Leitura e Producao Textual
61 pág.

Leitura e Producao Textual


DisciplinaInterpretação e Produção de Textos1.603 materiais18.332 seguidores
Pré-visualização14 páginas
Federais 
(TRF\u2019s)
Excelentíssimo Senhor 
(cargo respectivo)
Vossa Excelência V.Exª
Presidente e Membros dos 
Tribunais de Justiça
Excelentíssimo Senhor 
(cargo respectivo)
Vossa Excelência V.Exª
53
 Curso de Graduação a Distância
AUTORIDADES DO PODER 
LEGISLATIVO
ENDEREÇAMENTO EM 
ENVELOPES PESSOALMENTE ABREV.
Presidente, Vice-Presidente 
e Membros da Câmara dos 
Deputados e do Senado Federal.
Excelentíssimo Senhor 
(cargo respectivo)
Vossa Excelência V.Exª
Deputados Federais e Estaduais Excelentíssimo Senhor Deputado Vossa Excelência V.Exª
Presidente e Membros de 
Tribunal de Contas da União e 
dos Estados
Excelentíssimo Senhor
(cargo respectivo)
Vossa Excelência V.Exª
Presidente e Membros das 
Câmaras Municipais
Excelentíssimo Senhor
(cargo respectivo)
Vossa Excelência V.Exª
AUTORIDADES DO 
MINISTÉRIO PÚBLICO E 
DEFENSORIA PÚBLICA
ENDEREÇAMENTO EM 
ENVELOPES PESSOALMENTE ABREV.
Procurador-Geral da República e 
Membros da Procuradoria-Geral 
da República
Excelentíssimo Senhor 
Procurador-Geral da República
Vossa Excelência V.Exª
Procurador-Geral de Justiça e 
Membros da Procuradoria-Geral 
de Justiça
Excelentíssimo Senhor 
Procurador-Geral de Justiça
Vossa Excelência V.Exª
Defensor Público Geral e 
Membros da Defensoria Pública
Excelentíssimo Senhor 
Defensor Público Geral
Vossa Excelência V.Exª
AUTORIDADES 
ECLESIÁSTICAS
ENDEREÇAMENTO EM 
ENVELOPES PESSOALMENTE ABREV.
Papa Santíssimo Padre Vossa Santidade V. S
Cardeais Eminentíssimo Senhor Cardeal
Vossa Eminência 
Reverendíssima
V. Em.ª 
Rev.ª
Arcebispos e Bispos Reverendíssimo Senhor
Vossa Excelência 
Reverendíssima
V.Ex.ª 
Rev.ª
Monsenhorias, Cônegos e 
Superiores Religiosos.
Reverendíssimo Senhor
Vossa 
Reverendíssima
V.Rev.ª
Sacerdotes, Clérigos e demais 
Religiosos.
Reverendo Senhor Vossa Reverência V.Rev.ª
AUTORIDADES 
MONÁRQUICAS
ENDEREÇAMENTO EM 
ENVELOPES PESSOALMENTE ABREV.
Reis e Imperadores
Sua Majestade 
Sua Majestade Imperial
Vossa Majestade V.M.
Príncipes
Sua Alteza
Sua Alteza Real
Sua Alteza Sereníssima
Vossa Alteza V.A.
54
Leitura e Produção Textual
OUTROS TÍTULOS ENDEREÇAMENTO EM ENVELOPES PESSOALMENTE ABREV.
Dom Digníssimo Dom Vossa Senhoria V. Sª
Doutor (a) Senhor(a) Doutor(a) Doutor(a) Dr./Dra.
Comentador(a) Senhor Comentador Comentador Com.
Professor(a) Senhor(a) Professor(a) Professor(a) Prof./Profª
FORMAS DE TRATAMENTO ABREV. VOCATIVO
Vossa Excelência V.Ex.ª Excelentíssimo Senhor
Vossa Senhoria V.S.ª Senhor
Vossa Magnificência V.Mag.ª Magnífico Reitor
Vossa Santidade V.S. Santíssimo Padre
Vossa Eminência ou
Vossa Eminência Reverendíssima
V.Em.ª ou 
V.Em.ª Rev.ª
Eminentíssimo Senhor
Vossa Excelência Reverendíssima V.Ex.ª Rev.ª Reverendíssimo Senhor
Vossa Reverendíssima ou 
Vossa Senhoria Reverendíssima
V.Rev.ª ou 
V.S.ª Ver.ª
Reverendíssimo Senhor
Vossa Reverência V.Rev.ª Reverendo Senhor
NÍVEIS
EXÉRCITO
ABREVIATURA POSTO OU GRADUAÇÃO
OFICIAIS-GENERAIS
Mar. Marechal*
Gen. Ex. General-de-Exército
Gen. Div General-de-Divisão
Gen. Bda. General-de-Brigada
OFICIAIS
 SUPERIORES
Cel. Coronel
Ten. Cel. Tenente-Coronel
Maj. Major
OFICIAIS INTERMEDIÁRIOS Cap. Capitão
OFICIAIS 
SUBALTERNOS
1º Ten Primeiro-Tenente
2º Tem Segundo-Tenente
Asp Aspirante-a-Oficial
GRADUADOS
ST ou Subten Subtenente
1º Sgt. Primeiro-Sargento
2º Sgt. Segundo-Sargento
3º Sgt. Terceiro-Sargento
Cb. Cabo
Sd. Soldado
55
 Curso de Graduação a Distância
NÍVEIS
MARINHA
ABREVIATURA POSTO OU GRADUAÇÃO
OFICIAIS-GENERAIS
Alte. Almirante*
Alte. Esq. Almirante-de-Esquerda
V. Alte Vice-Almirante
C. Alte. Contra-Almirante
OFICIAIS
 SUPERIORES
CMG Capitão-de-Mar-e-Guerra
CF Capitão-de-Fragata
CC Capitão-de-Corveta
OFICIAIS INTERMEDIÁRIOS CT Capitão-Tenente
OFICIAIS 
