A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
8 pág.
Antropologia e Cultura Brasileira Atividade 4

Pré-visualização | Página 1 de 2

 
 
 
De acordo com a leitura do material referencial, pudemos compreender a importância da 
dualidade sagrado-profano no estudo sobre as diferentes religiões. Nesse contexto, as imagens 
abaixo representam respectivamente para seus adeptos: 
 
 
Resposta Selecionada: e. 
Objeto Profano e Objeto Sagrado 
Respostas: a. 
Objeto Profano e Objeto Profano 
 
b. 
Objeto Cultural e Objeto Profano 
 
c. 
Objeto Sagrado e Objeto Sagrado 
 
d. 
Objeto Sagrado e Objeto Profano 
 
 
e. 
Objeto Profano e Objeto Sagrado 
Feedback 
da 
resposta: 
Como podemos perceber pelo Material Referencial (Ebook, 2015:14): 
"Na cultura e na religião, existe uma dualidade muito importante: o 
sagrado e o profano (...) O sagrado é objeto de interdição e o profano é 
onde essas interdições se aplicam (...) a religião é um sistema de 
representação com muitos e diferentes processos significantes e, para 
seus adeptos, os objetos que representam o sagrado. Quando não há 
relativização das diferenças no ambiente de trabalho, os elementos 
religiosos justificam a discriminação e estigmatização por parte de uma 
parcela dominantes". A partir dessas definições, fica claro que ambos 
os objetos retratados no enunciado dizem respeito a objetos sagrados 
e não a objetos profanos. 
 
 
 Pergunta 2 
0,25 em 0,25 pontos 
 
 
Sobre os avanços ocorridos nas últimas duas décadas no Brasil, o material 
referencial nos mostrou que podemos afirmar que os portadores de necessidades 
especiais: 
 
Resposta 
Selecionada: 
c. 
tem sido objeto de muitas políticas públicas e corporativas de 
inclusão. 
Respostas: a. 
 
não existem mais devido aos tratamentos genéticos 
intrauterinos aos quais todas as gestantes são submetidas no 
sistema público de saúde. 
 
b. 
são a maioria nas áreas de gerenciamento de atendedores de 
telemarketing. 
 
c. 
tem sido objeto de muitas políticas públicas e corporativas de 
inclusão. 
 
d. 
são um bancada tão forte como a bancada ruralista no 
Congresso nacional. 
 
e. 
tem sido vítimas de um esforço genocida oficial e organizado. 
Feedback 
da 
resposta: 
Segundo o material referencial (EBOOK, 2015:15): “Outro 
aspecto importante é a dissociação da “pregação” da inclusão e de 
sua prática, muito em voga nos últimos anos. No mundo do 
trabalho, mais especificamente no Brasil, percebemos que, nas 
últimas duas décadas, se tornaram frequentes as políticas 
corporativas de inclusão, beneficiadas inclusive por programas 
públicos de inserção de minorias no mercado de trabalho. 
 
 
 
 Pergunta 3 
0,25 em 0,25 pontos 
 
 
O estudo dos conteúdos desta unidade nos permitiu compreender como se constroem diferentes 
significados para as diferenças humanas, sociais e culturais. Pensando no mercado de trabalho, 
qual das alternativas abaixo melhor descrevem o mercado de trabalho brasileiro? 
 
Resposta 
Selecionada: 
b. 
Desigualdade de gênero, raça e etnia. 
 
Respostas: a. 
Amplo acesso à educação superior de qualidade. 
 
 
 
b. 
Desigualdade de gênero, raça e etnia. 
 
 
 c. 
 
 Erradicação da desigualdade de acesso aos 
portadores de necessidades especiais. 
 
 
 
d. 
Igualdade de gênero e a Tolerância religiosa. 
 
 
 
e. 
O mercado brasileiro de trabalho é absolutamente 
igualitário. 
Feedback 
da 
resposta: 
Como podemos perceber pelo material referencial (Ebook, 2015:11): "... são 
categorias que revelam aspectos interessantes são categorias que revelam 
aspectos interessantes sobre as diferenças sociais no mercado do trabalho (...) o 
mercado de trabalho brasileiro está marcado por significativas e persistentes 
desigualdades de gênero, etnia, raça, questões religiosas, entre outras aspectos. 
É algo que se considera (ou deveria ser considerado) nos processos de 
desenvolvimento de políticas públicas em geral e, em particular, das políticas 
de empregos, inclusão social e redução da pobreza". 
 
