Tabernáculo de Moisés Kevin J. Conner  completo por yanna
50 pág.

Tabernáculo de Moisés Kevin J. Conner completo por yanna


DisciplinaTeologia12.638 materiais29.929 seguidores
Pré-visualização50 páginas
provém da Lei, pois se trata de justiça própria (Romanos 10.1-6; Filipenses 3.7-9). Deus está procurando um povo que é mantido pela fé na justiça de Cristo. É a justiça de Cristo que Deus aceita, e quando nos revestimos de Cristo nos tornamos justos. Aqueles que se revestiram de Cristo constituem o seu corpo, a sua Igreja. São estes os santos aos quais as Escrituras se referem quanto à justificação (Apocalipse 19.7-9; e 2 Coríntios 5.17-21; Hebreus 2.11; Salmo 132.9, 16, 17 e Romanos 8.4). É a este corpo que a justiça de Cristo é imputada e que está enfeitado com jóias como uma noiva (1 Coríntios 1.30; Isaias 61.10). \u201cO Senhor é a nossa justiça\u201d (Jeremias 23.6; Apocalipse 3.4).

3. O pátio terá quarenta e cinco metros [cem côvados] de comprimento e vinte e dois metros e meio [cinqüenta côvados] de largura, com cortinas de linho fino trançado... (Êxodo 27.18; veja também os versículos 9, 11, 12, 13).
As medidas da área do pátio externo do Tabernáculo deveriam ser 100 x 50 côvados. Isso significa que o perímetro do pátio correspondia a 300 côvados. O linho fino que formava o muro de separação tinha cinco côvados de altura [dois metros e vinte e cinco centímetros]. Assim, a área delimitada pelo linho das cortinas externas era de 1.500 côvados quadrados (5 x 300).
O número 1.500 tem um sentido profético do período de tempo aproximado da dispensação da Lei. A Lei foi dada a Moisés e, entre Moisés e Cristo há cerca de 1.500 anos. Estes 1.500 anos representam a dispensação da Aliança da Lei. O pátio externo refere-se então a esta dispensação da Lei e tudo que ela envolve. Aquele que deseja se aproximar do Tabernáculo deve passar antes pelo pátio externo (1.500 anos), que representa a Palavra que se fez carne (João 1.14-18).
Quando olhamos para o pátio externo por essa perspectiva, vemos algumas importantes verdades. A primeira é que todos os sacerdotes tinham que passar pelo pátio externo antes de poder entrar no Santuário. Se o pano externo se refere à Lei, então ele retrata a verdade de que \u201ca Lei foi o nosso tutor até Cristo\u201d (Gálatas 3.24).
Uma segunda verdade contida neste trecho é que todos os sacrifícios de sangue aconteciam no pátio externo. Não havia sacrifício de animais ou oblações nem no Lugar Santo nem no Lugar Santíssimo. Isso é um sinal profético de que todos os sacrifícios de sangue aconteceram durante a dispensação da Lei. Quando Cristo morreu na cruz, Ele aboliu todos os sacrifícios de animais e oblações. O sangue de Cristo, o perfeito Cordeiro de Deus, foi levado ao Santuário celestial. O perfeito sacrifício de Cristo, feito \u201cuma vez por todas\u201d no Calvário, encerrou os 1.500 anos da dispensação da Lei e da aliança mosaica. Desta forma, Deus nunca voltará atrás naquilo que Ele cumpriu e aboliu através da cruz do ca1vário. Ele agora tem o corpo e o sangue de seu Filho Unigênito, para o qual todos os sacrifícios do Antigo Testamento apontavam.
Em relação às medidas da cortina, podemos perceber os seguintes significados:

Cem: Essa medida é representativa do fato de Jesus ter se submetido 100% à vontade do Pai.
Cinqüenta: Cinqüenta é o número do Pentecostes, da libertação e da liberdade, que só podemos encontrar na obra consumada de Cristo.
Cinco: A altura da cortina nos remete à graça de Deus. Nosso Senhor Jesus Cristo é a personificação da graça de Deus (João 1.17). Somente Ele é capaz de conduzir o crente a um total compromisso com a vontade de Deus. Somente Ele nos dá liberdade através de sua graça.

