Várias respostas sobre JAVA
30 pág.

Várias respostas sobre JAVA


DisciplinaAlgoritmos e Programação 2141 materiais3.785 seguidores
Pré-visualização8 páginas
Executando esse comando sobre um arquivo que 
contém código nessa linguagem, é gerado um segundo arquivo contendo código-binário. Esse 
arquivo de código-binário é utilizado para a execução do programa. O comando básico para 
compilar seu código é: javac NomeDoArquivo.java. Um arquivo contendo um programa na 
linguagem Java deve ter a extensão .java. No exemplo de compilação apresentado acima, o nome do 
arquivo que contém o código-fonte em Java chama-se NomeDoArquivo.java. 
Usando o comando JAVA 
O executável java é a Máquina Virtual Java, ou seja, é o programa responsável pela execução do 
código compilado pelo javac. Para executar um programa, o comando é: java NomeDoArquivo. 
Com isso, você está instruindo o interpretador java a executar o código contido no arquivo 
NomeDoArquivo.class. Note que a extensão .class deve ser omitida. 
Tipos de dados 
Veja na tabela 3.1 os tipos de dados primitivos da linguagem Java. 
Tabela 3.1 
Inteiros 
Tipo Tamanho/Formato Descrição 
byte 8 bits Inteiro do comprimento de um byte 
short 16 bits Inteiro curto 
int 32 bits Inteiro 
long 64 bits Inteiro longo 
 
Reais 
Tipo Tamanho/Formato Descrição 
float 32 bits IEEE 754 Ponto flutuante de precisão simples 
double 64 bits IEEE 754 Ponto flutuante de precisão dupla 
 
 
Outros 
Tipo Tamanho/Formato Descrição 
char 16 bits (Unicode) Um caractere 
boolean true ou false Valor booleano (verdadeiro ou falso) 
 
 
Tabela 3.1 - Qualificadores nas linguagens Java e C++ 
Escopo 
O escopo define onde uma variável é acessível durante a execução de um sistema e quando a 
variável é criada e destruída. A localização de uma variável dentro do programa estabelece seu 
escopo. Existem quatro categorias de escopo de variáveis na linguagem Java, são elas: 
1. Variável membro. 
2. Variável local. 
3. Parâmetro de métodos. 
4. Parâmetro do manipulador de exceções. 
Tabela 3.2 
Operador Uso Descrição 
+ op1 + op2 Soma op1 e op2 
 
 
- op1 - op2 Subtrai op2 de op1 
* op1 * op2 Multiplica op1 por op2 
/ op1 / op2 Divide op1 por op2 
% op1 % op2 Módulo (resto da divisão) de op1 por op2 
 
Tabela 3.2 - Tabela de operadores binários na linguagem Java 
Escopo.java 
public class Escopo extends Object 
{ 
 private int atributo_classe = 10; 
 public Escopo() 
 { 
 int variavel_metodo = 9; 
 System.out.println(\u201cA variável da classe fica acessível na execução do 
objeto\u201d); 
 System.out.println(atributo_classe); 
 System.out.println(\u201c\nA variável de método morre após a execução do 
método\u201d); 
 System.out.println(variavel_metodo); 
 } 
 public void escopo1() 
 { 
 System.out.println(\u201cNão foi declarada a variável x portanto não posso 
acessá-la\u201d); 
 int x = 67; 
 System.out.println(\u201cAgora a variável x fica ativa até o final do método 
=> \u201c+x); 
 } 
 public void escopo2() 
 { 
 // mesmo nome do atributo de classe 
 int atributo_classe = 4; 
 System.out.println(\u201cSe quiser acessar o atributo de classe deve-se 
utilizar\u201d); 
 System.out.println(\u201c this.atributo_classe => \u201c+this.atributo_classe); 
 System.out.println(\u201cSem usar this acesso a variável deste método\u201d); 
 System.out.println(atributo_classe); 
 } 
 public static void main(String args[]) 
 { 
 Escopo e = new Escopo(); 
 e.escopo1(); 
 e.escopo2(); 
 } 
} 
 
A tabela 3.3 apresenta os operadores unários da linguagem Java. Esses operadores atuam sempre 
sobre um único operando, tal como a adição de uma unidade sobre um operando. 
Tabela 3.3 
Operador Uso Descrição 
++ op++ Incremente op em 1; utiliza o valor de op antes de realizar o incremento 
 
 
++ ++op Incrementa op em 1; utiliza o valor de op após realizar o incremento 
 
 
-- op-- Decrementa op em 1; utiliza o valor de op antes de fazer o decremento 
 
 
-- --op Decrementa op em 1; utiliza o valor de op após realizar o decremento 
 
 
 
