A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
1 pág.
AVALIANDO APRENDIZADO 9

Pré-visualização | Página 1 de 1

AULA 9
	
	
		1.
		Em entrevista à Revista Veja de 7/07/2010, o presidente do STF relatou: "Há um volume desnecessário de trabalho no Judiciário, provocado sobretudo pelas grandes empresas, especialmente nos casos em que elas são processadas por seus clientes. Mesmo quando não tem razão, elas apresentam inúmeros recursos para adiar a definição dos processos". Assinale a alternativa correta. Com base no noticiado, podemos afirmar que:
	
	
	
	
	 
	a universalização do acesso ao Judiciário, garantido pela CF 88, nem sempre é acompanhada da efetiva prestação jurisdicional, haja vista o caráter recorrista da Justiça brasileira;
	
	 
	o acúmulo de trabalho no Judiciário, decorrente das ações envolvendo grandes empresas, deve-se notadamente à preocupação dos empresários em obter decisões mais justas para os seus clientes;
	
	
	na realidade, a quantidade de recursos do nosso sistema jurídico é benéfica porque está prevista em lei.
	
	
	a universalização do acesso ao Judiciário, garantido pela CF 88, é acompanhada da efetiva prestação jurisdicional, haja vista que a justiça tarda mas não falha;
	
	
	o maior problema da justiça brasileira é a lentidão, mas este problema não atinge, no Brasil, os Tribunais Superiores;
	
	
	
		2.
		A morosidade da justiça não é um problema que diz respeito tão somente ao nosso país. Atinge a todos os países de forma mais ou menos grave. No Brasil, o fenômeno detectado há várias décadas passou a constituir uma preocupação permanente. Assim sendo, podemos apontar como responsável pela morosidade do Judiciário brasileiro, dentre outros aspectos:
	
	
	
	
	
	o efeito vinculante das súmulas, visando desafogar o Judiciário.
	
	
	a criação do Conselho Nacional de Justiça.
	
	 
	o número excessivo de recursos.
	
	
	a criação das medidas alternativas de solução de conflitos
	
	
	o estímulo dos tribunais pela conciliação.

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.