A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
4 pág.
Soluções

Pré-visualização | Página 1 de 2

Tipos de concentração
	Nome da expressão e seu símbolo
	Definição
	Título em massa, (
	
	Porcentagem em massa, (%
	
	Título em volume, (
	
	Porcentagem em volume, (%
	
	Concentração, C
	
	Densidade, d
	
	Fração molar do soluto, X2
	
	Fração molar do solvente, X1
	
	Molaridade, M
	
	Molalidade, (
	
	Normalidade, N
	
,
Exercícios
Responda aos itens abaixo com base na tabela dada de solubilidade do sulfato de potássio.
	T (oC)
	Coeficiente de solubilidade (g K2SO4/100g H2O)
	0
	7,35
	10
	9,22
	20
	11,11
	30
	12,97
	40
	14,76
	50
	16,50
	60
	18,17
	70
	19,75
	80
	21,40
	90
	22,80
	100
	24,10
Calcule a quantidade máxima de K2SO4 que se dissolve totalmente em 200 g de água a 80oC.
Calcule a quantidade mínima de água, a 50 oC, necessária para dissolver totalmente 66 g de K2SO4.
Calcule a massa de K2SO4 existente em 368,40 g de solução aquosa saturada a 90 oC.
Calcule a massa de K2SO4 que precipita ao baixarmos para 0 oC a temperatura de uma solução aquosa desse sal, contendo 90,85 g de K2SO4 em 0,7 Kg de água a 60 oC.
Calcule a quantidade de massa de K2SO4 que ainda é possível dissolver totalmente, se aumentarmos para 100 oC a temperatura de uma solução saturada de massa 407,75 g a 50 oC.
Obtiveram–se os seguintes resultados na análise de 1L de água do mar:
	Íons
	Quantidade de matéria: mol
	Cátions
	[Na+]: 0,46
	[Mg2+]: 0,05
	[Ca2+]: 0,01
	[K1+]: 0,01
	Ânions
	[Cl1–]: 0,53
	[SO42–]: 0,03
	