Tabela 3.3 - Tabela de operadores unários na linguagem Java 
A tabela 3.4 apresenta os operadores relacionais e condicionais da linguagem Java. Esses 
operadores podem ser utilizados em estruturas condicionais tal como \u201cse a > b então execute algo\u201d. 
Tabela 3.4 
Operador Uso Retorna verdadeiro se... 
> op1 > op2 op1 é maior que op2 
>= op1 >= op2 op1 é maior ou igual a op2 
< op1 < op2 op1 é menor que op2 
<= op1 <= op2 op1 é menor ou igual a op2 
== op1 == op2 op1 e op2 são iguais 
!= op1 != op2 op1 e op2 não são iguais 
 
Tabela 3.4 - Tabela de operadores condicionais e relacionais na linguagem Java 
A tabela 3.5 apresenta os operadores binários condicionais da linguagem Java. Esses operadores são 
utilizados em estruturas condicionais onde se deve verificar se um ou mais operandos são 
verdadeiros ou falsos. 
Tabela 3.5 
Operador Uso Retorna verdadeiro se... 
&& op1 && op2 op1 e op2 são verdadeiros, avalia condicionalmente op2 
|| op1 || op2 op1 ou op2 é verdadeiro, avalia condicionalmente op2 
! !op op é falso 
& op1 & op2 op1 e op2 são ambos verdadeiros, sempre avalia op1 e op2 
| op1 | op2 op1 ou op2 é verdadeiro, sempre avalia op1 e op2. 
 
Tabela 3.5 - Tabela de operadores binários condicionais na linguagem Java 
A tabela 3.6 apresenta os operadores de bits da linguagem Java. Esses operadores atuam sobre o 
conteúdo binário dos operandos. 
Tabela 3.6 
Operador Uso Operação 
>> op1 >> op2 Gira os bits de op1 para a direita na distância de op2 
<< op1 << op2 Gira os bits de op1 para a esquerda na distância de op2 
>>> 
op1 >>> 
op2 
Gira os bits de op1 para a direita na distância de op2 (unsigned - sem 
sinal) 
& op1 & op2 Operação lógica AND 
| op1 | op2 Operação lógica OR 
^ op1 ^ op2 Operação lógica XOR 
~ ~op2 Complemento dos bits 
 
Tabela 3.6 - Tabela de operadores sobre bits na linguagem Java 
A tabela 3.7 apresenta os operadores de equivalência da linguagem Java. Esses operadores podem 
ser utilizados como recurso opcional da linguagem. 
Tabela 3.7 
Operador Uso Equivalente a... 
+= op1 += op2 op1 = op1 + op2 
-= op1 -= op2 op1 = op1 - op2 
*= op1 *= op2 op1 = op1 * op2 
/= op1 /= op2 op1 = op1 / op2 
%= op1 %= op2 op1 = op1 % op2 
&= op1 &= op2 op1 = op1 & op2 
|= op1 |= op2 op1 = op1 | op2 
^= op1 ^= op2 op1 = op1 ^ op2 
<<= op1 <<= op2 op1 = op1 << op2 
>>= op1 >>= op2 op1 = op1 >> op2 
>>>= op1 >>>= op2 op1 = op1 >>> op2 
 
Tabela 3.7 - Tabela de operadores de equivalência na linguagem Java 
Operacoes.java 
public class Operacoes extends Object 
{ 
 public void calculos() 
 { 
 int x = 10; 
 int y = 9; 
 
 double resultado = ((((x + y) * y) / x) - y) % 3; 
 System.out.println(\u201cResultado => \u201c+resultado); 
 } 
 public void operadoresUnarios() 
 { 
 int x = 1; 
 int y = 1; 
 int k = 10; 
 int z = 10; 
 
 for (int m = 0; m < 5; m++) 
 } 
 public void operadoresRelacionais() 
 { 
 int x = 10; 
 int y = 9; 
 
 if (x > y) 
 { 
 System.out.println(\u201cX maior que Y\u201d); 
 } 
 
 if (x != y) 
 { 
 System.out.println(\u201cX diferente de Y\u201d); 
 } 
 // outra forma de if 
 // se x > y então k recebe 3 senão k recebe 7 
 float k = x > y ? 3 : 7; 
 
 System.out.println(\u201cValor de K =>\u201d +k); 
 
 if (4 == 4) 
 { 
 System.out.println(\u201c4 igual a 4\u201d); 
 } 
 } 
 
 public void operacoesAtribuicao() 
 { 
 int x = 10; 
 
 System.out.println(\u201cValor original => \u201c+x); 
 x += 10; 
 System.out.println(\u201cValor após soma com atribuição => \u201c+x); 
 x -= 5; 
 System.out.println(\u201cValor