A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
94 pág.
Alça Microbiana

Pré-visualização | Página 1 de 7

Introduc¸a˜o
Conceitos Ba´sicos
Trabalho 1
Trabalho 2
Alc¸a Microbiana: Da Teoria a`s Publicac¸o˜es
Cient´ıficas
Cristian Taboada, Daniel Melo, Douglas Paschoaleti, Lucas
Faria, Pedro Oliveira, Prem Sharma, Stephanie Leone, Thales
Storti e Victor de Aguiar
2016
Grupo 1 2016 Instituto Oceanogra´fico - USP 1 / 35
Introduc¸a˜o
Conceitos Ba´sicos
Trabalho 1
Trabalho 2
Suma´rio
Introduc¸a˜o
Conceitos Ba´sicos
Trabalho 1
Trabalho 2
Grupo 1 2016 Instituto Oceanogra´fico - USP 2 / 35
Introduc¸a˜o
Conceitos Ba´sicos
Trabalho 1
Trabalho 2
Introduc¸a˜o
“I presume that the numerous lower pelagic animals persist
on the infusoria, which are known to abound in the open
ocean: but on what, in the clear blue water, do these
infusoria subsist?”.
— Charles Darwin, 1845
“When we learn that bacteria are present in ocean water
even in considerable depth, and when we observe that they
can readily develop on dead animal and plant material...,
then we can not doubt that these bacteria are as important
causes of decomposition in the ocean as bacteria on land”.
— Bernhard Fischer, 1894
Grupo 1 2016 Instituto Oceanogra´fico - USP 3 / 35
Introduc¸a˜o
Conceitos Ba´sicos
Trabalho 1
Trabalho 2
Introduc¸a˜o
ˆ Cadeia alimentar cla´ssica?;
ˆ Nanoplaˆncton (< 60µm) responsa´vel por ate´ 90œ da
fotoss´ıntese total!;
ˆ Respirac¸a˜o de microorganismos cerca de 10x maior em relac¸a˜o
ao plaˆncton superior;
ˆ 80œ dos microorganismos responsa´veis pela utilizac¸a˜o de
MOD passariam por um filtro de 8 µm e destes, 50œpassariam
por um filtro de 1 µm
Grupo 1 2016 Instituto Oceanogra´fico - USP 4 / 35
Introduc¸a˜o
Conceitos Ba´sicos
Trabalho 1
Trabalho 2
ˆ Qual o grande salto? Novos me´todos e te´cnicas possibilitaram
medic¸o˜es muito mais precisas!
Grupo 1 2016 Instituto Oceanogra´fico - USP 5 / 35
Introduc¸a˜o
Conceitos Ba´sicos
Trabalho 1
Trabalho 2
Conceitos Ba´sicos
ˆ Distribuic¸a˜o da biomassa e a
a´rea superficial calculada;
ˆ Biomassa inexpress´ıvel para
comparac¸a˜o;
ˆ A biomassa para o plaˆncton
e´ de 50 mg C m-3
Grupo 1 2016 Instituto Oceanogra´fico - USP 6 / 35
Introduc¸a˜o
Conceitos Ba´sicos
Trabalho 1
Trabalho 2
Conceitos Ba´sicos
ˆ Distribuic¸a˜o da biomassa e a
a´rea superficial calculada;
ˆ Biomassa inexpress´ıvel para
comparac¸a˜o;
ˆ A biomassa para o plaˆncton
e´ de 50 mg C m-3
Grupo 1 2016 Instituto Oceanogra´fico - USP 6 / 35
Introduc¸a˜o
Conceitos Ba´sicos
Trabalho 1
Trabalho 2
Conceitos Ba´sicos
ˆ Distribuic¸a˜o da biomassa e a
a´rea superficial calculada;
ˆ Biomassa inexpress´ıvel para
comparac¸a˜o;
ˆ A biomassa para o plaˆncton
e´ de 50 mg C m-3
Grupo 1 2016 Instituto Oceanogra´fico - USP 6 / 35
Introduc¸a˜o
Conceitos Ba´sicos
Trabalho 1
Trabalho 2
Conceitos de Alc¸a Microbiana
ˆ Func¸a˜o: Produzir e remineralizar grande parte da mate´ria
orgaˆnica marinha;
ˆ Escala espac¸o-temporal
ˆ 1 ml de a´gua e´ um microecossistema contendo algo em torno
de 106 microorganismos;
ˆ Benecka Natrigens: Capaz de se reproduzir (sob condic¸o˜es
o´timas) em uma taxa de 1 divisa˜o a cada 10 minutos.
ˆ Aproximadamente 50œdo oxigeˆnio proveniente da fotoss´ıntese
global e´ produto da alc¸a microbiana;
ˆ A alc¸a microbiana e´ a grande difusora de energia e mate´ria
orgaˆnica na biosfera marinha.
Grupo 1 2016 Instituto Oceanogra´fico - USP 7 / 35
Introduc¸a˜o
Conceitos Ba´sicos
Trabalho 1
Trabalho 2
Conceitos de Alc¸a Microbiana
ˆ Func¸a˜o: Produzir e remineralizar grande parte da mate´ria
orgaˆnica marinha;
ˆ Escala espac¸o-temporal
ˆ 1 ml de a´gua e´ um microecossistema contendo algo em torno
de 106 microorganismos;
ˆ Benecka Natrigens: Capaz de se reproduzir (sob condic¸o˜es
o´timas) em uma taxa de 1 divisa˜o a cada 10 minutos.
ˆ Aproximadamente 50œdo oxigeˆnio proveniente da fotoss´ıntese
