AS CHAVES DE SALOMÃO COMPLETO 450 PGS
454 pág.

AS CHAVES DE SALOMÃO COMPLETO 450 PGS


DisciplinaAstrologia656 materiais2.257 seguidores
Pré-visualização50 páginas
2 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
3 
 
 
AS CHAVES DE 
SALOMÃO, O REI 
 
(Clavicula Salomanis) 
 
 
 
 
Traduzida e Editada dos Manuscritos 
Antigos do Museu Britânico por 
 
S. Lidell MacGregor Mathers 
Autor de \u201cA Cabala Desnudada\u201d, \u201cO Tarô\u201d, etc. 
 
 
COM GRAVURAS 
 
 
LONDRES 
GEORGE REDWAY 
YORK STREET COVENT GARDEN 
1889 
 
 
4 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
5 
 
CONTEÚDO 
 
LIVRO I 
 
Prefácio (pelo editor) 11 
Discurso Preliminar \u2013 do manuscrito Lansdowne 1203 15 
Introdução \u2013 do manuscrito Add. 10862 17 
Introdução \u2013 do manuscrito Lansdowne 1203 21 
Introdução \u2013 Nota do Editor 25 
Tabela 1: Horas Planetárias 27 
Tabela 2: Nomes mágicos das Horas e Anjos 29 
Tabela 3: Arcanjos, Anjos, Metais, Dias e Cores de cada planeta 31 
1. Que diz respeito ao amor divino que deve preceder a aquisição deste 
conhecimento 
35 
2. Dos dias, horas e virtudes dos planetas 37 
3. Que diz respeito à arte; construção do círculo 41 
4. A confissão 59 
5. Orações e conjuros 63 
6. A conjuração mais forte e potente 67 
7. Uma conjuração extremamente poderosa 75 
8. Que diz respeito aos pantáculos 83 
9. Experimento que diz respeito a coisas roubadas 101 
10. Como os experimentos para as coisas roubadas devem ser executados 105 
11. Experimento de invisibilidade 107 
12. Para evitar que um caçador mate qualquer animal de caça 111 
13. Como fazer as ligas mágicas 113 
14. Como fazer o tapete mágico para interrogar as inteligências 115 
15. Como se converter em dono de um tesouro possuído por um espírito 117 
16. Que diz respeito ao experimento para buscar favores e influências 119 
17. As operações de invisibilidade, zombaria e escárnio 121 
6 
18. Experimentos e operações extraordinários 123 
19. Experimento de amor e como ele é ser realizado 125 
20. Que diz respeito à operação ou trabalho da maçã 129 
21. A operação do amor através dos sonhos 131 
22. Experimento relativo ao ódio e a discórdia 133 
23. Que diz respeito aos santos pantáculos ou medalhas 137 
A ordem dos pantáculos 139 
Pantáculos de Saturno 141 
Pantáculos de Júpiter 151 
Pantáculos de Marte 159 
Pantáculos do Sol 167 
Pantáculos de Vênus 175 
Pantáculos de Mercúrio 181 
Pantáculos da Lua 187 
 
LIVRO II 
 
Preâmbulo 197 
1. A que hora, depois da preparação de todas as coisas necessárias, devemos 
executar à perfeição o exercício da Arte 
199 
2. A maneira em que o Mestre da Arte deve conduzir, reger e governar a si 
mesmo 
203 
3. Como os companheiros ou discípulos do Mestre da Arte devem reger e 
governar a si mesmos 
205 
4. Que diz respeito ao jejum, isolamento e coisas a serem observadas 207 
5. Que diz respeito aos banhos e como devem ser preparados 209 
6. Das vestimentas e calçados da Arte 247 
7. Dos lugares onde se pode executar convenientemente os experimentos e 
operações da Arte 
259 
8. Das facas, espadas, athame, estilete, lança pequena, foice, varinha, bastão e 
outros instrumentos da arte mágica 
265 
9. Da formação do círculo 275 
10. Que diz respeito ao incenso, sufumigações, perfumes, odores e coisas 277 
7 
similares que são usadas nas artes mágicas 
11. Da água e do aspersório 279 
12. Da luz e do fogo 287 
13. Que diz respeito aos preceitos da Arte 293 
14. Das penas, tintas e cores 295 
15. Da pena da andorinha e do pombo 297 
16. Do sangue de morcego, pombos e outros animais 299 
17. Sobre pergaminho virgem ou papel virgem e como devem ser preparados 301 
18. Da cera e argila virgens 311 
19. Que diz respeito à agulha e outros instrumentos de aço 337 
20. Que diz respeito ao tecido de seda 349 
21. Que diz respeito às imagens astrológicas 355 
22. Que diz respeito aos caracteres e a consagração do livro mágico 357 
23. Que diz respeito aos sacrifícios aos espíritos e como eles devem ser feitos 361 
Fragmentos, por Eliphas Lévi 363 
Invocação cabalística de Salomão, por Eliphas Lévi 367 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
8 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
9 
 
