processo de atuação. 
Florais de Bach são essências, ou seja, extratos 
líquidos sutis de flores, usados para restaurar o equilíbrio 
Wagner Luiz Garcia Teodoro 
~ 152 ~ 
 
emocional. Foram descobertos pelo patologista e homeopata 
inglês Dr. Edward Bach (1886-1936). 
As essências florais têm a propriedade de atuar junto 
aos centros vitais (chakras), levando indiretamente ao 
reequilíbrio do funcionamento de órgãos e glândulas. Podem 
ser usadas por pessoas de qualquer idade e não oferecem 
incompatibilidade com outros medicamentos, sejam eles 
alopáticos ou homeopáticos. 
Pode-se associar mais de uma essência, de acordo com 
a recomendação do Terapeuta Floral. 
Entre as 38 essências florais descobertas pelo Dr. 
Bach, listaremos aqui apenas aquelas que possuem maior 
sintonia com os casos de depressão, com suas respectivas 
indicações: 
 
GORSE: desesperança, desânimo, pessimismo. 
OAK: estresse, trabalha até a exaustão. 
WILD ROSE: indiferença com a vida, desesperança. 
ROCK WATER: rigidez excessiva consigo. 
HOLLY: ressentimento, inveja, ciúme, raiva, abandono. 
WHITE CHESTNUT: insônia, ansiedade, preocupação. 
BEECH: intolerância, rigidez, críticas, julgamento. 
ROCK ROSE: medo agudo, ansiedade, pânico. 
ASPEN: medo do desconhecido, ansiedade. 
PINE: auto-punição, culpa, não se perdoa. 
SWEET CHESTNUT: angústia extrema, desespero. 
MUSTARD: depressão sem causa aparente, melancolia. 
LARCH: medo do fracasso, falta de confiança em si. 
GENTIAN: pessimismo, desânimo diante de obstáculos. 
CHERRY PLUM: medo de perder o controle, suicídio. 
AGRIMONY: tristeza com máscara de alegria, suicídio. 
ELM: perfeccionismo, medo de decepcionar os outros. 
Depressão: corpo, mente e alma 
~ 153 ~ 
 
WILLOW: ressentimento, raiva contida, vitimismo. 
IMPATIENS: insônia, impaciência, intolerância. 
CRAB APPLE: mania de limpeza, sensação de impureza. 
CENTAURY: anulação de si, não sabe dizer não. 
 
Além dos florais já citados, existe também uma 
associação de 5 essências denominada RESCUE REMEDY, 
ou seja, remédio de emergência. Esta associação é indicada 
para crises ansiedade e é composta pelas seguintes essências 
Cherry Plum, Impatiens e Rock Rose, já descritos, além de 
Clematis (para a sensação de estar distante, que precede a 
inconsciência) e Star of Bethlehem (para situações 
traumáticas). 
 
 
ATIVIDADE FÍSICA 
 
A atividade física bem orientada é extremamente 
benéfica à saúde física e mental. Entre seus efeitos, estão: 
 
\uf0b7 aumento da energia e da vitalidade 
\uf0b7 aumento da capacidade cardiovascular 
\uf0b7 redução dos riscos de osteoporose e hipertensão 
\uf0b7 melhora do apetite 
\uf0b7 redução da irritabilidade 
\uf0b7 alívio do estresse 
\uf0b7 melhora da qualidade do sono 
\uf0b7 aumento do tônus muscular 
 
Em relação aos reflexos no campo emocional, a 
atividade física estimula a produção de endorfina e 
feniletilamina, substâncias químicas cerebrais relacionadas à 
Wagner Luiz Garcia Teodoro 
~ 154 ~ 
 
sensação de bem-estar. Pesquisas revelam que pessoas 
deprimidas, tratadas com antidepressivos e que praticam 
exercícios físicos têm menor probabilidade de recaída do que 
aquelas que só usam a medicação. 
Outro aspecto importante é que a melhora da 
capacidade cardiovascular diminui os riscos de problemas 
cardíacos, uma tendência dos deprimidos. Além disso, a 
melhora da aparência, da energia e da condição estética fazem 
aumentar a auto-estima. 
É comum que o deprimido não tome a iniciativa do 
exercício, sendo às vezes necessário que alguém o estimule e 
o acompanhe. Entre os exercícios indicados, fazer caminhadas 
diariamente com duração entre 40 minutos à 1 hora, pode ser 
de grande ajuda nos casos de depressão. 
No campo das atividades físicas, outra situação que 
favorece a recuperação do deprimido é a prática de esportes 
que permitam a expressão da raiva e da agressividade, como 
as situações de disputa e de luta, entre outras. Ao manifestar 
sua agressividade, a pessoa tende a preparar 
involuntariamente o corpo e 
a mente para a luta e isso 
pode fazer movimentar a 
energia antes estagnada pelo 
quadro depressivo, trazendo 
um impulso ao tratamento. 
 
 
 
 
 
 
 
Depressão: corpo, mente e alma 
~ 155 ~ 
 
TRABALHO CORPORAL 
 
A postura corporal do deprimido, freqüentemente, é 
marcada pela coluna curvada, ombros caídos e cabeça baixa, 
impedindo que o olhar busque um contato mais amplo com o 
mundo à sua volta. São nítidas a expressão de isolamento e a 
falta de ânimo, energia e esperança. 
Na tentativa de estimular a reação de um amigo, não 
raras vezes observa-se alguém dizendo frases de incentivo: 
\u201cLevante essa cabeça!\u201d; \u201cArrume essa postura!\u201d; \u201cOlhe para 
cima!\u201d. É provável que as pessoas não tenham noção da 
profundidade desses conselhos. 
A psicoterapia corporal (bioenergética) revela que o 
despertar do corpo através de exercícios que aumentam o 
contato e a percepção da pessoa em relação a si mesma, pode 
provocar experiências emocionais que favorecem sua 
revitalização ou reenergização. 
Ao corrigir a postura e erguer o olhar, o deprimido 
melhora o fluxo energético de seu corpo, amplia sua 
respiração e experimenta uma valiosa expansão do contato 
visual com o mundo que o cerca, alterando sua percepção e 
seus pensamentos. Como complemento ao tratamento da 
depressão, é bom que se faça diariamente uma caminhada 
num ritmo mais acelerado que o normal, mantendo o olhar 
sempre adiante, como quem tem foco em um objetivo 
importante a ser alcançado. Esse recurso, aparentemente 
simples, pode trazer resultados surpreendentes. 
Além da correção da postura, existem outros trabalhos 
corporais capazes de influenciar a melhora do quadro 
depressivo. Entre eles estão os exercícios de alongamento, 
principalmente do pescoço e das regiões peitoral e abdominal, 
que ajudam a ampliar e aprofundar a respiração. Outras 
Wagner Luiz Garcia Teodoro 
~ 156 ~ 
 
formas de influenciar uma reação emocional positiva 
envolvem: pular, gritar, espernear e sapatear. Estes exercícios 
são capazes de gerar respostas psíquicas e fisiológicas. 
As atividades corporais citadas acima, certamente são 
de grande auxílio no tratamento da depressão, por 
proporcionarem à reativação do fluxo energético. 
 
 
BANHO DE SOL 
 
A luz