Logo Passei Direto

A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
155 pág.
Apostila Mancais Rolamento USIMINAS

Pré-visualização | Página 4 de 31

Dessa forma, o anel interno será expandido e o anel externo será comprimido numa 
certa proporção. Conseqüentemente o espaço disponível para os corpos rolantes 
diminuirá quando o rolamento for montado 
 
 
 
 
 
 
 
O rolamento deve ter uma folga interna maior antes da montagem a fim de evitar que 
os corpos rolantes sejam comprimidos quando o rolamento for montado na máquina. 
21 Centro de Formação Profissional 
Mancais de rolamentos Página 21 de 155 
 
Diferença de temperatura entre os anéis dos rolamentos 
 
Quando um rolamento é posto em serviço, a temperatura dos anéis e corpos rolantes 
aumenta. Se estes componentes não se mantêm a uma temperatura uniforme, eles 
terão diferentes graus de dilatação, o que também influenciará na folga interna do 
rolamento. 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Magnitude de carga ou interferência 
O ajuste de interferência de um anel interno do rolamento em seu assento será 
afrouxado com uma carga cada vez maior, já que o anel se deformará. Sob a 
influência de carga rotativa, o anel pode começar a arrastar. O grau de interferência 
deve, portanto, estar relacionado à magnitude da carga, ou seja, quanto mais pesada 
a carga, particularmente se for uma carga de choque, maior será o ajuste de 
interferência necessário. 
 
 
 
 
 
 
 
 
Tipos de folga radial 
 
Os rolamentos com folga interna diferente da Normal, são usados em casos onde as 
condições de operação exigem que ambos os anéis sejam montados com 
interferência ou quando as condições de temperatura são excepcionais. Um ajuste 
deslizante no eixo ou uma temperatura mais alta no anel externo podem por exemplo, 
exigir uma folga menor que a Normal. Ajuste interferente em ambos os anéis, ou 
ajuste interferente no eixo ou temperatura muito elevada no anel interno exigem em 
geral folga maior que a Normal. 
22 Centro de Formação Profissional 
Mancais de rolamentos Página 22 de 155 
 
C1 - Folga menor que C2 
C2 - Folga menor que a Normal 
 Folga normal 
C3 - Folga maior que a Normal 
C4 - Folga maior que C3 
C5 - Folga maior que C4 
 
As folgas radiais são especificadas para cada tipo de rolamento e devem ser 
verificadas de acordo com as tabelas dos mesmos. 
23 Centro de Formação Profissional 
Mancais de rolamentos Página 23 de 155 
 
Tolerâncias para rolamentos 
As tolerâncias e os limites dimensionais e a precisão de giro dos rolamentos são 
especificados pelas normas ISSO 492/199/582. As tolerâncias e os limites estão 
definidos nos itens como os seguir relacionados. 
 
As tolerâncias dos rolamentos são normalizadas em termos de classes conforme o 
estreitamento da tolerância, deste modo, além da classe normal da ISO, de acordo 
com o aumento da precisão, há a classe 6X (para rolamentos de rolos cônicos), a 
classe 6, a classe 5, a classe 4 e a classe 2, sendo a classe 2 a de mais alta precisão 
da ISO. 
 
A precisão nas dimensões e na forma, assim como a exatidão de giros dos 
rolamentos, foram normalizados pela ISO incluem tolerâncias mais estreitas, por 
exemplo as correspondentes às classes de precisão P6 e P5. 
Para aplicações tais como fusos de máquinas ferramentas ainda são fabricados 
rolamentos em uma precisão ainda maior (classes de precisão P4, SP, UP, PA97 e 
PA9) 
As tolerâncias se dividem em: 
 
Tolerâncias dimensionais 
São os ítens necessários quando da instalação dos rolamentos em eixos ou 
alojamentos 
Diâmetro do furo, externo e largura; 
Diâmetro dos circulos inscrito e circunscrito dos rolos; 
Dimensão de chanfro; 
Variação de largura; 
Furo cônico. 
 
Precisão de giro 
São os itens necessários para restringir os desvios das partes girantes 
Desvio radial dos anéis interno e externo; 
Desvio axial dos anéis interno e externo; 
Desvio lateral do anel interno; 
Inclinação da superfície externa do anel externo; 
Variação da espessura da pista do anel interno. 
24 Centro de Formação Profissional 
Mancais de rolamentos Página 24 de 155 
 
Designação de rolamentos 
 
As designações dos rolamentos consistem em combinações de algarismos e/ou 
letras, cujo significado não é imediatamente evidente. Portanto, o sistema de 
designação da para rolamentos será descrito e o significado das designações 
complementares mais comuns será explicado. Tipos de rolamento muito específicos, 
como rolamentos de seção rígida, rolamentos giratórios ou rolamentos lineares, não 
são abordados. Essas designações diferem, às vezes consideravelmente, do sistema 
descrito aqui. 
 
As designações dos rolamentos são dividias em dois grupos principais: designações 
para rolamentos padrões e designações para rolamentos especiais. Rolamentos 
padrões são rolamentos que normalmente possuem dimensões padronizadas, 
enquanto os rolamentos especiais possuem dimensões especiais determinadas pelas 
exigências dos usuários. 
 
A designação completa pode consistir em uma designação básica com ou sem uma 
ou mais designações complementares. A designação completa do rolamento, ou 
seja, a designação básica com as designações complementares, é sempre marcada 
na embalagem do rolamento, enquanto a designação marcada no rolamento pode, às 
vezes, estar incompleta, por exemplo, por razões de fabricação. 
 
As designações básicas 
Identificam o tipo, modelo básico e imensões máximas padrões de um rolamento. 
 
As designações complementares 
Identificam componentes do rolamento, variantes que tenham um modelo e/ou 
característica(s) que sejam de alguma forma diferentes do projeto básico. 
 
As designações complementares podem vir antes da designação básica (prefixos) ou 
depois (sufixos). 
 
Os significados de prefixos e sufixos variam de acordo com os fabricantes, mesmo 
que os rolamentos apresentem características similares. 
25 Centro de Formação Profissional 
Mancais de rolamentos Página 25 de 155 
 
Plano de dimensões e designação de rolamentos 
 
Os rolamentos padronizados pela ISO, observam os padrões de dimensões externas 
abaixo. 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Radiais de esferas Rolamentos de Axial de escora simples 
e de rolos rolos conicos 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Axial de escora dupla Axial autocompensador de rolos 
 
Quando se projeta um rolamento é possível variar suas dimensões dentro de uma 
certa faixa. Um rolamento para um dado diâmetro de eixo pode ser fabricado com 
várias medidas de diâmetro externo. A largura do rolamento pode variar do mesmo 
modo. É possível fabricar rolamentos largos ou estreitos como também rolamentos 
de alta ou baixa seção 
 
 
 
 
 
 
 
 
26 Centro de Formação Profissional 
Mancais de rolamentos Página 26 de 155 
 
Todos os rolamentos padrões possuem uma designação básica de características, 
que geralmente consiste em 3, 4 ou 5 algarismos ou em uma combinação de letras e 
algarismos. Os algarismos e combinações de letras e algarismos possuem o seguinte 
significado: 
O primeiro algarismo ou a primeira letra ou combinação de letras identifica o tipo de 
rolamento. 
 
Os dois algarismos seguintes identificam a série de dimensões ISO; o primeiro 
algarismo indica a série de larguras ou alturas (dimensões B, T ou H, 
respectivamente), e o segundo, a série de diâmetros externos (dimensão D). 
A combinação de uma série de diâmetros com uma série de larguras ou alturas é
Página123456789...31