AS CHAVES DE 
SALOMÃO, O REI 
(Clavicula Salomonis) 
 
 
 
Figura 1 
10 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
11 
 
 
 
PREFÁCIO 
 
 
 
 
Ao apresentar esta célebre obra mágica ao estudante das Ciências Ocultas, é 
necessária algumas observações relativas ao prefácio. 
As Clavículas de Salomão, salvo por algumas cópias incompletas e cortadas 
publicadas na França no século XVII, nunca foi publicada, porém permaneceu durante 
séculos em manuscritos inacessíveis às pessoas em geral, salvo para uns poucos 
investigadores afortunados, para quem se abriram os nichos mais recônditos das 
bibliotecas. Por isso me considero altamente honrado ao ser o indivíduo que conseguiu 
apresentá-la à luz do dia. 
Fonte primordial e celeiro da Magia Cabalística, e origem de muitas das magias 
cerimoniais dos tempos medievais, as Clavículas sempre foi estimada e valorizada pelos 
escritores ocultistas como uma obra da maior autoridade; e notavelmente em nossos dias 
Eliphas Lévi a tomou como modelo no qual seu celebrado Dogmas e Rituais da Alta 
Magia se baseou. Deve ser evidente para o leitor iniciado de Lévi que as Clavículas de 
Salomão foi seu livro de estudo, e ao final deste Volume II, dou um fragmento de um 
manuscrito hebreu antigo das Clavículas de Salomão traduzidos e publicados na Filosofia 
Oculta, bem como uma invocação chamada Invocação Cabalística de Salomão, que tem 
uma analogia muito próxima com uma que aparece no Primeiro Livro, a qual foi 
construída da mesma maneira, sobre o esquema das Sephiroth. 
A história do original hebraico das Clavículas de Salomão é dado nas introduções, 
porém há muita razão para supor que está inteiramente perdida, e Christian, o discípulo de 
Lévi, disse o mesmo em sua História da Magia. 
Não encontro razão para duvidar da tradição que associa a paternidade das 
Clavículas ao Rei Salomão, já que entre outros, Josephus, o historiador judeu, menciona 
especialmente as obras mágicas atribuídas a esse monarca; isto está em conformidade com 
as várias tradições orientais, e sua excelência mágica é frequentemente mencionada nas As 
Mil e Uma Noites. 
Existem, entretanto, duas obras sobre Magia Negra, o Grimorium Verum e a 
Clavicola di Salomone Ridolta, que foram atribuídas a Salomão, e que foram, em alguns 
casos, especialmente confundidas com a presente obra, porém que realmente não tem 
12 
nenhuma ligação com ela; estas obras estão cheias de magias diabólicas, e não poderia 
prevenir aos estudantes práticos o suficiente contra elas. 
Há também outra obra chamada Lemegeton ou A Chave Menor do Rei Salomão, que 
está cheia de selos de vários espíritos, e que não é a mesma do presente livro, embora seja 
extremamente valiosa em sua própria especialidade. 
Ao editar este volume omiti um ou dois experimentos que caem evidentemente 
dentro do terreno da magia negra, e que obviamente derivaram das duas obras goéticas 
mencionadas acima. Devo, além disso, prevenir ao praticante contra o uso do sangue; a 
oração, o pantáculo e os perfumes usados corretamente são suficientes; porém a primeira 
se aproxima perigosamente da vereda do mau. Aquele que, apesar
kaio
kaio fez um comentário
luiz eduardo ferreira. podes me mandar as copias por PDF email: kaio_garcia@live.com. por favor quero muito estudar esse livro
0 aprovações
carlos henrique
carlos henrique fez um comentário
Oi, Luis eduardo Ferreira primeiramente gostaria de agradecer por ter conpartilhado o livro nessa prataforma. Mas infelismente no meu pc esta travando a pagina se for possivel gostaria de obter uma copia do pdf. Caso possa me ajudar mande para o Email: zeikslip@hotmail.com
0 aprovações
Jaqueline
Jaqueline fez um comentário
Se for possível, alguém que tenha o PDF, por gentileza, poderia me mandar no email jaqueh21@hotmail.com . Grata
0 aprovações
Carregar mais