INTRODUÇÃO AO ESTUDO DA HISTÓRIA simulado
5 pág.

INTRODUÇÃO AO ESTUDO DA HISTÓRIA simulado

Disciplina:Introdução ao Estudo da História750 materiais17.952 seguidores
Pré-visualização2 páginas
Parte superior do formulário
			

	

	  INTRODUÇÃO AO ESTUDO DA HISTÓRIA

	

	Simulado: CEL0487_SM_201308213867 V.1 
	 VOLTAR

	
	

	Desempenho: 6,0 de 8,0
	Data: 24/09/2013 20:13:47 (Finalizada)

	

	 1a Questão (Ref.: 200865434809)
	Pontos: 1,0  / 1,0

	Em relação ao estudo da história, marque a alternativa correta:

		

	 
	Através do estudo historiográfico consegue-se entender o passado, contribuindo para uma melhor compreensão também do presente.

	
	Não é tarefa do historiador tentar determinar o tempo dos acontecimento, salvo aqueles que ocorreram na pré-história.

	
	O trabalho de pesquisa do historiador permite a reconstrução do acontecimento tal como aconteceu.

	
	Apenas as sociedades que possuem escrita possuem história.

	
	A história não está preocupada com o tempo cronológico, apenas com o tempo cultural

	

	

	 2a Questão (Ref.: 200865407740)
	

	A tradicional forma de se dividir a história em Pré-História, História Antiga; História Medieval, História Moderna e História Contemporânea, já há algum tempo é alvo de críticas e é relativizada pelos historiadores. Identifique as críticas que são feitas a esta divisão de tempo.

		

	
Sua Resposta: citicas a periodizaçao da historia se de a ser imprecisa cronologicamente devido a diferença entre as escritas de diversas culturas; as mudanças entre os periodos serem graduais e velocidade variaveis conforme cultura e regioes; e criticas em quais seriam os marcos para inico e fim dos periodos.

	

Compare com a sua resposta: O aluno deverá identificar o caráter eurocêntrico da tradicional divisão de tempo argumentando que a mesma não serve para o estudo dos povos da América, da África e da Ásia, principalmente nos períodos mais pretéritos.

	

	

	 3a Questão (Ref.: 200865431476)
	Pontos: 1,0  / 1,0

	Todas as opções abaixo tratam sobre o ofício do historiador:
 
I.  Valer-se somente de interpretações ao invés dos fatos.
II. Selecionar os fatos mais relevantes para a pesquisa.
III. Desconsiderar o maior número de informações possíveis.
IV. Associar as informações recolhidas nas fontes, buscando uma interpretação.
 
Marque a única alternativa abaixo que demonstra quais afirmações estão corretas:

		

	
	III e IV.

	
	II e III.

	 
	II e IV.

	
	I e II.

	
	I e IV.

	

	

	 4a Questão (Ref.: 200865433327)
	Pontos: 0,0  / 1,0

	Segundo Walter Benjamin uma das tarefas centrais do historiador é “escovar a história a contrapelo”, contra a ilusão do progresso, para ele o resgate do passado, da memória se faz na possibilidade de realizar o encontro secreto marcado entre as gerações precedentes e a nossa, pois em cada época é preciso arrancar a tradição ao conformismo, que quer apoderar-se dela.
 
Marque a alternativa que melhor expressa o papel do pesquisador, segundo esta visão.

		

	 
	Ressaltar que a história é vista como o fazer, como ação possível.

	
	Atribuir ao herói a autoria de ser o desencadeador do processo histórico.

	
	Formar as gerações futuras para cumprirem alguma utilidade prática.

	
	A valorização da História Oral e da cultura popular como fonte para a História Oficial.

	 
	O responsável pela manutenção da memória coletiva irrefutável.

	

	

	 5a Questão (Ref.: 200865434844)
	Pontos: 1,0  / 1,0

	Um professor de história, a fim de facilitar a compreensão de seus alunos sobre o local em que vivem, levou-os a visitar o entorno escolar, mostrando como a presença de determinadas características geográficas, como a proximidade com o mar, influenciam no cotidiano da vida das pessoas. Um dos alunos questionou afirmando que aquilo não seria conteúdo de aula de história, mas de geografia.
Marque a alternativa que demonstra qual o melhor argumento que o professor poderia utilizar para responder ao aluno:

		

	 
	É preciso trabalhar de forma interdisciplinar história e geografia é apenas uma das possibilidades de ciências que se complementam, pois ambas estudam as relações humanas.

