Avaliando o Aprendizado de 1 a 10
26 pág.

Avaliando o Aprendizado de 1 a 10


DisciplinaHistória dos Povos Indígenas e Afro-descendentes1.862 materiais9.556 seguidores
Pré-visualização7 páginas
tribos indígenas a uma união homogênea que visava combater todo e qualquer invasor.
	
	 Gabarito Comentado
	
	
	 4a Questão (Ref.: 201502132192)
	 Fórum de Dúvidas (4)       Saiba  (2)
	
	Na escravização indígena no sudeste do Brasil, os colonos tiveram um difícil adversário, os:
		
	
	Os espanhóis, que defendiam os limites dos territórios
	 
	Os padres jesuítas
	
	Os escravos negros
	
	As tropas de polícia portuguesa
	
	Os ataques dos franceses, interessados nos indígenas
	
	 Gabarito Comentado
	
	
	 5a Questão (Ref.: 201502132190)
	 Fórum de Dúvidas (4)       Saiba  (2)
	
	Os colonos que rumaram para outras capitanias, sobretudo aquelas localizadas ao sul da colônia, não respeitaram a lei de rei D. Filipe II. Se para a Coroa portuguesa e para os missionários jesuítas os índios passaram a ser vistos como gentios (ou seja, eram passíveis de salvação), para os colonos que viviam nas capitanias de São Tomé e São Vicente os grupos autóctones rapidamente passaram a ser vistos como negros da terra. Nessas localidades, os indígenas foram:
		
	
	Libertos pois os negros brasileiros mostravam mais eficiência no trabalho cotidiano que os indígenas, preguiçosos.
	 
	Escravizados sistematicamente e serviram de mão de obra fundamental na expansão levada a cabo pelos colonos paulistas.
	
	Libertos e fugiram voltando para suas antigas tribos com medo de que novos ataques viessem.
	
	Escravizados pelos Jesuítas, cativos nas missões, queriam obriga-los a se converterem como era a ordem da coroa.
	
	Escravizados pelos franceses , que dominaram o espaço paulista, e não se viam obrigados a cumprir as ordens de El Rei.
	
	 Gabarito Comentado
	
	
	 6a Questão (Ref.: 201502047763)
	 Fórum de Dúvidas (4)       Saiba  (2)
	
	Qual fator fez dos Guaranis uma cobiçada fonte de mão de obra pelos paulistas, espanhóis e jesuítas?
		
	
	Pelo seu conhecimento das ervas medicinais da região, garantindo a longevidade de seus aliados.
	
	Pelo fato dos guaranis exercerem tradicionalmente atividades mineradoras, havia a esperança de que tais índios levassem até suas minas de ouro.
	
	Pelo seu conhecimento na produção de armamentos.
	
	Por seu vasto conhecimento na lavoura açucareira.
	 
	Por seu conhecimento e prática de formas de agricultura sedentária.
	
	 Gabarito Comentado
	
	
	 1a Questão (Ref.: 201502097507)
	 Fórum de Dúvidas (2)       Saiba  (1)
	
	Os portugueses, no início da colonização, utilizaram quase que exclusivamente a mão de obra índígena. Essa postura vai ser mudada ainda no século XVI, com a introdução do escravo de origem africana nas plantações de cana-de açucar. Em relação à escravidão indígena é correto afirmar que:
		
	
	foi aumentando nas áreas de lavoura a partir do século XVIII quando precisavam dos africanos para a exploração do ouro.
	 
	foi diminuindo nas áreas voltadas para a exportação, mas continuou maciça em áreas ligadas à produção interna
	
	foi declinando com o passar dos tempos até ser completamente erradicada já no início do século XVII.
	 
	foi diminuindo em virtude de sua pouca rentabilidade no trabralho, ou seja, inaptidão para a atividade laborativa.
	
	foi aumentando na mesma proporção que o tráfico negreiro embora fosse menos lucrativa que essa atividade.
	
