António Rodrigues   Radiestesia Clássica e Cabalística
274 pág.

António Rodrigues Radiestesia Clássica e Cabalística


DisciplinaAstrologia619 materiais2.143 seguidores
Pré-visualização50 páginas
5,30 Mercúrio 
5,50 Ferro - tubulação de ferro 
5,70 Dá o Norte magnético - fenda seca, telúrica 
6,10 Pontos cardeais 
6,60 Energia nociva 
6,90 Pequena rede diagonal - rede Curry - cor vermelha 
7,20 Seiva - encanamento de água 
7,30 Sul magnético 
7,40 Onda do centro de um volume (3 planos) cor verde 
7,60 Grande rede global- cor branca 
7,80 
Energia elétrica - energia em movimento - água corrente - 
riacho subterrâneo - cor azulada (eletricidade: cabos, feixes 
hertziano, radares, TV) 
8,00 Energia da terra - energia telúrica 
8,20 Grande rede diagonal - cor laranja 
8,60 
Fenda - buracos - cavidade seca - adega - volumes fechados 
subterrâneos - cavidades fechadas - depressão - cores preta e 
marrom 9,10 Energia eletrostática 
9,20 Cisterna de diesel 
12,00 Energia cósmica 
12,20 Pequena rede global (Hartmann) 
12,50 Rede cosmo telúrica 
14,00 Ouro 
15,30 Centro de troca cosmo-telúrica 
66 
Lista de marcação para bioenergia 
 
2,10 Centro vital - eliminação vibratória 
2,50 
Eixo térmico - harmonia vital - pesquisa de corpos sutis - 
grande forma 
 
3,75 Sistema imunológico 
3,80 Mundo vegetal biológico - cultivo das plantas 
4,15 Sistema nervoso central 
5,70 
Campo magnético (polaridade YIN, energia telúrica religada aos 
órgãos profundos) 
 
6,30 Cor preta 
6,90 Cor vermelha 
7,20 Água vital 
7,40 Cor verde - do centro de um volume 
7,60 Cor branca 
7,80 
Campo elétrico (polaridade YANG), religada aos órgãos de 
superfície - cor 
azulada - traços de exposição às hiperfreqüências 
 
8,00 Energia da terra (o canal telúrico) 
8,20 Cor laranja 
8,60 Cor preta e marrom 
 
9,00 Cor rosa - óleo essencial 
9,10 
Eletricidade estática residual proveniente de agressões 
geobiológicas - campo cromático humano 
 
12,00 Energia cósmica (o canal cósmico) 
12,20 Cor amarela 
13,00 O fenomenal 
15,30 Equilíbrio cosmo-telúrico 
17,60 Sintonia vibratória global 
67 
Magnetismo e terapia espiritual 
 
1,10 0 sagrado 
4,40 Problema cármico 
6,60 Energia negativa 
7,00 Alquimia - metais alquímicos 
7,50 Acordo espiritual entre dois seres 
8,00 Primeiro chacra - a Mãe cósmica, Maria - a Terra 
9,00 Mundo vegetal superior 
12,00 
Energia cósmica superior 
Este - Rafael 
Oeste - Gabriel 
Norte - Ariel 
Vertical - o princípio Uno 
Sétimo chacra 
13,00 
Magia branca - energia religadas a Terra - a Virgem Maria - ÍSIS 
(Virgem Negra) 
13,90 Lua 
14,00 Alquimia 
14,70 Energia interdimensional 
15,30 Equilíbrio cosmo-telúrico 
16,30 Sol 
17,60 Energia espiritual, energia divina 
 
Forma correta de segurar a antena Antena com fio e colméia para teste de substâncias 
68 
Qualquer condutor metálico no espaço funciona como uma antena e, 
portanto, capta e emite pelo menos uma parte do que capta. No caso da antena 
Lecher, a posição do cursor determina o comprimento de onda com o qual a 
antena estabelecerá sintonia naquele momento: 
1/4 de onda = circuito ressonante paralelo ou aberto. 
1/2 onda = circuito ressonante em série ou em curto-circuito. 
Com um gerador de gigahertz, emitindo em ondas centimétricas, é 
facilmente comprovável a leitura sobre a antena Lecher. 
A lista indica 5,7 cm para o norte magnético: deslize o cursor da antena 
até esta medida, segure a antena com as palmas das mãos viradas para cima e 
em uma posição que lhe seja confortável. Concentre-se mentalmente na direção 
em que se encontra o norte magnético enquanto gira lentamente sobre si mesmo 
em sentido horário. Em determinado momento, a antena começará a ficar 
pesada e inclinar-se-á para baixo. Confira com uma bússola se efetivamente 
você conseguiu detectar o norte magnético. A forma de utilizar a antena é a 
mesma para qualquer outra questão. Vá treinando com os índices da tabela. 
 
