Anexo 2 2
1 pág.

Anexo 2 2


DisciplinaTerapia Cognitiva3.543 materiais21.057 seguidores
Pré-visualização1 página
Pais (certi\ufffdcar-se de que eles estejam entendendo)
Você (s) conhece (m) o que é um Bumerangue? (mostrar igualmente a carta lúdica para que 
o efeito seja compreendido e reforçado por eles com o paciente)
 Ensinamos ao seu (sua) \ufffdlho (a) sobre o efeito bumerangue e é importante que você (s) siga (m) a 
mesma linha de raciocínio para ensiná-lo. Dizemos a ele o seguinte: os nossos comportamentos são 
como bumerangues. O que nós \u201clançamos\u201d costuma voltar para nós mesmo. Por exemplo, quando 
alguém está com raiva acaba \u201clançando\u201d xingamentos, agressões, hostilidades e acaba por gerar ainda 
mais raiva e às vezes medo nas pessoas. O que voltará para essa pessoa que lançou coisas ruins por 
sentir-se com raiva? Voltarão xingamentos, agressões, hostilidades e ela receberá ainda de volta raiva e 
medo. Com o efeito bumerangue aprendemos que nossos comportamentos retornam na mesma forma 
que foram lançados. Atitudes positivas geram bem estar; as negativas geram mal estar. Raiva gera medo 
e raiva. Tristeza gera desânimo e mais tristeza. Alegria gera bem estar e conforto social. Amor gera amor 
e cuidado.
Resumo: o que você entendeu do que conversamos sobre comportamentos até agora? Você 
consegue dar um exemplo do efeito bumerangue relacionado ao comportamento do seu \ufffdlho?
Paciente (certi\ufffdcar-se de que a criança esteja entendendo)
Você sabe o que é um Bumerangue? (explicar o princípio do bumerangue de sair e voltar ao
 mesmo lugar usando a carta lúdica do bumerangue)
 Os nossos comportamentos são como bumerangues. O que nós \u201clançamos\u201d costuma voltar para 
nós mesmo. Por exemplo, quando alguém está com raiva acaba \u201clançando\u201d xingamentos, agressões, 
hostilidades e acaba por gerar ainda mais raiva e às vezes medo nas pessoas. O que voltará para essa 
pessoa que lançou coisas ruins por sentir-se com raiva? Voltarão xingamentos, agressões, hostilidades e 
ela receberá ainda de volta raiva e medo. Com o efeito bumerangue aprendemos que nossos comporta-
mentos retornam na mesma forma que foram lançados. Atitudes positivas geram bem estar; as negativas 
geram mal estar. Raiva gera medo e raiva. Tristeza gera desânimo e mais tristeza. Alegria gera bem estar 
e conforto social. Amor gera amor e cuidado.
Resumo: o que você entendeu do que conversamos sobre comportamentos até agora? Você 
consegue dar um exemplo sobre o que falamos até agora? (o terapeuta deve incrementar o exemplo 
e ajudar a criá-lo se necessário)
Anexo 2 - Ensinando o Efeito Bumerangue com o Paciente/Pais
Copyright © Sinopsys Editora e Sistemas Ltda: Baralho dos Comportamentos: efeito bumerangue. Renato Maiato Caminha e Marina Gusmão Caminha