 
 Pergunta 4 
0,25 em 0,25 pontos 
 
 
Nosso material referencial nos trouxe muitas questões para refletirmos sobre a 
inclusão social de pessoas portadoras de necessidades especiais. Sobre o assunto, 
qual das afirmativas abaixo está correta? 
 
Resposta 
Selecionada: 
d. 
Em uma sociedade complexa os portadores de necessidades 
especiais acabam sendo encarados tendo suas condições 
interpretadas como individuais, não como algo social que tem 
implicações mais amplas. 
Respostas: a. 
As pessoas com necessidades especiais são um fenômeno 
contemporâneo que é fruto dos experimentos científicos 
realizados durante a Segunda Guerra Mundial. 
 
b. 
A vantagem dos portadores de necessidades especiais é que 
conquanto fisicamente necessitem de ajuda, suas possibilidades 
intelectuais são sempre muito superiores as das pessoas 
normais. 
 
c. 
Na sociedade grega – da Antiguidade Clássica – aquelas pessoas 
que nasciam fisicamente diferentes eram considerados deuses e 
ocupavam cargos políticos e religiosos de grande importância, 
ainda que não tivessem nascido em famílias nobres. 
 
 
d. 
Em uma sociedade complexa os portadores de necessidades 
especiais acabam sendo encarados tendo suas condições 
interpretadas como individuais, não como algo social que tem 
implicações mais amplas. 
 
e. 
A ciência já alcançou a possibilidade de corrigir qualquer 
condição ou doença com a manipulação de células-tronco. 
Feedback 
da 
resposta: 
Segundo o material referencial (EBOOK, 2015:12): “Em uma 
sociedade complexa, as pessoas que são integrantes de grupos ou 
classes diferentes das consideradas “normais” são efetivamente 
estereotipadas, estigmatizadas e segregadas. No que se refere aos 
portadores de necessidades especiais, por exemplo, aquilo que os 
diferencia é considerado algo individual – as suas limitações ou 
adaptações não são entendidas como algo que afeta a sociedade 
como um todo”. 
 
 
 
 Pergunta 5 
0,25 em 0,25 pontos 
 
 
Qual das alternativas abaixo melhor trata da inclusão no mundo do trabalho do 
Brasil nas últimas décadas? 
 
Resposta 
Selecionada: 
d. 
Adoção de políticas de inclusão tanto de natureza corporativa, 
quanto como objetivo de programas públicos de inserção de 
minorias. 
Respostas: a. 
Adoção de formas menos rudimentares de classificação 
biblioteconômica da produção científica nacional. 
 
 
b. 
Adoção de medidas constitucionais do controle do corpo por 
parte da classe médica no que tange questões morais. 
 
c. 
Adoção de medidas de segregação de minorias nas áreas de 
maior densidade urbana. 
 
d. 
Adoção de políticas de inclusão tanto de natureza corporativa, 
quanto como objetivo de programas públicos de inserção de 
minorias. 
 
e. 
Adoção de programas públicos de reapropriação geográfica e 
simbólica de espaços religiosos afro-brasileiros. 
 
Feedback 
da 
resposta: 
O material referencial diz (Ebook, 2015, p. 16): “Outro aspecto 
importante é a dissociação da “pregação” da inclusão e de sua 
prática, muito em voga nos últimos anos. No mundo do trabalho, 
mais especificamente no Brasil, percebemos que, nas últimas duas 
décadas, se tornaram frequentes as políticas corporativas de 
inclusão, beneficiadas inclusive por programas públicos de 
inserção de minorias no mercado de trabalho – como as vagas 
reservadas a portadores de deficiências e a ex-presidiários, por 
exemplo. Contudo, essas mudanças ainda passam por um processo 
de assimilação da população maior: para que as pessoas de algum 
modo excluídas ou sem acesso