4. Faça um pátio para o tabernáculo. O lado sul terá quarenta e cinco metros de comprimento [cem côvados] e cortinas externas de linho fino trançado, com vinte colunas e vinte bases de bronze, com ganchos e ligaduras de prata nas colunas. O lado norte também terá quarenta e cinco metros de comprimento [cem côvados] e cortinas externas, com vinte colunas e vinte bases de bronze, com ganchos e ligaduras de prata nas colunas. O lado ocidental, com as suas cortinas externas, terá vinte e dois metros e meio de largura [cinqüenta côvados], com dez colunas e dez bases. O lado oriental, que dá para o nascente, também terá vinte e dois metros e meio [cinqüenta côvados] de largura. Haverá cortinas de seis metros e setenta e cinco centímetros [quinze côvados] de comprimento num dos lados da entrada, com três colunas e três bases, e cortinas externas de seis metros e setenta e cinco centímetros [quinze côvados] de comprimento no outro lado, também com três colunas e três bases (Êxodo 27.9-15).
Incluindo as colunas da entrada do pátio, havia um total de 60 colunas sustentando as cortinas de linho fino, assim distribuídas:

Colunas do lado norte: 20
Colunas do lado sul: 20
Colunas do lado ocidental: 10
Colunas do lado oriental: 10
Colunas no total: 60

Não há nenhuma indicação quanto ao material de que eram feitas estas colunas. Alguns sugerem que elas seriam de madeira de acácia, outros sugerem que seriam de bronze, enquanto outros ainda sugerem que muito provavelmente elas seriam de madeira de acácia revestida de bronze. Seja como for, sabemos que as bases dessas colunas eram de bronze. Há algumas dúvidas sobre a disposição das colunas ao redor do pátio. Provavelmente seriam duas colunas em cada canto do pátio. Sendo assim haveria vinte colunas de cada lado e mais dez colunas em cada extremidade. Outros sugerem que haveria apenas uma coluna em cada canto e nesse caso, as cortinas de linho penduradas nas colunas deveriam medir 5 x 5 côvados, as mesmas medidas do altar de bronze no pátio, como veremos mais adiante.
Colunas representam estabilidade, retidão e unidade na obra de Deus. O oposto disso seria a instabilidade nas coisas do Senhor. Tal como os cristãos do Novo Testamento, devemos ser colunas do edifício de Deus. A coluna, portanto, refere-se aos crentes fiéis através de toda a história. Assim como as colunas do Tabernáculo deveriam permanecer firmes para sustentar as cortinas de linho fino branco e impedir que fossem manchadas pela sujeira da terra, assim os crentes em Cristo devem se manter firmes para sustentar a justiça de Deus e de Cristo de forma que o mundo inteiro possa ver. Os crentes devem permanecer firmes como colunas, sustentando os padrões de Deus e não permitindo que sejam corrompidos com a sujeira deste mundo (Salmo 33.1 ; 71.19).
As Escrituras vêem as colunas das seguintes formas:

1. O Senhor Jesus é descrito como tendo pernas como colunas de mármore (Cantares 5.15)
2. O profeta Jeremias deveria ser uma coluna de ferro e um muro de bronze (Jeremias 1.18)
3. Pedro, Tiago e João eram tidos como colunas da igreja primitiva (Gálatas 2.9).
4. A Igreja é... coluna e fundamento da verdade (1 Timóteo 3.15)
5. O vencedor é comparado a uma coluna no templo de Deus (Apocalipse 3.12)

No pátio havia 60 dessas colunas. Com relação a este número, é importante notar que na genealogia de Cristo (compare Mateus 1.1-16 e Lucas 3.23-38), ao longo da linhagem de José, podemos contar 60 homens desde Adão até Jesus. (Nota: em relação à linhagem de Maria, foram contados 75 ou 76 nomes).
Todos os nomes citados são de homens da aliança e a justificação pela fé pode ser vista em suas vidas. Eles passaram sob a vara do Pastor e foram marcados pela santidade do Senhor. \u201c...Um de cada dez animais que passem debaixo da vara do pastor, será consagrado ao SENHOR\u201d (Levítico 27.32). Assim como as colunas que sustentavam as cortinas de linho fino não eram visíveis para aqueles que permaneciam fora do Tabernáculo, esses homens, verdadeiros pilares da fé, sustentaram a justiça de Deus em suas vidas com uma atitude de humildade.
Esses 60 homens eram verdadeiramente homens de visão. Eles eram as \u201ccolunas do pátio\u201d, o que nos leva à \u201cdispensação do bronze\u201d. Eles viveram na época em que o sacrifício de animais era usado para a justificação do pecado, contudo eles olhavam mais adiante, esperando a vinda do seu Messias. Eles eram colunas de fato. Assim como o linho indicava o caminho da porta para as pessoas que se aproximavam do Tabernáculo, também esses homens nos levaram até o
Diogenes
Diogenes fez um comentário
amigo vc dispõe dos outros dois da coleção ?
0 aprovações
Josiel
Josiel fez um comentário
affz
0 aprovações
Carregar mais