	
	A compreensão da história do bairro em que se mora só é importante quando são encontradas evidências escritas da existência da vida de uma sociedade antiga ali, caso contrário não seria tema de pesquisa para o historiador, apenas para o geógrafo

	
	O meio não é fator importante para as relações sociais, embora influencie no cotidiano das pessoas.

	
	A história é uma ciência que trabalha apenas com a geografia, por isso a importância do passeio.

	
	Realmente, não há relação entre a história e a geografia esta aula seria apenas um passeio para descontrair, pois cada ciência possui os seus objetos.

	

	

	 6a Questão (Ref.: 200865434550)
	Pontos: 0,0  / 1,0

	"Toda pesquisa histórica é articulada a partir de um lugar de produção sócio-econômico, político e cultural. Implica um meio de elaboração circunscrito por determinações próprias: uma profissão liberal, um posto de estudo ou de ensino, uma categoria de letrados etc. Encontra-se portanto, submetida a opressões, ligada a privilégios, enraizada em uma particularidade. É em função desse lugar que se instauram os métodos, que se precisa uma topografia de interesses, que se organizam os dossiers e as indagações relativas aos documentos." 
CERTEAU, Michel de. A operação histórica. In: LE GOFF, Jacques e NORA, Pierre. História: Novos Problemas. Rio de Janeiro: Francisco Alves, 3ª Ed., 1988.p. 18. 

Qual é o "lugar social" onde é produzido o saber da história?

		

	
	Na política, onde a história consegue estabelecer a relação passado-futuro sem subjugar a subjetividade do pesquisador.

	
	Nas bibliotecas, onde é possível ter acesso a um extenso número de produções historiográficas sobre diversos temas.

	
	Nos arquivos, onde os historiadores entram em contato com as fontes que lhes permitem escrever sobre o passado.

	 
	Na universidade, onde o historiador encontrará os leitores que legitimarão seu trabalho, subordinando-o a regras e práticas específicas.

	 
	Na sociedade, onde o historiador é mais um ator social e político por isso apto a conectar o passado ao presente através das carências de seu objeto de estudo.

	

	

	 7a Questão (Ref.: 200865434547)
	Pontos: 1,0  / 1,0

	A diferença entre os termos "história" e "historiografia" é:

		

	
	O primeiro pode ser entendido como o passado em si, enquanto o segundo como uma coleção de histórias.

	
	O primeiro pode ser entendido como uma fábula, enquanto o segundo como uma coleção de histórias.

	
	O primeiro pode ser entendido como o que foi escrito pelo passado, enquanto o segundo se refere aos escritos dos historiadores.

	 
	O primeiro pode ser entendido como o que foi escrito sobre o passado ou o próprio passado, enquanto o segundo se refere aos escritos dos historiadores.

	
	O primeiro pode ser entendido como uma fábula, enquanto o segundo é a produção do saber histórico.

	

	

	 8a Questão (Ref.: 200865427764)
	Pontos: 1,0  / 1,0

	
Assinale a alternativa que melhor define este pensamento expresso por Lucian Goldman: "Do ponto de vista da ação sobre o pensamento científico, as diferentes perspectivas e ideologias não se situam no mesmo plano. Certos juízos de valor permitem maior compreensão da realidade do que outros."

		

	
	Desconhece a existência do real

	 
	Afirma e reconhece que há possibilidades de escolha entre diferentes métodos na abordagem do real

	
	Reconhece que todo conecimento é subjetivo

	
	Nega a importância da realidade sobre a escolha metodológica

	
	Reconhece a incapacidade da ciência em empregar métodos objetivos

	

	

	 9a Questão (Ref.: 200865428707)
	Pontos: 1,0  / 1,0

	"História ciência do Homem, ciência do passado humano. E não, de modo nenhum, ciência das coisas e dos conceitos."
FEBVRE, Lucien. Combates pela historia. Lisboa: