A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
13 pág.
SIMULADO RTM AV1

Pré-visualização | Página 1 de 3

1a Questão (Ref.: 201504348224) Pontos: 0,1 / 0,1 
Um grupo de fisioterapeutas foi convidado a realizar, com os funcionários de uma das agências de um grande 
banco, um trabalho de orientação de saúde voltada para a prevenção de algias e edemas apresentados em 
membros inferiores no final do período de trabalho, principalmente nas funcionárias do sexo feminino. No 
planejamento das estratégias de orientação de saúde, os fisioterapeutas, durante suas palestras, informaram 
quanto às posturas que interferem negativamente no comportamento do edema, em decorrência do fechamento 
do ângulo coxofemoral e pela ação da gravidade, que são, respectivamente: 
 
 
 Sentada e de pé (ortostática). 
 
De pé e decúbito ventral. 
 
Decúbito dorsal e de pé (ortostática). 
 
Sentada e decúbito dorsal. 
 
Sentada e decúbito ventral. 
 
 
 
 
 
 2a Questão (Ref.: 201504347938) Pontos: 0,0 / 0,1 
Apesar de traduzir interferências precoces, a mobilização passiva, tanto artrocinemática como osteocinemática, 
também demonstra pontos significativos a serem considerados na avaliação, para uma boa prescrição 
terapêutica. Assim sendo, marque a alternativa que complementa a ideia de que as obervações expostas 
facilitam uma boa prescrição. 
 
 
 
Considerando restrições na amplitude e na qualidade do arco, nunca devemos realizar mobilização 
artrocinemática em pacientes com déficits no final da amplitude fisiológica. 
 
Um tecido sem plasticidade e elasticidade dificilmente apresentará bons resultados à mobilização 
passiva, necessitando interferência cirúrgica obrigatória para mudança do quadro. 
 
Ao se avaliar um paciente portador de dor à mobilização osteocinemática, devemos enfatizar a 
necessidade de imobilização a qualquer forma de mobilização. 
 Ao se avaliar um paciente portador de limitação de amplitude de movimento artrocinemático, devemos 
considerar que este precisa ser estimulado fisiologicamente. 
 Considerando a avaliação goniométrica restrita, por dor ou limitação de arco, outros fatores precisam 
ser considerados para se julgar a exclusão total ou parcial de mobilidade. 
 
 
 
 
 
 3a Questão (Ref.: 201504348127) Pontos: 0,1 / 0,1 
Em um paciente de 72 anos, portador de fratura de corpo vertebral de T11, T12 e L1 após queda de escada, em 
domicílio há aproximadamente 32 dias, iniciando fisioterapia com tração lombar manual, intermitente, já na 
quinta sessão, observou-se sintomas de parestesia e diminuição de força muscular em membros inferiores, além 
de pequena diminuição da sensibilidade logo abaixo da cicatriz umbilical. Com base no quadro, considerando a 
proposta terapêutica, analise as questões e marque a alternativa correta. I. É possível que este paciente ainda 
não tenha consolidado as fraturas e o movimento de tração, e, nesse caso, torna-se contraindicado. II. O 
aparecimento da sintomatologia descrita traduz uma compensação natural ao processo de melhora da 
mobilidade lombar, pela utilização da técnica. III. A tração manual, nesse caso, é a técnica de predileção, desde 
que seja otimizada em decúbito dorsal, facilitando o eixo longitudinal de tração. IV. Pelo tempo da condição e a 
idade do paciente, deve-se tomar cuidado com qualquer forma de tração que não seja estática ou constante, 
para não facilitar manifestações neurológicas. 
 
 
 
As alternativas I e III estão corretas. 
 As alternativas I e IV estão corretas. 
 
As alternativas I e II estão corretas. 
 
As alternativas II e III estão corretas. 
 
As alternativas III e IV estão corretas. 
 