global e´ produto da alc¸a microbiana;
ˆ A alc¸a microbiana e´ a grande difusora de energia e mate´ria
orgaˆnica na biosfera marinha.
Grupo 1 2016 Instituto Oceanogra´fico - USP 7 / 35
Introduc¸a˜o
Conceitos Ba´sicos
Trabalho 1
Trabalho 2
Conceitos de Alc¸a Microbiana
ˆ Func¸a˜o: Produzir e remineralizar grande parte da mate´ria
orgaˆnica marinha;
ˆ Escala espac¸o-temporal
ˆ 1 ml de a´gua e´ um microecossistema contendo algo em torno
de 106 microorganismos;
ˆ Benecka Natrigens: Capaz de se reproduzir (sob condic¸o˜es
o´timas) em uma taxa de 1 divisa˜o a cada 10 minutos.
ˆ Aproximadamente 50œdo oxigeˆnio proveniente da fotoss´ıntese
global e´ produto da alc¸a microbiana;
ˆ A alc¸a microbiana e´ a grande difusora de energia e mate´ria
orgaˆnica na biosfera marinha.
Grupo 1 2016 Instituto Oceanogra´fico - USP 7 / 35
Introduc¸a˜o
Conceitos Ba´sicos
Trabalho 1
Trabalho 2
Conceitos de Alc¸a Microbiana
ˆ Func¸a˜o: Produzir e remineralizar grande parte da mate´ria
orgaˆnica marinha;
ˆ Escala espac¸o-temporal
ˆ 1 ml de a´gua e´ um microecossistema contendo algo em torno
de 106 microorganismos;
ˆ Benecka Natrigens: Capaz de se reproduzir (sob condic¸o˜es
o´timas) em uma taxa de 1 divisa˜o a cada 10 minutos.
ˆ Aproximadamente 50œdo oxigeˆnio proveniente da fotoss´ıntese
global e´ produto da alc¸a microbiana;
ˆ A alc¸a microbiana e´ a grande difusora de energia e mate´ria
orgaˆnica na biosfera marinha.
Grupo 1 2016 Instituto Oceanogra´fico - USP 7 / 35
Introduc¸a˜o
Conceitos Ba´sicos
Trabalho 1
Trabalho 2
Conceitos de Alc¸a Microbiana
ˆ Func¸a˜o: Produzir e remineralizar grande parte da mate´ria
orgaˆnica marinha;
ˆ Escala espac¸o-temporal
ˆ 1 ml de a´gua e´ um microecossistema contendo algo em torno
de 106 microorganismos;
ˆ Benecka Natrigens: Capaz de se reproduzir (sob condic¸o˜es
o´timas) em uma taxa de 1 divisa˜o a cada 10 minutos.
ˆ Aproximadamente 50œdo oxigeˆnio proveniente da fotoss´ıntese
global e´ produto da alc¸a microbiana;
ˆ A alc¸a microbiana e´ a grande difusora de energia e mate´ria
orgaˆnica na biosfera marinha.
Grupo 1 2016 Instituto Oceanogra´fico - USP 7 / 35
Introduc¸a˜o
Conceitos Ba´sicos
Trabalho 1
Trabalho 2
Teia Alimentar
Grupo 1 2016 Instituto Oceanogra´fico - USP 8 / 35
Introduc¸a˜o
Conceitos Ba´sicos
Trabalho 1
Trabalho 2
Salpa
ˆ A rede de muco de uma
Salpa. As suas dimenso˜es de
abertura sa˜o de 0.2 x 2
microˆmetros permitindo,
assim, a captura de
organismos.
Grupo 1 2016 Instituto Oceanogra´fico - USP 9 / 35
Introduc¸a˜o
Conceitos Ba´sicos
Trabalho 1
Trabalho 2
A Importaˆncia do Gel
ˆ Estudos oceanogra´ficos tem uma longa histo´ria em estudar as
bacte´rias utilizando microescala. Esses estudos incluem
fisiologia e crescimento de bacte´rias;
ˆ Distinc¸o˜es tradicionais entre MOD e MOP sa˜o baseados em
filtrac¸a˜o, utilizando filtros com um tamanho de poro de 0,45
µm como refereˆncia;
ˆ Pesquisas recentes mostram que a mate´ria orgaˆnica na a´gua
do mar esta´ repleta de ge´is transparentes;
ˆ Essas estruturas interagem para formar redes
macromoleculares maiores do que 100 µmou mais de
comprimento.
Grupo 1 2016 Instituto Oceanogra´fico - USP 10 / 35
Introduc¸a˜o
Conceitos Ba´sicos
Trabalho 1
Trabalho 2
A Importaˆncia do Gel
ˆ Estudos oceanogra´ficos tem uma longa histo´ria em estudar as
bacte´rias utilizando microescala. Esses estudos incluem
fisiologia e crescimento de bacte´rias;
ˆ Distinc¸o˜es tradicionais entre MOD e MOP sa˜o baseados em
filtrac¸a˜o, utilizando filtros com um tamanho de poro de 0,45
µm como refereˆncia;
ˆ Pesquisas recentes mostram que a mate´ria orgaˆnica na a´gua
do mar esta´ repleta de ge´is transparentes;
ˆ Essas estruturas interagem para formar redes
macromoleculares maiores do que 100 µmou mais de
comprimento.
Grupo 1 2016 Instituto Oceanogra´fico - USP 10 / 35

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.