	 Gabarito Comentado
	
	
	 2a Questão (Ref.: 201502101077)
	 Fórum de Dúvidas (2)       Saiba  (1)
	
	Trabalho escravo ou escravidão por dívida é uma forma de escravidão que consiste na privação da liberdade de uma pessoa (ou grupo), que fica obrigada a trabalhar para pagar uma dívida que o empregador alega ter sido contraída no momento da contratação. Essa forma de escravidão já existia no Brasil, quando era preponderante a escravidão de negros africanos que os transformava legalmente em propriedade dos seus senhores. As leis abolicionistas não se referiram à escravidão por dívida. Na atualidade, pelo artigo 149 do Código Penal Brasileiro, o conceito de redução de pessoas à condição de escravos foi ampliado de modo a incluir também os casos de situação degradante e de jornadas de trabalho excessivas. (Adaptado de Neide Estergi. A luta contra o trabalho escravo, 2007.)
Com base no texto, considere as afirmações abaixo:
I. O escravo africano era propriedade de seus senhores no período anterior à Abolição.
II. O trabalho escravo foi extinto, em todas as suas formas, com a Lei Áurea.
III. A escravidão de negros africanos não é a única modalidade de trabalho escravo na história do Brasil.
IV. A privação da liberdade de uma pessoa, sob a alegação de dívida contraída no momento do contrato de trabalho, não é uma modalidade de escravidão.
V. As jornadas excessivas e a situação degradante de trabalho são consideradas formas de escravidão pela legislação brasileira atual.
São corretas apenas as afirmações:
		
	 
	Apenas I, III e V
	
	Apenas I, II e III
	
	Apenas IV e V
	
	Apenas III e V
	
	Apenas I e II
	
	
	
	
	 3a Questão (Ref.: 201502132198)
	 Fórum de Dúvidas (2)       Saiba  (1)
	
	Sobre a rota de tráfico negreiro para o Brasil podemos fazer as assertivas abaixo, EXCETO:
		
	
	Nesses locais eles recebiam uma alimentação especial para recuperar suas forças o mais rápido possível.
	
	Os africanos mais fragilizados, principalmente aqueles que haviam contraído escorbuto, passavam por um processo de quarentena em galpões localizados na região portuária.
	
	Após a longa travessia, quando finalmente desembarcavam nos portos da América portuguesa, a situação de boa parte dos africanos era péssima.
	 
	Os negros vinham em boas condições , alimentados, para serem vendidos rápido. Mas apesar disso muitos morriam de banzo, saudade de casa.
	
	Assim que estivessem mais fortes, eram levados para os mercados onde seriam comprados. A partir de então, o destino desses africanos estava atrelado a de seu senhor e, em muitos casos, eles tinham que continuar a viagem, só que agora pelo interior do Brasil.
	
	 Gabarito Comentado
	
	
	 4a Questão (Ref.: 201502047364)
	 Fórum de Dúvidas (2)       Saiba  (1)
	
	Sobre a substituição da mão-de-obra escrava indígena pela africana é correto afirmar que:
		
	 
	Aconteceu devido à demonstração pelos povos africanos de menor resistência ao sistema escravista.
	
	Se deu pelo fato dos índios apresentarem menos vigor físico que os povos africanos.
	
	Se deu devido exclusivamente à proteção que dos jesuítas sobre os índios.
	
	Foi uma substituição plena ou seja, todos os índios foram libertos ao momento da chegada dos escravos negros.
	 
	Que elas conviveram durante muito tempo juntas, existindo casos relatados até o século XIX.
	
	 Gabarito Comentado
	
	
	 5a Questão (Ref.: 201502097529)
	 Fórum de Dúvidas (2)       Saiba  (1)
	
	A religiosidade indígena era bastante diversificada, baseada na identificação de deuses a elementos da natureza. Em relação a essa religiosidade depois da vinda dos europeus, podemos concluir que:
		
	
	foi assimilada pelos missionários católicos que ministravam para os indígenas uma variante do catolicismo.
	 
	foi identificada pelos missionários católicos que buscavam converter, de forma incondicional, os indígenas.
	
	foi incorporada pelos missionários católicos que aproveitaram tais elementos na catequese no africano.
	 
	foi aproveitada pelos missionários católicos que resolveram utilizar os mitos indígenas para a catequese.
	
	foi ignorada totalmente pelos missionários católicos que fingiam não ver a continuidade dessas práticas.
	
	 Gabarito Comentado
	
	
	 6a Questão (Ref.: 201502097513)
	 Fórum de Dúvidas (2)       Saiba  (1)