 
 
 
 
 4a Questão (Ref.: 201504916120) Pontos: 0,1 / 0,1 
Na terapia manual existem dois sistemas de graduação para as técnicas de mobilização articular passiva, a 
Técnicas de Oscilação Graduada e a Técnica de mobilização intra-articular translatória sustentada. Com base 
nas afirmativas abaixo, assinale as verdadeiras (V) e as falsas (F): 
 
 
 As técnicas de mobilização articular executadas com graus I e II são usadas primariamente para o 
tratamento de articulações limitadas pela dor. 
 A mobilização articular executada nos graus III e IV são utilizados primariamente como manobras de 
alongamento. 
 A técnica de mobilização intra-articular Grau II: consiste na aplicação de uma separação de pequena 
amplitude onde nenhuma sobrecarga estiver localizada sobre a cápsula. 
 A técnica de mobilização Grau I: consiste na aplicação de uma separação ou deslizamento com uma 
amplitude grande o suficiente para alongar a cápsula articular e as estruturas periarticulares. 
 As oscilações podem ter um efeito inibitório na percepção dos estímulos dolorosos estimulando 
mecanorreceptores que bloqueiam as vias nociceptivas no nível da medula espinhal ou tronco encefálico. 
 
 
 
 
 
 5a Questão (Ref.: 201504581615) Pontos: 0,0 / 0,1 
A mobilização articular é uma técnica de terapia manual que inclui os movimentos passivos e lentos das 
superfícies articulares com objetivo de aumentar a mobilidade funcional dos segmentos envolvidos. A respeito 
da execução e efeitos da mobilização articular NÃO é possível dizer: 
 
 
 
Os movimentos artrocinemáticos, conhecidos como micromovimentos acessórios da articulação, são 
relacionados como giro, deslizamento e rolamento. 
 Os graus de mobilização 3 e 4 são indicados quando o processo álgico é mais intenso do que a rigidez 
imposta pela imobilização advinda da patologia. 
 
De acordo com a regra do côncavo e convexo o segmento ósseo com superfície distal convexa dinâmica 
se move em superfície côncava estática em direção oposta ao sentido do movimento proximal. 
 Tem como objetivo aumentar a flexibilidade de tecidos conectivos macios. 
 
Ao se utilizar de movimentos artrocinemáticos é possível promover a lubrificação intra-articular, 
prevenindo a fibrilação cartilaginosa. 
 
 1 
a 
 Q u e s t ã o ( R e f . : 2 0 1 5 0 1 8 1 6 8 5 9 ) P o n t o s : 0 , 1 / 0 , 1 
Sobre a fisiologia de nocicepção e supressão da dor assinale a opção verdadeira: 1) Em condições 
normais, a informação sensorial é captada pelas estruturas do Sistema Nervoso Periférico (SNP) e 
transmitida para as unidades do Sistema Nervoso Central (SNC), onde é decodificada e interpretada. 2) 
As técnicas de massagem geram informações aferentes mediante a estimulação do mecanoreceptores 
de grande calibre em diversas estruturas do corpo. 3) A ativação do mecanismo de comporta de dor 
(portão medular) e a liberação de opióides endógenos explicariam o alívio da dor produzido pela 
massagem. 4) O portão medular pode ser fechado por impulsos sensitivos explicando a primeira 
automassagem relatada na história da humanidade 
2 e 3 são verdadeiras 
Somente 1 é verdadeira 
Todas são verdadeiras 
Somente 4 é verdadeira 
1 e 3 são verdadeiras 
 
 
Tão importante quanto o tratamento ofertado é a postura profissional perante ao paciente. São 
aspectos relevantes e importantes para um boa postura profissional, exceto: 
Não cobrir o paciente corretamente, mas posicionar corretamente 
Evitar exposição desnecessária e toque inadequado 
Alto padrão de profissionalismo 
Manter a confidencialidade da informação relacionada à saúde do paciente 
Explicação adequada do tratamento ao paciente 
 
 
A massoterapia utiliza-se da manipulação manual para atingir efeitos em tecidos do corpo. 
Modernamente a massagem trata o cliente por inteiro, isto é, corpo, mente e espírito. Os tecidos 
corporais que mais se beneficiam com a aplicação da massoterapia são: 
Tecido muscular e tecido conjuntivo 
Tecido muscular e articulações sinoviais 
Tecido ósseo e tecido muscular 
Articulações sinoviais e tecido conjuntivo 
 2 
a 
 Q u e s t ã o ( R e f . : 2 0 1 5 0 1 7 3 1 9 0 4 ) P o n t o s : 0 , 1 / 0 , 1