AV1 DE TGP
1 pág.

AV1 DE TGP


DisciplinaTeoria Geral do Processo8.688 materiais165.496 seguidores
Pré-visualização1 página
1a Questão (Ref.: 808198)
	Pontos: 1,0  / 1,0

	Sobre a teoria constitutiva ou unitarista do ordenamento jurídico é correto afirmar:

		

	
	A jurisdição é a função do Judiciário que busca a justa composição da lide, caracterizada pela exigência da autonomia da vontade das partes involvidas no conflito.

	
	A jurisdição é a função do Estado que busca concretizar a teoria do consenso para a justa composição dos interesses das partes.

	
	A jurisdição é a função do Executivo caracterizada pela exigência de autonomia do interesse particular.

	 
	A jurisdição é a função do Estado que busca a justa composição da lide, caracterizada pela exigência de subordinação do interesse alheio ao interesse próprio, bem como pela resistência da outra parte.

	
	Está diretamente ligada aos princípios do acesso à justiça, da dignidade da pessoa humana e da legalidade.

		 Gabarito Comentado.

	

	

	 2a Questão (Ref.: 808202)
	Pontos: 1,0  / 1,0

	O Acesso à Justiça é um princípio fundamental da jurisdição, previsto no art. 5°, inciso XXXV da Constituição de 1988, que significa:

		

	
	A lei não prejudicará o direito adquirido, o ato jurídico perfeito e a coisa julgada.

	
	Ninguém será processado nem sentenciado senão pela autoridade competente.

	 
	A lei não excluirá da apreciação do Poder Judiciário lesão ou ameaça a direito.

	
	A todos, no âmbito judicial e administrativo, são assegurados a razoável duração do processo e os meios que garantam a celeridade de sua tramitação.

	
	Aos litigantes, em processo judicial ou administrativo, e aos acusados em geral são assegurados o contraditório e ampla defesa, com os meios e recursos a ela inerentes.

		 Gabarito Comentado.

	

	

	 3a Questão (Ref.: 140027)
	Pontos: 1,0  / 1,0

	Foi proposta ação de conhecimento por Paulo em face de Francisco. O feito correu seu itinerário regularmente até que os autos foram conclusos para decisão. O juiz proferiu sentença. No curso do prazo para recorrer surgiu um novo Código de Processo Civil, excluindo o preparo prévio como condição de admissibilidade do recurso. Aponte a alternativa CORRETA:

		

	 
	o recurso é apreciado à luz da legislação vigente à época de sua interposição;

	
	a falta de preparo prévio acarreta a inadmissibilidade do recurso;

	
	o preparo pode ser feito antes ou depois da interposição do recurso.

	
	o preparo deverá ser feito previamente, porque quando nasceu o direito de impugnar a decisão assim era previsto na lei da época;

		 Gabarito Comentado.

	

	

	 4a Questão (Ref.: 118804)
	Pontos: 1,0  / 1,0

	Questão. Assinale a alternativa correta, que diga respeito à natureza das leis processuais:

		

	
	normas privadas, instrumentais e autônomas;

	
	Normas públicas, dispositivas e instrumentais

	
	Normas privadas, dispositivas e autônomas

	 
	normas públicas, cogentes e instrumentais.

		 Gabarito Comentado.

	

	

	 5a Questão (Ref.: 118818)
	Pontos: 1,0  / 1,0

	Carlos realiza negócio com Gustavo, pagando uma determinada soma em dinheiro por um videogame. Ocorre que o aparelho eletrônico, uma vez ligado, apresentou uma série de problemas. Como Carlos não estava mais conseguindo realizar contato com Gustavo, o mesmo se dirigiu diretamente a sua residência e, ato contínuo, levou consigo um aparelho de televisão de valor compatível com o que pagou para ressarcimento do seu prejuízo. Esta postura adotada por Carlos configura:

		

	 
	Autotutela;

	
	Arbitragem.

	
	Autocomposição;

	
	Mediação;

		 Gabarito Comentado.

	

	

	 6a Questão (Ref.: 121891)
	Pontos: 1,0  / 1,0

	Em determinado contrato particular, as partes convencionaram remeter à arbitragem qualquer disputa que eventualmente advier no curso da execução contratual. A esta avença dá-se o nome de cláusula:

		

	
	de prelação.

	 
	compromissória.

	
	de expromissão.

	
	de eleição arbitral.

		

	

	

	 7a Questão (Ref.: 79490)
	Pontos: 1,0  / 1,0

	O princípio dispositivo, também denominado de princípio da inércia da jurisdição, significa que:

		

	 
	 nenhum juiz prestará a tutela jurisdicional senão quando a parte ou interessado a requerer, nos casos e forma legais;

	
	 cabe ao réu manifestar-se precisamente sobre os fatos narrados na petição inicial.

	
	 o juiz conhecerá de ofício, a qualquer tempo e grau de jurisdição, enquanto não proferida a sentença de mérito, das questões de ordem pública;

	
	 caberá ao juiz, de ofício ou a requerimento da parte, determinar as provas necessárias à instrução do processo, indeferindo as diligências inúteis ou meramente protelatórias;

		

	

	

	 8a Questão (Ref.: 75623)
	Pontos: 1,0  / 1,0

	No que diz respeito à jurisdição observa-se que esta possui características que lhe são próprias, que a distinguem de outras funções exercidas pelo Estado. É característica da jurisidição:

		

	
	A delegabilildade, pois é possível que outros órgãos, além daqueles que a Constituição Federal determina, exerçam função jurisdicional.

	
	A imutabilidade das decisões, que atinge qualquer decisão proferida pelo Poder Judiciário, inclusive aquelas em que não há análise do mérito.

	 
	A substitutividade da vontade dos litigantes, porque a decisão a ser proferida pelo Estado é imperativa a eles, sendo de observância obrigatória.

	
	A prestação de ofício em qualquer situação, independentemente de provocação.

		 Gabarito Comentado.

	

	

	 9a Questão (Ref.: 82169)
	Pontos: 1,0  / 1,0

	O Conselho Nacional de Justiça:

		

	 
	tem uma atuação na adminstração dos tribunais e fiscalização administrativa dos juízes e triubnais em todo o território nacional.

	
	apenas atua nos casos de omissão das corregedorias locais e não pode iniciar processos administrativos de ofício, devendo sempre aguardar provocação de interessados.

	
	atua na melhora da adminstração judiciária e também funciona como última instância de julgamento, conforme determina Constituição Federal de 1988.

	
	não faz parte do Poder Judiciário, muito embora sua composição suporte membros do STF e STJ.

		

	

	

	 10a Questão (Ref.: 82152)
	Pontos: 1,0  / 1,0

	De acordo com a estrutura do Poder Judiciário no Brasil:

		

	 
	é correto afirmar que o STF é o guardião da Constituição Federal, sem prejuízo de outras competências previstas.

	
	o STJ é reponsável pelo julgamento de recursos penais, mas não de natureza cível.

	
	o STJ é responsável pelo julgamento de recursos cíveis, mas não de natureza penal.

	
	a jusitiça federal é classificada como uma " justiça especializada", a exemplo da Justiça Militar,Eleitoral e do Trabalho.