Tabernáculo de Moisés Kevin J. Conner  completo por yanna
50 pág.

Tabernáculo de Moisés Kevin J. Conner completo por yanna


DisciplinaTeologia12.698 materiais30.050 seguidores
Pré-visualização50 páginas
40.33-38).
10. Houve júbilo diante da arca quando ela entrou na cidade (2Samuel 6.12-18).
11. Aqueles que desprezaram a chegada da arca foram castigados com esterilidade física (2Samuel 6.20-23 e 1Crônicas 15.29).
12. A arca de Deus foi tirada de Jerusalém e atravessou o vale de Cedrom com o rejeitado rei Davi (2Samuel 15.23-24).
13. Quando a arca foi levada, Israel foi derrotado e fugiu (1Samuel 4.10).
14. Os filisteus queriam saber o que deveriam fazer com a arca (1Samuel 5.8).
15. A arca foi colocada numa carroça nova (1 Samuel 6.7-13).
16. A arca viajou durante três dias e três noites (Números 10.33-36). O Tabernáculo foi desmontado e a glória se foi enquanto prosseguiam caminhando até achar descanso. A glória retomou quando o Tabernáculo foi novamente erguido.
17. A arca guiou a travessia do Jordão, o rio do juízo, ficando 900 metros (cerca de 2.000 côvados) à frente para que eles soubessem o caminho por onde seguir, mantendo as águas divididas para que os outros pudessem atravessar (Josué 3.3-15).
18. A arca foi aspergida com sangue, representando nossa reconciliação (Levítico 16.14).
19. A arca era colocada \u201cno meio\u201d do acampamento enquanto o povo marchava ou descansava (Números 2.17 e 10.14-28).
20. A pretensão de enfrentar o inimigo sem a presença da arca era derrota certa (Números 14.44-45).
21. Quando a arca foi tomada pelos filisteus não houve vitória ou glória em Israel (1Samuel 4.3-22).
22. Israel exultou quando a arca chegou ao acampamento (1Samuel 4.5-6), mas isso provocou um tremor no acampamento do inimigo (vs. 8 e 9).
23. A arca significava condenação para o acampamento do inimigo (1Samuel 5), porém, era uma grande bênção para o povo de Deus (2Samuel 6.11).
24. A arca era o lugar para se descobrir a vontade de Deus (Josué 20.18-28).
25. Deveria haver ministração contínua diante da arca, com instrumentos musicais (1 Crônicas 16.4, 37, 42).
26. Nenhum deus poderia permanecer de pé diante da arca do Deus Vivo (1 Samuel 5.1-4).
27. Sete sacerdotes e sete trombetas íam à frente da arca quando os muros de Jericó caíram. Na sétima vez, no sétimo dia, ao som das sete trombetas houve um grito e tudo desabou. O Reino foi conquistado (Josué 6 e Hebreus 11.30).
28. A arca foi colocada \u201cem meio\u201d a duas tribos, uma no monte Ebal e outra no monte Gerizim. Uma tribo recebeu as bênçãos e a outra recebeu as maldições (Josué 8.30-35 e Deuteronômio 11.26-28).

18. A história do Senhor Jesus Cristo

1. Cristo Jesus foi formado pela sabedoria e pelo Espírito de Deus (Mateus 1.20; Lucas 1.35).
2. Em Jesus habita corporalmente toda a plenitude da divindade (Colossenses 2.9).
3. Jesus como Filho de Deus estava oculto da vista dos homens pelo seu corpo terreno, o véu.
4. Jesus foi ungido para dar testemunho (Lucas 4.18 e Atos 10.38).
5. A voz de Deus confirmou que Jesus era o Filho de Deus (Marcos 9.7 e Mateus 3.17).
6. Filipe declarou: \u201cAchamos aquele sobre quem Moisés escreveu na Lei\u201d (João 1.45).
7. Os escribas e fariseus discutiram entre si o que eles deveriam fazer com Jesus (Lucas 6.11).
8. Jesus foi envolvido pela nuvem no monte da Transfiguração (Marcos 9.2-8).
9. A manifestação visível da glória de Deus foi mostrada através do véu (carne) de Cristo (Mateus 17.1,2 e Apocalipse 1.16).
10. Jesus foi exaltado com júbilo quando entrou na cidade (Mateus 21.8,9).
11. Aqueles que desprezaram e rejeitaram a Cristo se tornaram espiritualmente estéreis (Lucas 19.41-44).
12. Jesus cumpriu esse fato notável quando atravessou o vale de Cedrom com seus discípulos na hora terrível em que foi rejeitado (João 18.1).
13. Quando Cristo foi levado, os discípulos fugiram (Mateus 26.31,56).
14. Pilatos perguntou o que ele deveria fazer com Jesus (Mateus 27.22).
15. Jesus foi pregado numa cruz (Mateus 7.32).
16. Jesus passou por uma experiência durante três dias e três noites. Seu corpo (o Tabernáculo) foi levado e a glória se afastou quando Ele morreu para nos dar descanso. Na ressurreição a glória retornou e Ele está sentado à direita de Deus.
17. Jesus entrou e venceu as águas da morte 2.000 anos antes da experiência da Igreja no final dos tempos, e Ele restringe o poder da morte sobre nós até atravessarmos o rio (Hebreus 12.1-2; Romanos 6.3,4; Colossenses 3.1-4).
18. Através de Jesus Cristo nós recebemos agora a reconciliação (Romanos 5.11).
19. Cristo também está colocado \u201cem meio\u201d à sua Igreja (Mateus 18.20; João 19.18 e Apocalipse 1.13).
20. Tentar lutar contra Satanás sem Cristo significa derrota certa.
21. Quando Cristo está fora de nossa vida não há glória ou vitória.
22. Quando Cristo vier para sua Igreja haverá grande alegria e júbilo, mas os de fora sentirão medo e tremor. 23. Cristo e as coisas de Deus causam um duplo efeito: entre os salvos e entre os que perecem (2 Coríntios 2.15,16).
24. Cristo, nossa arca, é o único mediador (1Timóteo 2.5) e sumo sacerdote (Hebreus 7.26,27).
25. Devemos ministrar diante do Senhor continuamente (Colossenses 3.16 e Efésios 5.19).
26. Cada joelho deverá se dobrar diante do senhorio de Cristo (Filipenses 2.1-10; João 18.6).
27. No fim da Bíblia aparecem sete anjos com sete trombetas (Apocalipse 8.2) diante da arca (Apocalipse 11.18,19). Um grande brado anuncia o final dos tempos e o estabelecimento do Reino (Apocalipse 11.15 e 1Tessalonicenses 4.16).
28. Um dia Cristo estará \u201cno meio\u201d de dois povos, um estará à direita (as ovelhas) e o outro estará à esquerda (os bodes). Um receberá bênçãos, e o outro receberá maldições (Mateus 25.32-46).

