Resumo do texto resumo acadêmico
2 pág.

Resumo do texto resumo acadêmico


DisciplinaPortuguês Instrumental I563 materiais2.585 seguidores
Pré-visualização1 página
UFSJ \u2013 Universidade Federal de São João Del Rei
Matéria: Português Instrumental I	
Aluno: Gleidson Jordan dos Santos Curso: Música Integral - 1º Período Professor: Zé Roberto
	 
Resumo do texto: \u201cResumo acadêmico uma tentativa de definição\u201d.
\u25ba Autora: Andréa Lourdes Ribeiro (UFMG/FAMINAS \u2013 BH)
	A autora divide o texto em diversas partes, abordando em cada uma um conceito, explicando diferentes gêneros textuais, sem fugir ao tema principal que é o de definição do resumo acadêmico.
	Na introdução a autora se apresenta como professora universitária, explicando que o objetivo de escrever este artigo é o de discutir a noção de resumo, especificamente o resumo acadêmico. Ressaltando que os alunos apresentam dificuldades na hora da aplicação do mesmo.
	No primeiro subtítulo subjetivo (Um passeio pelo conceito de resumo), são citadas pesquisas de Scheneuwly e Dolz, mostrando que o sistema escolar fundamental define o resumo como uma representação sintética do texto que será resumido. Fala sobre as orientações dadas pelos livros universitários e como eles definem o resumo acadêmico, classificando-o em três categorias (indicativo, informativo e crítico), além da forma como abordam a finalidade do resumo. Continua utilizando-se de citações, apresentando diferentes rótulos dados por vários autores como Salvador, que definiu outro gênero textual, o resumo de assunto, Severino, Salomon, Medeiros, entre outros que apresentam gêneros como o resumo indicativo, o fichamento, o resumo crítico e resenha. A professora expõe sua opinião sobre as definições dadas pelos autores citados, dizendo que oferecem uma visão simplista do processo de produção e que se faz necessária a revisão do conceito de resumo.
	A respeito do gênero textual, segundo subtítulo do artigo, a autora volta a fazer citações: \u201csegundo Bakhtin, os gêneros são padrões relativamente estáveis de texto, do ponto de vista temático, composicional e estilístico, que se constituem historicamente pelo trabalho lingüístico dos sujeitos nas diferentes esferas da atividade humana, para cumprir determinadas finalidades em determinadas circunstâncias\u201d. Ela apresenta de forma clara sua visão sobre o tema ao dizer que os gêneros se realizam empiricamente nas mais diferentes espécies de texto, orais ou escritas, que circulam em nosso uso cotidiano, sendo que para produzir qualquer um desses textos, o sujeito aciona, além de suas representações sobre a situação de ação linguagem, seus conhecimentos sobre os modelos portadores de valores de uso elaborados pelas sociedades anteriores. 
A professora diz também que a tendência à inovação e mudança gera a necessidade de os gêneros serem apreendidos no dia-a-dia pelos membros de uma comunidade. Leva em consideração a afirmação de Marcuschi sobre os gêneros que podem apresentar-se bastante heterogêneos com relação à forma lingüística. E conclui nessa seqüência que o resumo pode ser considerado como um gênero na medida em que ele é uma realização lingüística em funcionamento nas diversas áreas da sociedade atual, ressaltando entre elas o ensino superior.
A autora, no terceiro subtítulo (gênero resumo), dá a definição dos gêneros como sendo predominantemente de propriedades funcionais e pragmáticas, levando em consideração, que se deve fazer uma breve consideração sobre a esfera social qual certo gênero circula. Faz um levantamento das contribuições de alguns autores que entendiam o resumo como um gênero textual.
No contexto acadêmico, a autora lembra que resumir é uma das práticas lingüísticas mais freqüentes no cotidiano. Ela diz que resumir é também um saber-fazer necessário ao universo do ensino e que há no meio acadêmico, determinações específicas sobre como representar o discurso do outro, incluindo as regras de citação, sendo para o professor um instrumento de ensino para saber se o aluno realmente compreendeu o texto. Diante do exposto, ela diz que produzir um resumo no meio acadêmico requer do sujeito um conhecimento do saber que circula nessa esfera e do fazer, prática discursiva definida pela comunidade da qual emerge esse gênero. Com essa idéia, a produção do gênero resumo, mais do que um simples procedimento de ensino-aprendizagem, é também um modo de inserção nas práticas de formação de futuros profissionais.
A autora termina o texto dando sua conclusão sobre resumo acadêmico, definindo-o como sendo um texto que explica de forma clara o que é englobado em certo texto lido, produzido por um aluno que tem por objetivo demonstrar ao seu educador o que compreendeu ao fazer tal leitura. Diz que a função do mesmo é de instrumento do aluno para o estudo com compreensão dos diversos textos, e instrumento do professor para avaliar o entendimento do aluno quanto aos textos lidos, sendo o resumo, considerado um gênero que proporciona ao aluno inserção acadêmica. Por fim, a professora apresenta todas suas referências bibliográficas.