Dion Fortune   A Doutrina Cósmica
218 pág.

Dion Fortune A Doutrina Cósmica


DisciplinaAstrologia620 materiais2.144 seguidores
Pré-visualização44 páginas
do criado") governam no 
sétimo e no sexto planos como Regentes dos Elementos, ou "Senhores dos 
Elementos", como às vezes são chamados e, de acordo com a operação de sua 
natureza, são as condições cinéticas do universo manifesto, às quais se sujeita o 
homem que deve realizar as ações de sua evolução. A esses Senhores o homem 
deve obediência inquestionável, reverência à sua grandeza e gratidão que é devida 
àqueles que, em pensamento, sustentam as condições de seu ser. 
Aos seus serventes, ou pensamentos-formas \u2014 os Elementais \u2014 ele 
deve a gratidão que é devida àqueles que, por sua natureza, só servem aos que 
servem desinteligentemente. Se ele tentar se aproximar deles, ele o fará através dos 
aspectos correspondentes de seu próprio duplo etéreo, mas o fará sob seu próprio 
risco, pois, embora eles antes vivifiquem esses aspectos, eles posteriormente os 
absorverão. 
Bem, saibam que esses Elementais estão evoluindo para cima, passo a 
passo, através da Personalidade em direção à Individualidade e, no caso de o 
homem estabelecer contato com eles, alguns deles poderão cair na tentação da 
magia negra, que acelera ilegitimamente a evolução, e procurarão se apropriar de 
uma Individualidade já desenvolvida e assim estabelecer contato com o Divino. 
Na eventualidade dessa ocorrência, ocorre o contrário da forma comum 
de obsessão \u2014 a Personalidade é empurrada para fora e uma consciência 
elemental toma seu lugar e a esse respeito se pode dizer que eles possuem uma 
pedra da terra, ou uma onda do mar, ou um vento do céu ou uma chama de fogo no 
lugar do coração, pois coração humano não é o que eles possuem; e, por causa da 
potência dos Elementos, eles atraem o Elemental da humanidade com uma atração 
tão profunda, que alguns deles sempre perturbaram os filhos e as filhas do homem. 
Pois eles chegam como seres de um poder estranho e elemental que não conhece 
os vínculos que unem a humanidade e eles podem ser conhecidos por essas coisas 
\u2014 eles sempre procuram seu próprio reino e pranteiam por ele (pois a humanidade 
para eles é uma crucifixão) e sempre atrairão os aspectos correspondentes dos 
homens e das mulheres e destruirão aqueles que responderem, pois são fortes 
demais. 
Também pode acontecer de alguém que estabelecer contato com os 
Elementais se associar, em vez de ser obsessionado. Então o aspecto elemental de 
sua natureza será ligado a um Elemental e anelará esse amor inobservado que não 
é de espécie humana. Então haverá pranto, pois eles anelam com um anelo que não 
pode ser extinto no interior da carne; e para encontrar seus amores eles devem 
deixar a forma etérica. Muito se poderia dizer a esse respeito. 
Se um ser humano, todavia, tenta estabelecer contato com os Senhores 
dos Elementais, ele deve purificar os aspectos de sua natureza que correspondem 
em seu reino até que se tornem a essência refinada de suas qualidades. 
Na estabilidade da terra ele é estável. Na mobilidade da água ele é móvel. 
Na velocidade do vento ele é ligeiro. Na claridade da chama ele é zeloso. Então, 
sendo senhor dessas coisas dentro de si mesmo, ele é um Senhor dos Elementos 
no microcosmos e pode reivindicar a soberania dos Senhores dos Elementos do 
macrocosmos, e os Mensageiros dos Elementos são seus serventes. Não há 
nenhum outro modo. Aqueles que utilizam os Nomes sem o Poder invocam sua 
própria destruição. 
Os Senhores da Forma governam todas as afinidades físicas e químicas e 
a eles se aplica tudo o que foi dito sobre a evolução anterior; com sua ajuda 
podemos penetrar no conhecimento das leis atômicas e químicas e no 
relacionamento das coisas, pois "Forma" é apenas um relacionamento coordenado. 
A interação entre os Senhores da Chama e os Senhores da Forma é 
muito importante, pois os Senhores da Chama são os doadores da Vida e os 
Senhores da Forma são os doadores misericordiosos da Morte, é com os Senhores 
da Forma que aprendemos as leis da Morte \u2014 as leis de escape e de liberdade. 
Para dominar as forças da Chama invocamos os poderes dos Senhores 
da Forma. 
Para dominar os poderes da Forma invocamos os poderes dos Senhores 
da Mente. 
Os Senhores da Forma são os Senhores da fricção; eles tornam a força 
capaz de funcionar confinando-a, mas por fricção eles a dispersam. Portanto, os 
Senhores da Forma são os Senhores da Morte, pois eles proporcionam um fim para 
todas as coisas cinéticas; mas eles tornam atuais tudo que era potencial. Eles são 
os Educadores. A Disciplina lhes pertence, embora a "punição" fique com os 
Senhores da Mente. 
Os Elementais dos Senhores da Forma determinam a natureza de todos 
os elementos químicos, de todas as combinações e de todas as reações. 
Os Senhores da Chama estão por trás das leis da física. 
Os Senhores da Forma estão por trás das leis da química. 
Os Senhores da Mente estão por trás das leis da biologia6. 
Os Senhores da Humanidade estão por trás das leis da sociologia. 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
6
 Nota do Editor: As influências do Terceiro Enxame que se exercem por meio da biologia não são 
tratadas aqui, mas não é difícil para o leitor tentar compreendê-las com um exame das linhas 
correspondentes à elaboração das influências do Primeiro e do Segundo Enxames. 
Capítulo XXII: INFLUÊNCIAS QUE A HUMANIDADE 
EXERCE SOBRE SI MESMA 
 