A MESA DOS PÃES DA PRESENÇA
________Êxodo 25.23-30; 37.10-16; 40.22,23; Levítico 24.5-9________
\ufebb\ufebb\ufebb\ufebb\ufebb\ufebb\ufebb\ufebb\ufebb\ufebb\ufebb\ufebb\ufebb\ufebb\ufebb\ufebb\ufebb\ufebb\ufebb\ufebb\ufebb\ufebb\ufebb\ufebb\ufebb\ufebb\ufebb\ufebb\ufebb\ufebb\ufebb\ufebb\ufebb\ufebb\ufebb\ufebb\ufebb\ufebb

1. A mesa: considerações gerais
O segundo objeto da mobília do Tabernáculo a ser construído foi a mesa dos pães da Presença. Esta mesa era feita de madeira de acácia, revestida de ouro e colocada no Santuário em localização diretamente oposta ao candelabro de ouro no Lugar Santo. Nessa mesa eram colocados doze pães, que deveriam ser partilhados pelos sacerdotes da tribo de Levi. Veremos que esta peça da mobília está relacionada ao ministério do Senhor Jesus Cristo na Igreja.

2. Faça uma mesa... (Êxodo 25.23)
Esta é a primeira vez que a palavra "mesa" é mencionada na Bíblia, o que é bastante significativo. No livro de Gênesis encontramos o relato da queda do homem por causa do pecado, resultando na quebra da comunhão com Deus. O livro de Êxodo nos apresenta um quadro do homem caído e redimido pela graça de Deus. Vemos a graça de Deus alcançando o homem caído e restabelecendo sua comunhão com Deus. Deus preparou a mesa para os sacerdotes em Seu Santuário, prefigurando o fato de que Deus prepararia uma mesa em Cristo para seu povo redimido, os sacerdotes do Santuário eterno.
O Antigo Testamento declara que o modelo para a construção desta mesa foi totalmente concedido por revelação divina. Nada foi deixado para a mente ou imaginação dos construtores. Ela foi construída de acordo com o padrão de Deus. Depois de pronta, ela foi colocada no lado norte do Lugar Santo, em sentido oposto ao candelabro de ouro, de modo que a luz do candelabro iluminava o pão e a mesa.
Esta mesa é chamada por diferentes nomes nas Escrituras:

1. Mesa dos pães da Presença (Êxodo 25.30);
2. Mesa de madeira de acácia (Êxodo 25.23; 37.10);
3. Mesa de ouro puro (Levítico 24.6) - nós devemos estar limpos para participar da mesa do Senhor;
4. Mesa (Êxodo 39.36; 40.4,22);
5. Mesa de ouro (1Reis 7.48), no Templo de Salomão.

A mesa dos pães da Presença simboliza o próprio Senhor Jesus Cristo como o pão da vida para seu povo (João 6.25-63), e aponta para a mesa do Senhor (ceia) presente na Igreja do Novo Testamento, que é o Corpo de Cristo (1 Coríntios 10.15-21; 11.23-34; Mateus 26.26-28). Era nessa mesa que Davi pensava quando declarou: \u201cPreparas-me uma mesa na presença dos meus adversários...\u201d (Salmo 23.5 ERA \u2013 compare com Mateus 26.17-20).

3. ... de madeira de acácia... (Êxodo 25.23)
Assim como na arca da aliança, a madeira de acácia representa
Diogenes
Diogenes fez um comentário
amigo vc dispõe dos outros dois da coleção ?
0 aprovações
Josiel
Josiel fez um comentário
affz
0 aprovações
Carregar mais