Avaliando o Aprendizado de 1 a 10
26 pág.

Avaliando o Aprendizado de 1 a 10


DisciplinaHistória dos Povos Indígenas e Afro-descendentes1.862 materiais9.557 seguidores
Pré-visualização7 páginas
1a Questão (Ref.: 201502037895)
	 Fórum de Dúvidas (4)       Saiba  (1)
	
	Quando falo que uma "cozinha" pode representar mais que uma simples prática, mas uma tradição, um preparo, um jeito, uma cultura, quero dizer que devo ter um olhar mais atento ao mundo que me cerca, notar que suas estruturas são complexas e importantes de serem analisadas. A partir da observação dos fenômenos das cozinhas contemporâneas e da interação História e Antropologia podemos definir como traços indígenas em nossa cozinha:
		
	 
	Mandioca
	
	Peixe
	
	Arroz
	
	Feijão
	
	Porco
	
	
	
	
	 2a Questão (Ref.: 201502189466)
	 Fórum de Dúvidas (4)       Saiba  (1)
	
	Escolha a opção que melhor descreve o convívio entre portugueses e índios ao longo de todo o Século XVI.
		
	 
	porque precisavam da mão de obra indígena, primeiro para retirar o Pau Brasil e depois para a plantation, os europeus primeiros estabeleceram alianças com algumas tribos e praticaram o escambo, em um segundo momento escravizaram-nas;
	
	tomando como referência Américo Vespúcio, primeiro a relatar o canibalismo, os europeus evitaram o contato e/ou mataram todos os índios que deles se aproximaram;
	
	porque precisavam da mão de obra indígena, primeiro para retirar o Pau Brasil e depois para a plantation, os europeus escravizaram os índios desde o início do contato;
	
	porque precisavam da mão de obra indígena, primeiro para retirar o Pau Brasil e depois para a plantation, os europeus praticavam o escambo com os índios das tribos pacíficas e escravizaram os índios das tribos violentas.
	
	tomando como referência a Carta de Caminha foram amistosas;
	
	 Gabarito Comentado
	
	
	 3a Questão (Ref.: 201502042653)
	 Fórum de Dúvidas (4)       Saiba  (1)
	
	A alteridade é um conceito fundamental para evitarmos preconceitos na sociedade contemporânea. Para o historiador atual, a alteridade significa a/o:
		
	 
	natureza ou condição do que é outro, do que é distinto a um povo. Como oposto à identidade, este conceito é fundamental, pois auxilia o historiador a compreender e respeitar a diversidade cultural dos povos.
	
	processo de se identificar o outro povo, percebendo nele a nossa cultura e civilização através de comparações. Este processo comparativo, classificatório e evolutivo é o trabalho do historiador atual.
	
	"alteração" ou a mudança na identidade social própria de algum povo. Em história, toda alteração social é central para o estudo da transformação nas relações sociais e quebra de preconceitos.
	
	Conjunto de tradiçõe sócio culturais também conhecido com Folklore, ou práticas de resistência de populações dominadas.
	
	percepção cultural do que os outros povos possuem de nós. Este estudo da alteridade/identidade é feito pelos historiadores que são isentos de preconceitos e transitam entre diversas culturas do passado.
	
	 Gabarito Comentado
	
	
	 4a Questão (Ref.: 201502047385)
	 Fórum de Dúvidas (4)       Saiba  (1)
	
	Por que a conversão dos índios ao catolicismo pode ser tida como um importante fator de aculturação?
		
	 
	Porque através das aulas de catequese o índio recebia instrução não só religiosa, a ele eram ensinados a língua portuguesa e os valores morais. Ou seja, aprenderam costumes e hábitos socialmente aceitos.
	
	Porque carentes de sentido em suas vidas os índios aceitavam de maneira grata os novos hábitos e a nova vida.
	
	Porque através dos ensinamentos eles percebiam que a religião católica era mais piedosa do que a sua própria.
	
	Porque nos aldeamentos jesuíticos o índio entraria em contato com as famílias européias, podendo através da observação de seu cotidiano, aprender seus costumes mais facilmente.
	
	Porque dentro dos aldeamentos jesuíticos os castigos eram notoriamente mais severos o que facilitaria a imposição de suas doutrinas.
	