SUBALTERNOS
1º Ten. Primeiro-Tenente
2º Ten. Segundo-Tenente
GM Guarda-Marinha
GRADUADOS
SO Suboficial
1º Sgt. Primeiro-Sargento
2º Sgt. Segundo-Sargento
3º Sgt. Terceiro-Sargento
Cb. Cabo
MN Marinheiro
NÍVEIS
EXÉRCITO
ABREVIATURA POSTO OU GRADUAÇÃO
OFICIAIS-GENERAIS
Mar. Ar. Marechal-do-Ar*
Ten. Brig. Tenente-Brigadeiro
Maj. Brig. Major-Brigadeiro
Brig. Brigadeiro
OFICIAIS
 SUPERIORES
Cel. Coronel
Ten. Cel. Tenente-Coronel
Maj. Major
OFICIAIS INTERMEDIÁRIOS Cap. Capitão
OFICIAIS 
SUBALTERNOS
1º Ten Primeiro-Tenente
2º Tem Segundo-Tenente
Asp Aspirante-a-Oficial
GRADUADOS
SO Suboficial
1º Sgt. Primeiro-Sargento
2º Sgt. Segundo-Sargento
3º Sgt. Terceiro-Sargento
Cb. Cabo
Sd. Soldado
* Esses postos só existem em períodos de guerra
(Fonte: Manual de Redação da Assembléia Legislativa de Minas Gerais)
56
Leitura e Produção Textual
DICAS (RODRIGUES, 2006, 24):
\u2022 Construa frases curtas;
\u2022 Prefira o simples ao complexo;
\u2022 Amplie seu vocabulário;
\u2022 Evite palavras desnecessárias;
\u2022 Proponha ação nos verbos;
\u2022 Associe-se à experiência de seu leitor;
\u2022 Use palavras que o leitor possa entender;
\u2022 Faça amplo uso das variações;
\u2022 Escreva como se fala;
\u2022 Exprima e não impressione.
4. O E-MAIL OU CORREIO ELETRÔNICO
Ágil, flexível, moderna \u2013 são adjetivos relacionados a este tipo de correspondência. Num mundo cuja 
necessidade de se obter respostas o mais rápido possível impera, o e-mail supre esta função. Seu formato 
pode ser comparado a uma carta comercial na versão digital, onde campos obrigatórios desta se apresentam 
em outros campos: emissor, destinatário, assunto, anexos, data etc. É uma correspondência menos rígida, 
mas, como veicula a imagem da empresa, requer os cuidados com formalidade (embora esta possa oscilar 
conforme os públicos), com a correta grafia da língua portuguesa e com os cuidados ao anexar os documentos.
Confira um modelo a seguir:
De: Tereza
Para: Eric, Alberto, José 
Assunto: Reunião 
Pessoal,
Estou confirmando nossa reunião de quinta-feira, às 14h. Não se atrasem, pois temos vários 
assuntos para analisar. Vocês estão sabendo que as conclusões deverão ser apresentadas à 
diretoria na próxima segunda-feira, portanto, tragam já os assuntos estudados.
Saudações,
Tereza. 
OBS.: Valor documental
Nos termos da legislação em vigor, para que a mensagem de correio eletrônico tenha valor documental, 
isto é, para que possa ser aceito como documento original, é necessário existir certificação digital que ateste 
a identidade do remetente, na forma estabelecida em lei.
57
 Curso de Graduação a Distância
DESAFIO:
1. Sobre as tendências modernas de correspondência comercial, avalie os dois modelos abaixo e aponte, 
pelo menos, 02 (duas) diferenças entre o modelo antigo (à esquerda) e a proposta moderna (à direita).
13/2008 São Luís, 18 de abril de 2008.
Ilmos. Srs.
M.M Arruda
Caixa Postal 355
São Luís \u2013 MA
Prezados Senhores:
Desejamos acusar o recebimento do seu 
prezado favor, datado de março próximo passado, 
ao encaminhar-nos as mercadorias solicitadas.
Outrossim, informamos que as mercadorias em 
referência chegaram em perfeitas condições.
Sem mais para o momento, subscrevemo-nos.
Atenciosamente,
SUPERMERCADOS BRASIL
CARLOS CUNHA
Gerente
GER 13 
São Luís, 18 de abril de 2008.
À
M.M Arruda
Prezados Senhores,
Informamos o recebimento das mercadorias 
solicitadas, ressaltando que elas chegaram 
em perfeitas condições.
Atenciosamente,
Carlos Cunha
Gerente
ATIVIDADE DE APRENDIZAGEM: 
QUESTÃO 01: (FADESP - 2009 - Pref. de Conceição do Araguaia/PA)
Há características de ofício em
a) \u201dImpossível enviar documentação VG motivo atraso pagamento 
mensalidade PT. Favor enviar recibo assinado urgente PT\u201d. 
b) \u201cIlmo Senhor Diretor da E. E. XYZ, Solicitamos a V.S.ª permissão para 
utilizar, nos dias 14