Dual rod retrátil 
e) Dual rod - consta de duas varetas em forma de "L" que, seguras pela 
perna menor do "L" e mantidas paralelas e na horizontal, devem-se cruzar no 
momento da sintonia. A convenção mental estabelecida é: cruzamento para o 
sim e afastamento para o não. Particularmente considero este o melhor 
instrumento dentro da família das varetas; se 
69 
possível tenha dois, um grande para exteriores e um pequeno para trabalhar em 
interiores ou locais sem vento. 
 
Aurameter modelo original de Cameron 
f) Aurameter - este instrumento foi desenvolvido pelo Rev. Verne 
Cameron, radiestesista californiano. O nome foi sugerido por Max Freedom 
Long conhecido antropólogo e escritor, por considerá-lo capaz de medir o 
campo energético humano. O aurameter reúne as qualidades de outros 
instrumentos como o, dual rod e a vareta, pois permite movimentos em todas as 
direções. Cameron sempre utilizou este instrumento em sua principal atividade 
radiestésica que foi a pesquisa de água. Em 1925 Cameron se encontrava em 
Escondido, na Califórnia; a necessidade de encontrar um local para perfurar um 
poço para água potável o fez aceitar um 
instrumento oferecido por um vizinho: era 
uma vara radiestésica no formato de T 
com uma longa mola que deveria ser 
sustentada entre os dentes. Cameron não 
só encontrou água como aperfeiçoou o 
instrumento. O original americano é bem 
maior que o similar brasileiro, mais 
pesado, e comporta duas molas, sendo 
uma delas dentro da empunhadura. 
 
 
 
70 
 
 
 
g) Bobber - vareta de fácil utilização, composta de uma 
empunhadura e uma vareta de aço fino com um peso na ponta. Existem 
algumas diferenças entre modelos conforme sua origem; por exemplo, o 
similar alemão denominado biotensor, cuja extremidade comporta um anel 
de prata ou de ouro, conforme as características do operador. 
 
Deve ser mantido a 45° a resposta com um balanço vertical 
corresponde ao "sim" e com oscilação lateral ao "não". Pode substituir 
qualquer outro instrumento radiestésico, sobretudo em pesquisa de campo. 
h) Ponteiros - boa parte das vezes em que se faz uma pesquisa sobre 
um gráfico, planta ou foto, torna-se necessário apontar um determinado lugar 
sobre os mesmos. Os ponteiros mais recomendados são os de cobre e ferrite; 
uma das pontas deve ser afiada, de maneira que fiquem parecidos com um 
lápis. 
71 
 
Verne Cameron 
Camadas áuricas várias detectadas pelo 
reverendo Verne Cameron com o 
Aurameter 
 
Bússola 
i) Bússola - instrumento indispensável, quando do uso de dispositivos 
que requeiram orientação. Adquira de preferência uma bússola com uma caixa 
grande; o conjunto permite uma melhor aferição do norte procurado. 
Dois modelos do 
biômetro de Bovis 
 
j) Biômetro de Bovis - ou régua biométrica. Desenvolvida pelo 
radiestesista francês Antonie Bovis, suas várias escalas permitem aferir 
diferentes valores, além claro da escala original ou biométrica baseada em 
angströms, medida de comprimento de onda. Qualquer análise 
72 
radiestésica deve ser quantificada, mensurada, avaliada segundo um padrão 
numérico, referencial, que permite estabelecer comparações. 
* Existe um número bem grande de dispositivos radiestésicos para os 
mais variados fins, desde pêndulos, passando por múltiplas varetas, e até alguns 
aparelhos com alimentação elétrica. 
Nota: Alguns instrumentos radiestésicos só dão resultados excepcionais 
nas mãos de seus inventores e de algumas raras pessoas que se sintonizarem 
bem com o processo mental que deu origem à elaboração do instrumento. 
É indispensável a boa qualidade dos instrumentos radiestésicos, que 
apresentem uma execução esmerada e que suas formas sejam reproduções exatas 
dos originais. Infelizmente não é isso que se encontra