A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
283 pág.
Guia Acadêmico FDCE UFMG

Pré-visualização | Página 18 de 50

a CAPES é uma autarquia e agência pública de 
pesquisa, vinculada ao Ministério da Educação, e fundamental para a expansão e consolidação 
da pós-graduação stricto sensu. Nesse sentido, a CAPES oferece diversos auxílios e bolsas para 
o ensino e a pesquisa no Brasil e no exterior.57 Além das bolsas e auxílios, a CAPES oferece 
dois programas de apoio a eventos: o PAEP e o AEX. O Programa de Apoio a Eventos no País 
ou PAEP “é um programa que visa impulsionar a realização de eventos científicos no Brasil e 
a formação de professores para a educação básica, através da concessão de auxílio financeiro 
às Comissões Organizadoras. Inicialmente voltado apenas a eventos de curta duração, cujos 
vínculos se relacionavam unicamente à pós-graduação; desde 2010, o programa atende também 
àqueles eventos que prezem pela formação e melhoria do quadro docente da educação básica.”58 
O Programa de Apoio a Eventos no Exterior ou AEX, por sua vez, tem por objetivo “apoiar a 
participação de professores/pesquisadores doutores em eventos científicos no exterior, com 
vistas à apresentação de trabalhos científicos de modo a propiciar a visibilidade internacional 
da produção científica, tecnológica e cultural gerada no país; oferecer oportunidades para a 
 
55
 Disponível em: <http://cnpq.br/apresentacao4/>. Mais informações sobre o auxílio a eventos, disponível em: 
<http://cnpq.br/view/-/journal_content/56_INSTANCE_0oED/10157/25480>. 
56
 Disponível em: <http://cnpq.br/apresentacao4/>. Mais informações sobre o auxílio a eventos, disponível em: < 
http://cnpq.br/view/-/journal_content/56_INSTANCE_0oED/10157/25480>. 
57
 Para saber mais sobre as modalidades de bolsas no país, acesse: <http://www.capes.gov.br/bolsas/bolsas-no-
pais>. E para modalidades de bolsas no exterior, acesse: <http://www.capes.gov.br/bolsas/bolsas-no-exterior>. 
58
 Para mais informações, acesse: <http://www.capes.gov.br/apoio-a-eventos/paep>. 
 
Pesquisa {62} 
atualização de conhecimentos e a incorporação de novos modos ou modelos de gestão da 
pesquisa por professores e pesquisadores brasileiros e ampliar o nível de colaboração e de 
publicações conjuntas entre pesquisadores que atuam no Brasil e no exterior.”59 
 
5.4. Sociedades Científicas. SBPC. CONPEDI. 
 
A Sociedade Científica é “caracterizada como uma organização não-governamental de 
pessoas ativamente envolvidas na livre produção, discussão e divulgação intra e extra-
acadêmica do conhecimento dentro de sua área específica de atuação e interessada no progresso 
das ciências em geral.”60 Assim, as Sociedades Científicas foram fundamentais para o progresso 
da Ciência, estimulando a produção científica, promovendo o confronto de ideias e 
possibilitando a comunicação entre os pesquisadores que passam a compartilhar as suas 
produções e a submetê-las à avaliação dos seus pares. Assim, ao longo dos anos, surgiram 
diversas Sociedades Científicas à nível nacional e internacional. Dentre estas, podemos destacar 
a SBPC e o CONPEDI. 
 
5.4.1. SBPC 
 
A Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência ou SBPC é um entidade civil, sem 
fins lucrativos, formada em 1948. A SBPC, desde de sua fundação, foi fundamental para a 
expansão, o aperfeiçoamento e a difusão da ciência no Brasil e representa mais de 100 
sociedades científicas associadas e mais de 6 mil sócios ativos.61 “Anualmente, a SBPC realiza 
diversos eventos, de caráter nacional e regional, com o objetivo de debater políticas públicas de 
C&T e difundir os avanços da ciência. Por meio das Secretarias Regionais, são realizadas ainda 
outras atividades de difusão científica. A entidade também contribui para o debate permanente 
das questões relacionadas à área por meio de diversas publicações, como o Jornal da Ciência, a 
revista Ciência e Cultura, o portal na internet, e a edição de livros sobre temas diversos 
relacionados à ciência brasileira.”62 Pela presença expressiva de estudantes nas Reuniões 
Anuais da SBPC, em 2003, a SBPC passou a organizar a SBPC Jovem, que acontece dentro 
das Reuniões Anuais, voltado para estudantes de todos os níveis de formação, como “uma 
 
59
 Para mais informações, acesse: <http://www.capes.gov.br/apoio-a-eventos/aex>. 
60
 Disponível em: <http://www.sbpcnet.org.br/site/associadas/criterios-para-associacao.php>. 
61
 Disponível em: <http://www.sbpcnet.org.br/site/a-sbpc/quem-somos.php>. 
62
 Ibid. 
 
