PCI-1 - Promoção de Saúde e SUS
34 pág.

PCI-1 - Promoção de Saúde e SUS


DisciplinaA Crianca, A Escola e Eu20 materiais77 seguidores
Pré-visualização2 páginas
*
Promoção da Saúde do Escolar no contexto do SUS- Aspectos Programáticos e Conceituais 
Ivone Evangelista Cabral
Doutora em Enfermagem. EEAN/UFRJ
Pós-doutorado em Saúde Mental e Psquiatria Transcultural \u2013 McGill University
Pesquisadora CNPq
*
Plano de aula
Ao final da aula, os alunos deverão ser capazes de:
Apresentar os aspectos pragmáticos da promoção da saúde no contexto do Sistema Único de Saúde;
Relacionar as ações pragmáticas de promoção a saúde do escolar.
Apresentar os aspectos conceituais da promoção da saúde no contexto do Sistema Único de Saúde;
Compreender saúde como um direito de cidadania no contexto do Sistema Único de Saúde;
Situar a promoção da saúde no contexto do Sistema Único de Saúde
*
Aspectos Pragmáticos
Da dimensão prática para a dimensão teórica
*
Ações de Promoção da Saúde na Escola /Escolas Promotoras de Saúde
Por que a Escola?
Conhecimento (saber como tecnologia)
Escola (como cenário)
*
CONCEITO DE SUJEITO - ESCOLAR
Ter sempre como eixo o crescimento e desenvolvimento dos escolares, que lhe confere a especificidade e a vulnerabilidade próprias 
 =
Dessa forma, a atenção à saúde para essa idade da vida deve ter como foco estratégias que concorram não somente para a superação dos danos físicos, mas que ao enfrentarem também seus determinantes propiciem o cuidado integral.
Portanto, é estratégico direcionar ações e atividades vinculadas aos espaços da vida cotidiana e à organização de conteúdos voltados para o atendimento das demandas destes atores para que comecem a desenvolver suas relações com a saúde 
*
Da Saúde Escolar às Escolas Promotoras de Saúde
Processo educativo participativo que favoreça o desenvolvimento de competência pró-ativa medianteelaboração de um marco lógico de experiéncias que envolvam as práticas e saberes dos sujeitos saberes, bem como considere seu contexto (político, social, cultural) e sua historia de vida. 
*
AÇÕES PROMOTORAS DE SAUDE NO CONTEXTO DA ESCOLA
*
De volta ao começo...
Pontos para reflexão 
Como contribuir para ampliar nas escolas as experiências pedagógicas de promoção da saúde?
A maioria das escolas desenvolve ações de promoção da saúde voltadas para a comunidade?
As comunidades escolares são participativas?
Como iniciar uma ação mobilizadora que envolva a comunidade escolar num trabalho de resgate da cidadania e saúde?
O que é uma escola promotora de saúde?
ATIVIDADES FÍSICAS
*
AVALIAÇÃO DE SAÚDE
*
AVALIAÇÃO DE SAÚDE
*
PROMOVER A ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL NO CONTEXTO DA ESCOLA
*
CONVIVENCIA SOCIAL
*
Aspectos conceituais
*
Por onde desenvolveremos nossas ideas
Reflexão sobre o conceito de saúde associado a bens de consumo: os medicamentos, os seguros \u2013 saúde, os exercícios físicos, as academias, etc. E assim entendido numa sociedade como a brasileira, enquanto:
Saúde vinculado à ideia de doença, à morte, à dor, ao desprazer, à fraqueza ou à feiúra....
\u2260
Reflexão sobre o conceito de saúde vinculado à ideia de qualidade de vida
*
A saúde na Constituição de 1988
Artigo 196: \u201cA saúde é um direito de todos e dever do Estado...\u201d.
 A saúde como bem coletivo;
 O conceito de saúde ampliado;
 As bases para um novo sistema de saúde;
*
Qual é o nosso entendimento de saúde?
\u201cÉ um DIREITO de TODOS e um DEVER DO estado\u201d (Constituição Federal, 1988).
Um estado a ser atingido, construído, assegurado e mantido.
O TER SAÚDE implica em um aprendizado de que SAÚDE é mais do que um ESTADO ou CONDIÇÃO TRANSITÓRIA. Não se reduz a Não ESTAR DOENTE.
