UC5   Introdução ao Agronegócio
128 pág.

UC5 Introdução ao Agronegócio


DisciplinaAgroindústria e Agronegócio80 materiais1.346 seguidores
Pré-visualização26 páginas
102.000
100.000
98.000
96.000
94.000
92.000
90.000
88.000
86.000
2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013
M
il 
to
ne
la
da
s
Fonte:USDA; ABIPECS
Existe uma forte concentração na produção mundial, pois a China responde por cerca da metade 
da produção e o restante está dividido entre União Europeia , Estados Unidos e Brasil. 
Somos o quarto maior produtor e exportador, com o montante de 3.370 milhões de toneladas em 
2013. Veja como foi a produção mundial de carne suína por países no ano de 2013.
Introdução ao Agronegócio
69
Produção mundial de carne suína-2013
60.000
50.000
40.000
30.000
20.000
10.000
0
Ch
ina
U.
 Eu
ro
pe
ia-
27 EU
A
Br
as
il
Rú
ss
ia
Vie
tn
am
1.
00
0 
to
n.
Ca
na
dá
Fil
ipi
na
s
Jap
ão
Mé
xic
o
Co
ré
ia 
do
 Su
l
Ou
tro
s
Fonte:USDA; ABIPECS
Também em 2013, o mercado internacional de carne suína movimentou 6.810 milhões de 
toneladas, concentrando-se em cinco importadores, com aproximadamente dois terços das 
importações mundiais \u2013 Japão, Rússia, México, Coreia do Sul e China (USDA, 2009).
No mercado de carne suína, o Brasil ainda tem pouca participação mundial em comparação às 
carnes bovina e de frango. O principal motivo são as barreiras sanitárias impostas por alguns 
importadores, como Japão, México, Coreia do Sul, Estados Unidos e Canadá. 
Veja, agora, como foi a produção brasileira de carne suína no período de 2005 a 2013.
Produção brasileira de carne suína
4.000
3.500
3.000
2.500
2.000
1.500
1.000
500
0
M
il 
to
ne
la
da
s
20
05
20
06
20
07
20
08
20
09
20
10
20
11
20
12
20
13
FonteUSDA; ABIPECS
Mercado interno
A suinocultura está concentrada na região Sul do Brasil e gera 186.606 empregos diretos e 
405.272 empregos indiretos. Ou seja, mais de meio milhão de pessoas envolvidas na produção. 
Nos empregos diretos, a suinocultura industrial possui 49.932 trabalhadores, a suinocultura 
de subsistência, 50.010, e a agroindústria, 86.663 empregados (ABIPECS, 2012). 
Curso Técnico em Agronegócio
70
Apresenta-se, a seguir, a participação de cada região do Brasil na produção de carne suína.
Carne suína: participação por região do Brasil
Norte
Nordeste
Sul
Centro-Oeste
Sudeste
16%
65%
18%
0%1%
Fonte:FIESP/DEAGRO
Nos últimos dez anos, vem ocorrendo um crescimento do consumo de carne suína no Brasil. Em 
2005, o consumo era de 1.949 milhões de toneladas e, em 2013, passou a ser 2.771 milhões de 
toneladas. E por que esse aumento?
De acordo com a ABIPECS, o consumo doméstico vem crescendo devido ao aumento populacional 
e do poder aquisitivo, às ações de promoção da carne suína realizada para os consumidores 
e as redes de varejo, à busca de padrões de qualidade na produção e na industrialização, ao 
desenvolvimento de cortes especiais e aos investimentos em linhas de corte e em logística de frio. 
O consumo per capita de carne suína atualmente no Brasil é de 13,4 kg/ano (valor ainda baixo 
em relação a outros países, como Hong Kong, que tem um consumo de 66,50 kg/ano por 
pessoa). Estimativas do setor esperam que nos próximos anos o consumo brasileiro passe 
para 16,2 kg/ano. 
Veja como se comportou o consumo mundial per capita de carne suína em 2011.
Consumo mundial per capita de carne suína
30.000
25.000
20.000
15.000
10.000
5.000
0
EUA China Brasil União
Europeia - 27
Índia Outros
M
il 
to
ne
la
da
s
Fonte:USDA; ABIPECS (2012)
Introdução ao Agronegócio
71
Carne de frango
No Brasil, a avicultura é responsável pelo emprego, direto e indireto, de mais de 3,6 milhões de 
pessoas e responde por quase 1,5% do Produto Interno Bruto \u2013 PIB nacional. Uma participação 
impressionante! 
O setor é representado por dezenas de milhares de produtores integrados, centenas de empresas 
beneficiadoras e dezenas de empresas exportadoras. A importância social da avicultura no Brasil 
se verifica, também, pela concentração no interior do país, principalmente nos estados do Sul e do 
Sudeste, sendo que, em muitas cidades, a produção de frangos é a principal atividade econômica 
(ABEF, 2013).
Participação regional na produção de frango (2013)
Norte
Nordeste
Sul
Centro-Oeste
Sudeste
14%
60%
22%
1% 3%
Fonte:Outlook Fiesp
Em 2012, a produção de carne de frango foi de 12,645 milhões de toneladas. Aqui, constata-
se uma redução de 3,17% em relação a 2011, ano no qual foram produzidos 13,050 milhões 
de toneladas. Os Estados Unidos estão na liderança da produção mundial de carne de frango, 
seguidos pela China e pelo Brasil, que aparece em terceiro lugar.
Produção mundial de carne de frango
30.000
25.000
20.000
15.000
10.000
5.000
0
EU
A
Ch
ina
Br
as
il
Un
ião
 
