UC7   Técnicas de Produção Vegetal
151 pág.

UC7 Técnicas de Produção Vegetal


DisciplinaAgroindústria e Agronegócio80 materiais1.346 seguidores
Pré-visualização35 páginas
âmbito.
Atividade de aprendizagem
1. Neste tema, você pôde conhecer diferentes conceitos e práticas da agricultura de precisão. 
Com base no que você aprendeu, relacione os conceitos e os termos com as suas respec-
tivas definições. 
a) Objetivo da Agricultura de 
Precisão \u2013 AP
I. É um sistema de gerenciamento agrícola baseado nas 
variações espacial e temporal da unidade produtiva, e visa 
ao aumento de retorno econômico, à sustentabilidade e à 
minimização do efeito ao ambiente.
b) Aplicação a taxa variada II. Permitem o uso racional dos insumos agrícolas, 
garantindo a redução dos impactos ambientais decorrentes 
da atividade agropecuária com uso intenso da informática e 
da eletrônica.
c) Agricultura de 
precisão \u2013 AP 
III. Detectar, monitorar e manejar as variabilidades espacial 
e temporal dos sistemas de produção agropecuários 
buscando a sua otimização.
d) Ferramentas e 
tecnologias de AP 
IV. Atributos relacionados à textura do solo, à fertilidade, ao 
controle de pragas e à produtividade apresentam valores 
diferentes nos diversos pontos da lavoura, dependendo 
das dimensões, do relevo, do material de origem, do clima 
local, da profundidade, entre outros.
e) Variabilidade espacial V. Considera a variabilidade espacial e prescreve a taxa de 
insumos de acordo com a necessidade específica de cada 
subárea. 
Curso Técnico em Agronegócio
146
Encerramento da unidade curricular 
Você chegou ao final da Unidade Curricular Técnicas de Produção Vegetal! Aqui, você viu 
informações importantes sobre a produção vegetal e como se dá o planejamento dos principais 
sistemas de cultivo agrícola a partir do conhecimento de aspectos econômicos, agronômicos 
e técnicos das três principais commodities brasileiras (café, cana-de-açúcar e soja). Você pôde, 
ainda, compreender as peculiaridades do cultivo de grãos, da fruticultura e da horticultura, e 
sua relevância no agronegócio brasileiro. Por fim, viu a agricultura de precisão, encerrando os 
estudos sobre produção vegetal. 
A globalização da economia e a competitividade dos produtos agrícolas vêm crescendo a 
cada dia, e com isso surge a necessidade de se obterem produções em níveis cada vez mais 
competitivos, o que impõe à atividade agrícola novos métodos e técnicas de produção, bem 
como profissionais qualificados para atuar no agronegócio brasileiro. Lembre-se de que a 
prática associada à teoria é uma das melhores formas de aprender. Seja sempre curioso 
e mantenha-se atualizado sobre o setor. Assim, você estará preparado para atuar nessa 
atividade tão gratificante que é a agricultura.
Sucesso!
Técnicas de Produção Vegetal
147
Referências
Básicas
BORÉM, A.; GIUDICE, M. P.; QUEIROZ, D. M.; MANTOVANI, E. C.; FERREIRA, L. R.; VALLE, F. X. R.; 
GOMIDE, R. L. Agricultura de precisão. Viçosa, MG: UFV, 2000. 467 p.
CHITARRA, M. I. F.; CHITARRA, A. B. Pós-colheita de frutas e hortaliças: fisiologia e manuseio. 2. 
ed. Lavras: UFLA, 2005. 785 p.
KIMATI, H. et al. Manual de fitopatologia: doenças das plantas cultivadas. 4. ed. v. 2 Piracicaba, 
SP: 2005. 663 p.
REICHARDT, K.; TIMM, L. C. Solo, planta e atmosfera: conceitos, processos e aplicações. São 
Paulo: Manole, 2004, v. 1, 478 p.
TECNOLOGIAS de produção de soja – Região Central do Brasil 2012/2013. Londrina: Embrapa 
Soja, 2011. 262 p.
VARENNES, A. Produtividade dos solos e ambiente. 1. ed. Lisboa: Escolar Editora, 2003. 
Complementares
BERNARDI, A. C. C. et al. Agricultura de precisão: resultado de um novo olhar. Embrapa. Brasília, 
DF, 2014. 596 p. Disponível em: http://www.macroprograma1.cnptia.embrapa.br/redeap2. 
Acesso em: 14 jan. 2015.
BRASIL. Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Secretaria de Desenvolvimento 
Agropecuário e Cooperativismo. Agricultura de precisão: boletim técnico. 3. ed. rev.atual. Brasilía, 
DF. 2013. 36 p. Disponível em: <http://www.agricultura.gov.br/arq_editor/file/Desenvolvimento_
Sustentavel/Agricultura-Precisao/Boletim%20T%C3%A9cnico%20%20-%20Agricultura%20
de%20Precis%C3%A3o%202013.pdf>. Acesso em: 14 fev. 2015.
COMISSÃO DE FERTILIDADE DO SOLO DO ESTADO DE MINAS GERAIS (CFSEMG). Recomendações 
para o uso de corretivos e fertilizantes em Minas Gerais: 5ª aproximação. Viçosa-MG: Universidade 
Federal de Viçosa, 1999.