	
Mostre que a água analisada é eletricamente neutra, apesar de o número total de mol de cátions ser diferente do número total de ânions.
A água do mar conduz corrente elétrica? Por que?
Uma quantidade igual a 40,0 g de KNO3 foi dissolvida em 190cm3 de H2O, fornecendo 200cm3 de solução. Calcule a concentração e a densidade dessa solução em g/L. Dado: dH2O = 1 g/mL.
Quantos gramas de CuSO4.5H20 são necessários para preparar 1 litro de solução aquosa de CuS04, de concentração 32g/L? Dados: Cu = 64, S = 32, O = 16, H = 1.
Sabendo-se que 22,4 mL de NH3(g) medidos a 3,0 atm e 273°C, foram totalmente absorvidos em 100 mL de H20, calcule a concentração da solu​ção em g/L. Dados: R = 0,082atm . L/mol . K, N = 14, H = 1.
Calcule o título em massa, a porcentagem em massa, o título em volume e a porcentagem em volume de cada componente de uma solução feita pe​la adição de 50mL de benzeno (d = 0,8g/mL) a 128mL de tetracloreto de carbono (d = 1,25 g/mL). Volume da solução benzeno + tetracloreto de carbono igual a 178 mL.
Qual a massa de hidróxido de potássio, KOH, que deve ser dissolvida em 350 mL de álcool etílico, a fim de se obter uma solução a 30% em massa do soluto? Dado: densidade do álcool etílico = 0,8g/mL.
Qual o procedimento correto para se preparar a solução do exercício anterior?
São dissolvidos 75g de um sal XY em 300g de H2O, dando origem a uma solução de densidade igual a 1,2 g/ mL. Calcule o título em massa desse sal e a concentração em gramas por litro.
Calcule a massa de água que deve ser adicionada a 120g de solução aquosa de nitrato de prata, AgN03, a 30% em massa de soluto, para torná–la so​lução 20% em massa de soluto.
Uma solução aquosa de sulfato de alumínio, Al2(SO4)3, foi preparada de modo que cada 100 mL de solução tivesse 68,4 g do sal na temperatura de 20ºC. Sabendo-se que nessa temperatura o grau de dissociação α% do sulfato de alumínio é igual a 60%, calcule
A concentração molar do sal na solução.
A concentração molar dos íons Al3+ e SO42-.
Calcule o equivalente-grama de cada uma das substâncias relacionadas nos grupos abaixo:
Ácidos: HCl, H2CO3, H3BO3, H4P2O7, HNO3, H2SO4.
Bases: NaOH, Mg(OH)2, Fe(OH)3, Pb(OH)4, KOH, Si(OH)4.
Sais: KNO3, FeS, Ca3(PO4)2, Fe4[Fe(CN)6]3, K2Cr2O7, Al2(SO4)3.
Dados os pesos atômicos: H – 1; Cl – 35,5; C – 12; N –14; S – 16; K – 39; B – 11; P – 31; O – 16; Na – 23; Si – 28; Al – 27; Cr – 52; Mg – 24; Fe – 56; Pb – 207.
Calcule o número de equivalente-grama contido nas massas dos ácidos, das bases e dos sais relacionados abaixo:
�
217 g de H2CO3.
35,6 g de H4P2O7.
100 g de NaOH.
825 g de Pb(OH)4.
154 g de FeS.
257,85 g de Ca3(PO4)2.
�
Calcule a normalidade das seguintes soluções.
Solução alcoólica feita pela adição de 3,81 g de iodo, I2, em 120 mL de etanol, C2H5OH. Considere desprezível a variação de volume.
Calcule a massa de sulfato de sódio hepta–hidratado, Na2SO4.7H2O, que é necessário para se preparar 2 litros de solução aquosa de Na2SO4 0,5 normal.
Calcule o volume de solução 2,5 normal de nitrato de potássio que fornece uma massa dessa substância igual a 10,1 g.
Calcule a massa de ácido sulfúrico necessária para preparar 500 mL de solução 3N.
Calcule:
A molalidade de uma solução alcoólica de iodo, I2, sabendo que foram dissolvidas 38,07 g dessa substância em 400 g de etanol, C2H5OH.
A quantidade de matéria de iodo necessária para se obter uma solução 2,5 molal de iodo em 1 kg de etanol, C2H5OH.
O volume de etanol, C2H5OH (d = 0,8 g/mL), que deve ser utilizado para se obter uma solução de concentração 2 molal de iodo, I2, utilizando-se uma massa dessa substância igual a 101,52 g.
Um volume igual a 400 mL de uma solução aquosa 3,0 molar de NaOH foi diluído até um volume final de 300 mL. Calcule a massa de NaOH contida em uma alíquota de 35 mL da solução final. Dados: Na = 23, O = 16 e H = 1.
Qual o volume máximo de ácido sulfúrico 0,5 normal que poderemos ob​ter pela diluição de 30 mL de solução de H2SO4 de densidade 1,2g/mL e que apresenta 58,8% de H2SO4 em massa? Dados: H = 1, S = 32 e O = 16.
Um volume igual a 100mL de solução aquosa de cloreto de cálcio 0,60 mo​lar é diluído com água até Um volume final de 300mL. Calcule a concentra​ção molar dos ânions cloreto na solução final. Considere o grau de dissociação do sal igual a 100%.
Ao se prepararem 2 litros de uma solução de ácido sulfúrico, foram gastos 19,6 gramas desse ácido. Calcule a molaridade da solução e a molaridade final, obtida pela evaporação dessa solução até que o volume ficasse igual a 800mL. Dados: H = 1, S = 32 e O = 16.
Considere a reação entre soluções aquosas de cloreto de cálcio e ácido fos​fórico. Mostre que o número de equivalentes de cada substância que reage e que é produzida é o mesmo. Dados: Ca = 40, Cl = 35,5, H = 1, P = 31 e O = 16.
A respeito do exercício anterior, calcule a massa de ácido fosfórico contida num volume de 250mL de solução desse ácido, sabendo-se que esse volu​me reagiu totalmente com um volume de 400 mL de solução 2,5 molar de cloreto de cálcio.
Um volume igual a 15 mL de uma solução de ácido bórico é neutralizado por 30 mL de uma solução de hidróxido de potássio 0,15 normal. Calcule a normalidade e a molaridade da solução ácida.
Calcule a quantidade necessária de NaOH em gramas para neutralizar, res​pectivamente, 2,25 gramas de ácido oxálico e 100 mL de solução 0,1 nor​mal de ácido oxálico. H2C2O4. Dados: Na = 23. O = 16. H = 1 e C = 12.
Para neutralizar uma dada massa de hidróxido de sódio que se encontra dissolvida em 500g de água, foram adicionados, sucessivamente, 29,4 gra​mas de ácido sulfúrico e 25,2 gramas de ácido nítrico. Calcule a massa de hidróxido de sódio inicialmente existente no sistema e a molalidade da so​lução inicial do hidróxido de sódio. Dados: Na = 23, O = 16, H = 1, S = 32 e N = 14.
Um volume igual a 200mL de solução 0,8 molar de H2SO4 foi adicionado a 300mL de solução 1 molar de NaOH. Considerando o volume da solução final igual a 500 mL, calcule:
a) se a solução final será ácida, básica ou neutra.
b) a normalidade do sal na solução obtida.
c) a normalidade do reagente em excesso, se houver, na solução final.
Em uma titulação adicionam-se 30 mL de solução aquosa de KOH 0,5 nor​mal, a 25 mL de solução aquosa de HNO3, para completa neutralização. Calcule a normalidade do ácido utilizado e a normalidade do sal formado na solução final.

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.