Não nos propomos recapitular nestes ensinamentos fatos conhecidos da 
evolução, mas antes suplementar esse conhecimento pela revelação de fatores 
amplamente desconhecidos e pela explanação das implicações de fatores pouco 
conhecidos ou mal compreendidos. 
Nas comunicações anteriores, tratamos de evoluções pré-humanas e de 
sua influência sobre a humanidade. Na presente comunicação trataremos de certas 
influências pouco conhecidas que a humanidade exerce sobre si mesma. 
Ao se considerar a questão de outras evoluções que ocupam o mesmo 
planeta, não se deve esquecer de que, se a consciência for levada acima do plano 
físico para funcionar em outro estado, ela será então erguida da esfera da Terra e 
passará para a Regência do Ser Planetário correspondente ao plano em que ela 
funciona. (Isto deve ser lembrado na organização de horóscopos dos médiuns.) 
Nesse ensinamento, todavia, trataremos apenas das influências que 
operam na Esfera da Terra. Elas incluem aquelas que funcionam nos subplanos 
etéricos enquanto se aproximam do arco involutivo e aquelas que também 
influenciam a Terra no arco evolutivo. 
Da maneira comum, pois voltarem as criaturas de uma evolução às 
condições de uma fase que elas deixaram é retrogressão e ser passível de 
reprovação. Aqueles que passaram imediatamente para além da esfera da Terra não 
estão permitidos a olhar para trás, a menos que se tomem terrestres; donde o mal 
da interferência com os espíritos do recém-morto, exceto na intenção de dar 
quitação. 
Existe, todavia, uma modificação peculiar de evolução cujos efeitos são 
conhecidos de vocês com o nome geral de "Obra da Grande Loja Branca" ou "Obra 
dos Mestres'". 
No curso comum da evolução, a madeira cresce com o crescimento das 
árvores. Isto quer dizer que o aperfeiçoamento das almas individuais aperfeiçoa a 
vida do grupo. Mas com o advento da autoconsciência sobrevém uma modificação 
da vida do grupo e determinadas almas escolhem mais a trilha do redentor do que a 
trilha da redenção. Elas escolhem seguir os frutos de seus esforços e seu carma 
bom é acrescentado ao carma racial para sua modificação. 
Não se esqueçam de que toda evolução tem uma seqüência no tempo \u2014 
ou, tecnicamente, uma seqüência em causa e efeito, e, embora a trilha da evolução 
seja tão ampla a ponto de muitas