Eu
ro
pe
ia Índ
ia
Ou
tro
s
Fonte: ABEF (2013)
Curso Técnico em Agronegócio
72
Sobre a produção brasileira, 69% foram destinados ao consumo interno e 31%, às exportações. 
Nas exportações por produto, observa-se que os produtos mais exportados são os cortes.
Exportações por produtos
4%
Cortes
industrializados
Salgado
Inteiros
37%
54%
5%
Fonte: ABEF (2014)
Houve um aumento do consumo per capita entre 2002 e 2012, tendo passado de 34 quilos em 
2002 para 45 quilos em 2012, aumentando a demanda em 3,3 milhões de toneladas. 
Desde 2004, o Brasil é o maior exportador mundial, seguido pelos Estados Unidos e pela China. 
Em 2012, as exportações brasileiras de carne de frango foram de 3,7 bilhões de toneladas, o 
que representa um montante de US$ 7,2 bilhões. 
E quais são os porquês desse crescimento?
\u2022 Oferta crescente de grãos, elevando a qualidade do produto e reduzindo as barreiras 
sanitárias;
\u2022 o baixo custo de produção em relação aos países concorrentes; 
\u2022 o modo de produção cooperativista que ocorre no Sul do país; 
\u2022 o sucesso do modo de produção integrada
Projeções futuras
O cenário é promissor: as projeções de carnes para o Brasil feitas pelo MAPA mostram que 
esse setor deve apresentar intenso crescimento nos próximos anos. Entre as carnes, são 
estimadas maiores taxas de crescimento da produção no período de 2013 a 2023. A carne 
de frango deve ter um crescimento anual de 3,9%, e a carne bovina, de 2% ao ano. Para a 
produção de carne suína, o MAPA projetou um crescimento 1,9% ao ano, que representa um 
valor relativamente alto, já que conseguirá atender ao consumo doméstico e às exportações 
(MAPA, 2013).
Introdução ao Agronegócio
73
Brasil: projeção da produção de carnes
25.000
20.000
15.000
10.000
5.000
0
2013 2014 2015 2016 2017 2018 2019 2020 2021
M
il 
to
ne
la
da
s
2022 2023
Bovina
Suína
Frango
Fonte: MAPA (2013)
As projeções do consumo realizadas pelo MAPA mostram a preferência dos consumidores 
brasileiros pela carne bovina, talvez por raízes culturais. 
De acordo com o MAPA, estima-se um crescimento do consumo de carne de frango e de suíno 
para o período 2022/2023.
Brasil: projeção do consumo de carnes
14.000
12.000
10.000
8.000
6.000
4.000
2.000
0
2013 2014 2015 2016 2017 2018 2019 2020 2021
M
il 
to
ne
la
da
s
2022 2023
Bovina
Suína
Frango
Fonte: MAPA (2013)
Curso Técnico em Agronegócio
74
Em relação às exportações, as projeções do MAPA indicam elevadas taxas de crescimento para 
os três tipos de carnes analisados, sendo esperado um cenário favorável para os próximos anos.
Brasil: projeção da exportação de carnes
5.000
4.500
4.000
3.500
3.000
2.500
2.000
1.500
1.000
500
0
2013 2014 2015 2016 2017 2018 2019 2020 2021
M
il 
to
ne
la
da
s
2022