	
	
	
	 5a Questão (Ref.: 201502047244)
	 Fórum de Dúvidas (4)       Saiba  (1)
	
	Levando em conta as teorias apresentadas durante o curso, quantos e quais seriam os povos presentes na base da formação da identidade brasileira?
		
	
	Três povos, asiáticos, brancos e índios.
	 
	Três povos, negros, brancos e Índios.
	 
	Dois povos, brancos e índios.
	
	Dois povos, brancos e negros.
	
	Dois povos, índios e negros.
	
	
	
	
	 6a Questão (Ref.: 201502189468)
	 Fórum de Dúvidas (4)       Saiba  (1)
	
	Entre 1500 e 1530 Portugal não demonstrou muito interesse pelo Brasil, a Carta de Caminha não mencionava a existência de ouro ou prata. Neste período, chamado de Pré Colonial, como eram as relações econômicas entre a metrópole e a colônia?
		
	 
	a economia baseou-se essencialmente em atividades agrícolas;
	 
	o comércio realizava-se através da troca direta ou escambo;
	
	a expansão da pecuária impulsionou a utilização da mão-de-obra escrava africana;
	
	a maioria das atividades produtivas concentrava-se na economia informal;
	
	o extrativismo mineral acabou desenvolvendo um mercado de consumo interno;
	
	
	
	
	
	
	
	
	 1a Questão (Ref.: 201502643327)
	 Fórum de Dúvidas (4)       Saiba  (2)
	
	A escravidão indígena adotada no início da colonização do Brasil foi progressivamente abandonada e substituída pela africana entre outros motivos, devido:
		
	
	à bem-sucedida campanha dos jesuítas em favor dos índios.
	
	ao constante empenho do papado na defesa dos índios contra os colonos.
	
	ao desejo manifestado pelos negros de emigrarem para o Brasil em busca de trabalho.
	 
	aos grandes lucros proporcionados pelo tráfico negreiro aos capitais particulares e à Coroa.
	 
	à completa incapacidade dos índios para o trabalho.
	
	
	
	
	 2a Questão (Ref.: 201502132191)
	 Fórum de Dúvidas (4)       Saiba  (2)
	
	Os colonos portugueses não lograram êxito em suas investidas em busca de ouro e prata. Mas a proposta do antigo governador acabou redimensionando os objetivos das expedições para o interior. A busca por ouro deu lugar ao aprisionamento de índios. Embora os colonos utilizassem a procura por metais preciosos frente à Coroa portuguesa - que baixava inúmeras leis proibindo a escravização de indígenas ¿ as expedições organizadas pelos colonos de São Paulo se transformaram em:
		
	
	verdadeiras empreitadas de busca de ouro e prata, liderados por indígenas.
	
	verdadeiras empreitadas escravizadoras de negros fugidos.
	
	verdadeiras empreitadas escravizadoras de Charruas argentinos, para fugir da lei portuguesa.
	 
	verdadeiras empreitadas escravizadoras de indígenas.
	
	verdadeiras empreitadas escravizadoras de portugueses que fugiam da lei.
	
	
	
	
	 3a Questão (Ref.: 201502047938)
	 Fórum de Dúvidas (4)       Saiba  (2)
	
	Sobre a relação das populações indígenas com os povos europeus que aqui chegavam, pode-se dizer:
		
	
	Que não hove embates e as realções estabelecidas com francese e portugueses eram totalmente pacíficas e baseadas no escambo.
	
	Que muitos embates ocorreram levando inclusive as tribos indígenas a uma união homogênea que visava combater os colonizadores (portugueses) buscando alianças com outros povos europeus (franceses), que rivalizavam com seu dominador.
	 
	Que muitos embates ocorreram com algumas tribos se aliando aos colonizadores (portugueses), outras a comerciantes e possíveis conquistadores (franceses) e algumas que se recusaram a fazer alianças com qualquer um dos dois lados.
	
	Que muitos embates ocorreram levando inclusive as tribos a uma união homogênea que visava se aliar somente aos colonizadores (portugueses) e combater qualquer outro povo invasor.
	 
	Que muitos embates ocorreram levando inclusive as