A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
3 pág.
PLANO DE AULA  basquetebol

Pré-visualização | Página 1 de 1

PLANO DE AULA 
AUTOR:
Denílson Saldanha
Disciplina: Basquete
Pentecoste
Junho de 2016
DADOS DE IDENTIFICAÇÃO
 
CONTEÚDO: Esporte
TEMA: Basquetebol 
SUB-TEMA: Arremesso 
NOME DA ESCOLA: Instituto de Educação Superior do Ceará (IESC)
PROFESSOR: José Denílson Alves Saldanha
FAIXA ETÁRIA: 12 a 15 anos
SEXO: Masculino e Feminino
NÚMERO DE ALUNOS: A Turma Contém entre 20 a 25 Alunos
LOCAL: Quadra Poliesportiva
DURAÇÃO: 1 aula
 
OBJETIVO GERAL
Ensinar aos alunos movimentos de arremesso que tem como objetivo a colocação da bola num companheiro que se encontre em melhor posição, para a criação de situações de finalização ou para a progressão no terreno de jogo.
OBJETIVO ESPECIFICO
- Desenvolver a coordenação motora, ritmo e percepção espacial.
- Promover a cognição realizando os movimentos propostos
- Preparar os alunos para a prática básica do esporte
 
ESTRATÉGIA
Conversar com os alunos (com base em pesquisa feita anteriormente) sobre as várias formas de arremessar a bola na cesta no basquete. Identificar com eles como e quando são feitos esses lances, de acordo com diferentes situações. Ofereça fotos e ilustrações mostrando como são realizados os arremessos.
MATERIAL
- Bola de Basquetebol.
- Quadra Poliesportiva.
- Cones
CONDUÇÃO DA AULA
Metodologia 
1ª etapa 
Organize duplas ou trios e oriente-os a explorar as formas de arremesso. Além de usar as tabelas de basquete, construa cestas com recipientes de lixo gigantes, aros presos nas traves ou na grade da quadra e alvos desenhados na parede, por exemplo. Distribua bolas pequenas, médias, grandes, leves, pesadas etc. e peça que as duplas ou os trios troquem-nas durante a atividade. Dessa forma, todos sentem o tamanho e o peso delas. Coloque obstáculos entre o local de arremesso e a cesta. Opções: aumentar a distância entre os dois pontos, colocar um aluno no papel de marcador, posicionar a cesta a diferentes alturas, pedir que o lance seja feito de olhos fechados, com uma só das mãos e de costas para a cesta.
2ª etapa 
Converse com a turma sobre a vivência. Pergunte: qual arremesso foi o mais fácil? E o mais difícil? Qual o mais utilizado? Como uns ajudaram os outros? Peça que o grupo escolha as cinco cestas ou alvos de que mais gostou. Os critérios devem levar em conta o desafio e a possibilidade de sucesso. Questione se os estudantes têm idéias de cestas ou alvos diferentes daqueles já explorados e que possam ser construídos
3ª etapa 	
. Proponha a realização de um jogo de arremessos. O desafio é que cada membro da dupla ou do trio lance a bola nos cinco alvos escolhidos. A tarefa se completa quando todos acertarem a bola nos cinco alvos. O número de arremessos é livre, assim como o ponto de início. O circuito deve ser realizado duas vezes. As duplas devem registrar o número de arremessos realizados em ambas para cumprir o desafio. Ganha o jogo a dupla que da primeira para a segunda vez conseguir diminuir mais o número de arremessos.
Avaliação 
Numa roda de conversa, faça perguntas para verificar se a turma consegue identificar as diferentes formas de arremesso utilizadas no jogo de basquete. O importante é que todos possam reconhecer os arremessos mais apropriados para cada situação de jogo (perto ou longe da cesta, com ou sem marcação, parado ou em deslocamento etc.) Em termos de conteúdo, é fundamental que percebam a existência de diferentes formas de jogar a bola com o objetivo de acertá-la na cesta ou no alvo.

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.