\u201cA SAÚDE implica no direito do cidadão ao trabalho, salário digno, educação, alimentação, habitação, ao lado de uma política econômica adequada e uma política social prioritária e que, assim entendida, transcenderia a questão de médicos, hospitais e medicamentos.\u201d (AROUCA, 1986)
*
Nesse sentido...
\u201cA saúde se cria e se vive no marco da vida cotidiana; nos centros de aprendizagem, de trabalho e de recreação. A saúde é o resultado dos cuidados que as pessoas têm consigo si mesmas e com os demais, da capacidade de tomar decisões e controlar a própria vida e de assegurar que a sociedade em que se vive ofereça a todos os seus membros a possibilidade de gozar de bom estado de saúde.\u201d (Ottawa, 1986)
*
Ou seja...
Saúde como um fim \uf0b9 Saúde como processo, é pertencente a VIDA.
Saúde = Processo = Meio de traçar um caminho pessoal e original em direção ao bem-estar 
Saúde como conceito de protagonismo que se expressa através da vitalidade física mental e social para a atuação frente aos desafios e às transformações sociais
A saúde é um atributo humano socialmente construído e determinado. 
*
Os determinantes da saúde
São aqueles que podem ser controlados pelas pessoas, por meio de suas condutas individuais e coletivas, que dependem das condições políticas, econômicas, sociais, culturais, ambientais e biológicas.
NESSE CONJUNTO ESTÃO 
As ações de promoção da saúde AGINDO sobre o universo dos determinantes da saúde (pessoais e coletivos)
*
*
Determinantes da Saúde =
Condições, Estilo e Qualidade de Vida
Condições de Vida \uf06e Estilo de Vida 
Qualidade de vida
(resultante da adequação das condições sócio-ambientais às necessidades humanas.)
Condições de Vida = possibilidade de levar uma vida economicamente produtiva, incluindo:
o ambiente em suas múltiplas dimensões
O acesso a bens e serviços 
Estilo de Vida = são os elementos da cultura, valores, crenças que orientam nossas escolhas e prioridades, tais como:
A experiência pessoal (o cuidado de si)
As oportunidades (a oferta e a disponibilidade de serviços e insumos)
A conscientização (informação)
*
O que é saúde?
É a resultante das condições de alimentação, educação, renda, meio ambiente, trabalho, transporte, emprego, lazer, liberdade, acesso e posse da terra, acesso a serviços de saúde.... resultado de formas de organização social de produção, as quais podem gerar profundas desigualdades no níveis de saúde. 
8a. Conferência Nacional de Saúde. (1986)
*
Qual é a relação entre Promoção da Saúde e SUS:
*
Processo de capacitação das pessoas e da comunidade para atuar na melhoria da sua qualidade de vida, incluindo o controle sobre os determinantes da saúde
(Carta de Ottawa, 1986)
UMA PROMOÇÃO DA SAÚDE EFICAZ CONDUZ A MUDANÇAS NOS DETERMINANTES DA SAÚDE
*
Promover saúde\u2026
é tocar nas diferentes dimensões humanas, 
é considerar a afetividade, a amorosidade,
é a capacidade criadora e a busca da felicidade comoigualmente relevantes e indissociáveis das demais dimensões. 
Por isso, a promoção da saúde é vivencial e é colada ao sentido de viver e aos saberes saberes acumulados pela ciência e pelas tradições culturais locais e universais.
*
Sistema Único de Saúde \u2013 Principios doutrinarios
Universalidade
Eqüidade
Integralidade
Descentralização 
Implicando na necessidade de haver:
Controle social (Participação popular) 
Regionalização e hierarquização (adscrição)
Gestão tripartícipe (Federal, Estadual e Municipal)
*
SUS: Princípios doutrinários
Equidade:
O objetivo da equidade é diminuir as desigualdades,
Tratar diferente os desiguais, 
oferecer mais para quem precisa mais...
*
SUS: Princípios doutrinários
Integralidade:
Significa considerar a pessoa como um todo, atendendo a todas as suas necessidades,
Integração das ações: promoção, prevenção, tratamento e reabilitação,
Atuação intersetorial de diferentes áreas.
*
SUS: Princípios doutrinários
Regionalização e hierarquização:
Níveis crescentes de complexidade, circunscrito em uma determinada área geográfica, com definição da clientela atendida,
Fluxos de referencia e contra-referencia.
Território:
\u201cEspaço em permanente construção, produto da dinâmica social em que se tensionam sujeitos sociais colocados em situação, na arena política\u201d
*
Saúde-doença