A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
1 pág.
Anticoncepcionais

Pré-visualização | Página 1 de 1

Os anticoncepcionais se dividem em duas categorias principais: 
Métodos de barreira, destinados a dificultar que os espermatozóides cheguem ao útero. 
Métodos hormonais, que alteram temporariamente o modo de funcionamento do seu sistema 
reprodutivo. 
Existem métodos menos sofisticados para prevenir a gravidez, por exemplo, o método da 
retirada (coito interrompido), mas eles oferecem risco muito maior. 
Note que as informações sobre a eficácia dos métodos anticoncepcionais pressupõem que o 
método seja aplicado de acordo com as instruções da bula do produto. 
Existem dois tipos principais de pílula, a pílula combinada e a pílula que só contém progestógeno 
(um tipo de hormônio - minipílula). 
A pílula combinada 
A pílula combinada contém dois hormônios, um estrogênio e um progestógeno, os quais dificultam 
que o seu corpo libere um óvulo todos os meses. 
Você precisa consultar um médico para receber uma receita de pílula. O médico irá levantar o seu 
histórico completo a fim de determinar qual é a pílula mais apropriada para o seu corpo. Existem vários 
tipos diferentes de pílulas combinadas. Nem todos os tipos de pílula são apropriados para todas as 
mulheres, de modo que convém discutir as diversas opções com o seu médico. 
Se a pílula combinada for utilizada corretamente, sua eficácia é de 99,97%, ou seja, 0,3 em cada 
1.000 mulheres engravidarão por ano. 
A pílula que só contém progestógeno (mini-pílula) 
Esta versão da pílula só contém um hormônio, o progestógeno. Ela funciona de modo diferente da 
pílula combinada, principalmente pelo espessamento do muco na entrada do útero, o que dificulta a 
passagem dos espermatozóides. Você toma uma pílula por dia até acabar todas as pílulas da 
embalagem, e no dia seguinte começa uma nova embalagem. Isto significa tomar pílulas durante um 
determinado período, sem intervalo entre as embalagens. 
Se a pílula for utilizada corretamente, sua eficácia é de 99,6%, ou seja, 4 em cada 1000 
mulheres poderão engravidar por ano. 
Anticoncepcionais injetáveis 
Este é um método hormonal de contracepção que é administrado por meio de injeções mensais ou 
trimestrais. 
Estão disponíveis diversas formas de anticoncepcioçlnais injetáveis, incluindo a que só contém 
progestógeno e a forma combinada, que contém estrogênio e progestógeno. A injeção funciona 
impedindo a ovulação e espessamento do muco ao redor do colo do útero, dificultando a passagem do 
espermatozóide. 
A eficácia do anticoncepcional injetável mensalmente é de 99,97%, ou seja, 0,3 em cada 1.000 
mulheres poderão engravidar por ano. 
sem necessidade de tomada diária de algum produto, pois o hormônio é direta e lentamente 
liberado no organismo. 
Algumas mulheres podem ter dores de cabeça, tontura ou outros sintomas comuns à adaptação 
de uso de qualquer hormônio em termos de contracepção.