COMPANHIA NACIONAL DE ABASTECIMENTO (CONAB). Acompanhamento da safra brasileira de 
café \u2013 Primeiro Levantamento \u2013 Safra 2015. Janeiro/2015. Disponível em: <http://www.conab.gov.
br/OlalaCMS/uploads/arquivos/15_01_14_11_57_33_boletim_cafe_janeiro_2015.pdf>. Acesso 
em: 14 jan. 2015.
______. Acompanhamento da safra brasileira de cana-de-açúcar \u2013 Terceiro Levantamento \u2013 Safra 
2014/2015. Dezembro/2014. Disponível em: http://www.conab.gov.br/OlalaCMS/uploads/
arquivos/14_12_19_09_02_49_boletim_cana_portugues_-_3o_lev_-_2014-15.pdf. Acesso em: 14 jan. 2015.
______. Acompanhamento da safra brasileira de grãos \u2013 Quarto Levantamento \u2013 Safra 2014/2015. Janei-
ro/2015. Disponível em: http://www.conab.gov.br/OlalaCMS/uploads/arquivos/15_02_13_10_34_06_
boletim_graos_fevereiro_2015.pdf. Acesso em: 14 jan. 2015.
Curso Técnico em Agronegócio
148
FAQUIN, V. Nutrição mineral de plantas. Curso de Pós-Graduação –Latu Sensu– (Especialização) a 
Distância: Solos e Meio Ambiente. UFLA/FAEPE. Lavras, MG: UFLA/FAEPE, 2005. 184 p.
FURTINI NETO, A. E. et al. Fertilidade do solo. Curso de Pós-Graduação –Latu Sensu– (Especialização) 
a Distância: Fertilidade do Solo e Nutrição de Plantas no Agronegócio. UFLA/FAEPE. Lavras, MG: 
UFLA/FAEPE, 2001. 261 p.
GUIMARÃES, R. J.; MENDES, A. N. G. Fisiologia do cafeeiro. Curso de Pós-Graduação \u201cLatu Sensu\u201d 
(Especialização). Lavras, MG: UFLA/FAEPE, 1996. 38 p.
______. Manejo da lavoura cafeeira. Curso de Pós-Graduação –Latu Sensu– (Especialização). Lavras, 
MG: UFLA/FAEPE, 1997. 45 p.
______. Produção de mudas de cafeeiro. Curso de Pós-Graduação –Latu Sensu– (Especialização). 
Lavras, MG: UFLA/FAEPE, 1997. 60 p.
MATIELLO, J. B.; GARCIA, A. W. R.; ALMEIDA, S. R. Adubos, corretivos e defensivos para a lavoura 
cafeeira \u2013 indicações de uso. Varginha, MAPA/Fundação PROCAFÉ, Embrapa/Café, 2006. 89 p.
MORAIS, H. et al. Escala fenológica detalhada da fase reprodutiva de Coffea arabica. Bragantia, 
Campinas, v. 67, n. 1, p. 257-260, 2008. 
MOREIRA, F. M. S. et al. O ecossistema solo: componentes, relações ecológicas e efeitos na produção 
vegetal, Lavras, MG: UFLA, 2013. 352 p.
MOREIRA, F. M. S.; SIQUEIRA, J. O. 2. ed. atual. e ampl. Lavras, MG: UFLA, 2006. 729 p.
PAIVA, R.; OLIVEIRA, L. M. Fisiologia e produção vegetal. Lavras, MG: UFLA, 2014. 119 p.
PENTEADO, S. R. Manual prático de agricultura orgânica \u2013 fundamentos e técnicas. Ed. do autor. 2. 
ed. Campinas, SP. 2010. 232 p.
RIBEIRO, A. C.; GUIMARÃES, P. T. G.; ALVAREZ, V. (ed.). Recomendações para o uso de corretivos e 
fertilizantes em Minas Gerais: 5ª Aproximação. Viçosa: COMISSÃO DE FERTILIDADE DO SOLO DO 
ESTADO DE MINAS GERAIS \u2013 CFSEMG/UFV, 1999. 259 p.
SEGATO, S. V. et al. Atualização em produção de cana-de-açúcar. Piracicaba, SP: CP2, 2006. 415 p.
SILVA, D. R. G.; LOPES, A. S. Princípios básicos para formulação e mistura de fertilizantes. Lavras, MG: 
UFLA, 2011. 
SILVA, E. C. Olericultura geral \u2013 conceitos, planejamentos e produção. Alfenas, MG: Unifenas, 2012. 274 p.
SILVA, O. F. da; FARIA, L. C. de; MELO, L. C.; DEL PELOSO, M. J. Sistemas e custos de produção de 
feijoeiro comum (Phaseolus vulgaris L.) em diferentes épocas e regiões de cultivo. Santo Antônio de 
Goiás, GO: Embrapa Arroz e Feijão, 2004, 40 p.
Técnicas de Produção Vegetal
149
Gabarito
Tema 1
Questão 1
a) Alternativa correta. 
b) Alternativa incorreta. A população continuou crescendo, no entanto, com o avanço da 
tecnologia agrícola, o emprego de fertilizantes, o melhoramento genético, entre outros 
fatores, foi possível à agricultura acompanhar