Pesquisa {63} 
oportunidade para troca de conhecimentos, estímulo à criatividade, valorização da 
experimentação, da atitude investigativa, de inovação, de trabalhos interdisciplinares e de 
atividades de iniciação científica básica.”63 
As Sociedades Científicas, para serem associadas à SBPC, devem preencher oito 
requisitos, sendo estes: “1) Ter objetivos e atividades compatíveis com os da SBPC , bem como 
Estatuto e Regimento; 2) Ter caráter nacional e ser representativa de sua área do conhecimento; 
3) Não ter fins lucrativos, religiosos ou político-partidários; 4) Ter elegido direta ou 
indiretamente sua Diretoria e/ou Conselho e renová-los periodicamente, em eleições livres e 
democráticas, segundo normas ditadas em Estatutos; 5) Não ter caráter sindical ou classista ou 
governamental; 6) Promover regular e periodicamente reuniões científicas de bom nível; 7) 
Publicar regularmente anais de congressos, revistas e/ou boletins informativos, de reconhecida 
qualificação científica; 8) Ter sido fundada e estar em plena atividade há pelo menos três 
anos.”64 É possível ser, também, sócio da SBPC, mediante o pagamento de uma anuidade.65 
A SBPC também disponibiliza diversas publicações e materiais compartilhados para a 
ampliação do conhecimento de estudantes e pesquisadores.66 
 
5.4.2. CONPEDI 
 
O Conselho Nacional de Pesquisa e Pós-Graduação em Direito ou CONPEDI “é a 
Sociedade Científica do Direito no Brasil, organizado através de uma associação civil com 
personalidade jurídica de direito privado e sem fins econômicos que incentiva e promove os 
estudos jurídicos e o desenvolvimento da pós-graduação em Direito no Brasil.”67 Desse modo, 
o CONPEDI foi criado em 1989 e tem por principal objetivo projetar a pesquisa jurídica a nível 
nacional. “Com este objetivo, apoia os Programas de Pós-Graduação nas instituições brasileiras 
de ensino, colabora com a definição de políticas para a formação de pessoal docente e discente 
da área jurídica, formula e propõe sobre temas de interesse da pesquisa e da pós-graduação em 
Direito junto às autoridades educacionais, defende e promove a qualificação do ensino 
jurídico.”68 Mediante o pagamento de uma anuidade, é possível associar-se ao CONPEDI, 
possibilitando, por exemplo, o acesso às publicações dos capítulos de livros do CONPEDI. 
 
63
 Disponível em: <http://www.sbpcnet.org.br/site/estudantes/detalhe.php>. 
64
 Disponível em: <http://www.sbpcnet.org.br/site/associadas/criterios-para-associacao.php>. 
65
 Disponível em: <http://www.sbpcnet.org.br/site/socios/apresentacao.php>. 
66
 Disponível em: <http://www.sbpcnet.org.br/site/estudantes/detalhe.php>; 
<http://www.sbpcnet.org.br/site/publicacoes/anais-resumos.php>. 
67
 Disponível em: <http://www.conpedi.org.br/quemsomos>. 
68
 Ibid. 
 
Pesquisa {64} 
Os congressos organizados pelo CONPEDI abordam temáticas jurídicas variadas. 
Dentre elas, a temática de 2015 foi “Direito e Política: da Vulnerabilidade à Sustentabilidade”. 
Sempre realiza-se um encontro nacional, no começo do ano, um congresso, no final, e encontros 
de internacionalização, em épocas variadas e no exterior. O congresso correspondente ao ano 
de 2015 ocorreu em Belo Horizonte e teve como uma das sedes a Universidade Federal de 
Minas Gerais 
 
5.5. A pesquisa